Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Polícia colombiana encerra buscas e fecha números oficiais: seis sobreviventes e 71 mortos

Super Esportes
Foto: Aeronáutica Civil da Colômbia/ Divulgação

Número de mortos foi corrigido e desconsiderou quatro pessoas que não embarcaram

A polícia de Antioquia, departamento onde caiu o voo que levava a Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana, deu por encerradas as buscas na região onde se encontram os destroços da aeronave e disse ter retirado os corpos de 71 pessoas. Apenas seis sobreviveram ao acidente.

Mais no site do Super Esportes.

Saiba quem são os jogadores da Chapecoense vítimas do acidente aéreo

Do Portal EBC
A tragédia que atingiu a equipe do Chapecoense na madrugada desta terça (29) matou 19 dos 22 jogadores que estavam no voo para Colômbia, onde a equipe enfrentaria o Atlético Nacional pela Copa Sul-Americana. Três atletas continuam internados após serem salvos pelas equipes de resgate colombianas: Alan Ruschel (lateral-esquerdo), Neto (zagueiro) e Follmann (goleiro). 
Confira a biografia dos jogadores que faleceram no acidente. 

Danilo (goleiro)

Danilo, Chapecoense
Divulgação/Chapecoense
Marcos Danilo Padilha era paranaense de Cianorte e iniciou a carreira no time de sua cidade natal. Fez a carreira em clubes do interior paranaense com mais destaque no Londrina. Estava em sua quarta temporada na equipe de Chapecó, onde era titular e ídolo. O goleiro tinha 31 anos e era um dos destaques da campanha histórica na Sul-Americana.

Cléber Santana (meia)

Cleber Santana, Chapecoense
 
Natural de Abreu e Lima (PE), Cléber Santana Loureiro era um dos jogadores mais experientes do elenco. O meia-campista começou a carreira no Sport e passou por clubes como Vitória, Santos, São Paulo e Flamengo. Jogou também pelo Atlético de Madrid, da Espanha. A partir de 2012, começou a rodar pelo futebol catarinense, passando por Avaí, Criciúma e Chapecoense. O atleta tinha 35 anos.

Bruno Rangel (atacante)

bruno Rangel Chapecoense
 
Nascido em Campos dos Goytacazes (RJ), Bruno Rangel é o maior artilheiro da história da Chapecoense, com 77 gols. O atacante iniciou no futebol carioca e passou por clubes como Paysandu, Guarani e Joinville. Chegou ao clube de Santa Catarina em 2013, quando foi artilheiro da Série B e alcançou o auge da carreira. Foi para o futebol do Catar e retornou ao clube ainda em 2014. Aos 34 anos, era um dos jogadores mais velhos do elenco.

Lucas Gomes (atacante)

Lucas Gomes da Silva era natural de Bragança (PA) e iniciou a carreira em clubes menores do Pará. Passou também por Londrina (PR) e Icasa (CE), até chamar atenção do Fluminense em 2015. O atacante, que tinha 26 anos, chegou à Chapecoense nesta temporada.

Filipe Machado (zagueiro)

Filipe José Machado nasceu em Gravataí (RS) e tinha 32 anos. O zagueiro defendeu o Internacional nas categorias de base e jogou boa parte da carreira em países da Europa e da Ásia. No Brasil, passou por clubes como Duque de Caxias, Guaratinguetá e Macaé. Filipe chegou à Chapecoense em 2016, vindo do futebol iraniano.

Kempes (atacante)

kempes da chapecoense
 
Everton Kempes dos Santos Gonçalves, 34 anos, nasceu em Carpina, Pernambuco. Kempes, como é mais conhecido, chegou para compor o ataque da Chapecoense neste ano. O experiente jogador passou por diversos times como Portuguesa, Nacional de Muriaé, Paraná, Vitória, Estrela do Norte, Sertãozinho, Ceará, Caxias, Ipatinga, Criciúma, Novo Hamburgo, Américo Mineiro e pelo Cerezo Osaka, do Japão.

Ananias (atacante)

Ananias da Chapecoese
 
Ananias Eloi Castro Monteiro, 27 anos, era natural de São Luís (MA). O atacante, revelado pelo Bahia, se destacou pela Portuguesa entre 2011 e 2012. Nos anos seguintes, jogou no Cruzeiro, no Palmeiras e no Sport. Ananias chegou à Chapecoense em 2015 e se tornou uma das principais armas ofensivas do time. 

Willian Thiego (zagueiro)

Zagueiro, Willian Thiego de Jesus formava a dupla titular da defesa da Chapecoense. Natural de Aracajú, o atleta de 30 anos passou pelas categorias de base do Grêmio. Jogou ainda no Bahia, Ceará, Figueirense e em clubes do Japão e Azerbaijão. O jogador estava no time de Chapecó desde janeiro de 2015.

Dener (lateral esquerdo)

Dener Assunção da Chapecoense
 
Dener Assunção Braz, 25 anos, era o lateral esquerdo titular da Chapecoense. Natural de Bagé (RS), iniciou na base do Grêmio. No início da carreira, foi emprestado para equipes do interior gaúcho até chegar ao Vitória (BA). Foi contratado pelo Caxias, em 2013, mas foi com o título paulista pelo Ituano, em 2014, que chamou atenção do país. No mesmo ano, acertou com o Coritiba, e desde 2015 está na Chapecoense.

Mateus Caramelo (lateral direito)

Mateus Caramelo da Chapecoense
 
Mateus Lucena dos Santos tinha 22 anos e era lateral direito. O jogador foi revelado pelo Mogi Mirim e foi contratado pelo São Paulo em 2013. No ano seguinte foi emprestado ao Atlético Goianiense. Sem chances no clube da capital paulista, ele estava em sua segunda temporada na equipe de Chapecó.

Gimenez  (lateral direito)

Gimenez da Chapecoense
 
Guilherme Gimenez de Souza, de 20 anos, nasceu em Ribeirão Preto (SP). O jovem atleta passou por times como Goiás, Olé Brasil, Comercial-SP e Botafogo-SP. Foi contratado neste ano pela Chapecoense para atuar na lateral direita.

Marcelo (zagueiro)

Marcelo Augusto Mathias da Silva, 25 anos, em Juiz de Fora (MG). Foi contratado neste ano pela Chapecoense para a defesa. Marcelo iniciou sua carreira no futebol aos 19 anos nas categorias de base do Macaé (RJ), onde não conseguiu alavancar a carreira e abandonou o futebol por um tempo. Voltou aos campos em 2012, quando foi contratado pelo Volta Redonda. Antes de ser contratado pelo pelo time catarinense, passou ainda pelo Cianorte (PR) e pelo Flamengo (RJ). 

Sérgio Manoel (volante)

Sérgio Manoel Barbosa Santos, 27 anos, nasceu em Xique-Xique (BA). O baiano foi contratado neste ano pelo Chapecoense. O atleta passou por clubes como Água Santa, Paysandu, Atlético Goianiense, Coritiba, Mirassol, Rio Preto, Nacional-SP, Atlético Araçatuba. Em 2013, pelo Coritiba, foi campeão paranaense.

Matheus Biteco (volante)

Matheus Bitencourt da Silva, 21 anos, conhecido como Matheus Biteco, nasceu em Porto Alegre. Iniciou sua carreira no futebol na escolinha do Grêmio em 2007. Sua carreira profissional teve início em 2013, quando disputou partidas do Gauchão, do Brasileirão e da Copa do Brasil pela equipe gaúcha. Chegou a Chapecoense em 2016.

Tiaguinho (atacante)

Tiago da Rocha Vieira, 22 anos, ou Tiaguinho, é natural de Trajão de Moraes, no Rio de Janeiro. O atleta reforçou o atraque da Chapecoense neste ano. Ele já havia jogado pelo XV de Piracicaba, Metropolitano e Cianorte.

Josimar (volante)

Josimar Rosado da Silva Tavares, 30 anos, é natural de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Sua carreira profissional como jogador teve início aos 20 anos, quando começou a jogar pelo time B do Internacional, em 2007. Atuou ainda pelo Brasil de Pelotas, Ponte Preta, Palmeiras e também pelo  Al-Watan da Arábia Saudita. Josimar chegou na Chapecoense em 2016.

Gil (volante)

José Gildeixon Clemente de Paiva, 29 anos, mais conhecido como Gil, nasceu na cidade de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte. Iniciou sua carreira no futebol em 2005, quando começou a jogar pelo time mineiro da URT. No mesmo ano foi contratado pelo Santa de Cruz. Gil ainda teve passagem pelos times de Mogi Mirim, Guaratinguetá, Vitória, Santo André, Ponte Preta e Coritiba. O atleta foi contratado pela Chapecoense em 2015.

Arthur Maia (meia)

Arthur Maia da Chapecoense
 
Arthur Brasiliano Maia, 24 anos, é natural de Maceió (AL). Começou a jogar pelo Chapecoense neste ano, mas sua história no futebol começou cedo, nas categorias de base do Vitória, com apenas 10 anos de idade. Arthur Maia defendeu outros times como o Joinville, América-RN, Flamengo e o time japonês Kawasaki Fronyale. 

Aílton Canela (atacante)

Canela da Chapecoense
 
Ailton Cesar Junior Alves da Silva, 22 anos, nasceu na cidade de Matão, em São Paulo. Antes de ser contratado para o ataque da Chapecoense, em 2016, o jogador atuou pelo Inter de Bebedouro, Vitória-ES, Monte Azul, Olímpia, Botafogo-SP e Cianorte.
 
* Colaborou Pedro Paulo Ramos e Yuri Guarino
Edição: Gésio Passos

Presépio humano com crianças e apresentações culturais dão colorido especial ao Paulista North Way Shopping

Embalados pelo espírito natalino, cerca de 400 crianças e adolescentes que compõem o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Paulista se apresentarão nesta quinta-feira (1.º/12), a partir das 15h30, no estacionamento das áreas B3 e B4 do Paulista North Way Shopping. Um presépio humano, música, dança, jogral e outras manifestações artísticas irão animar o público que for ao centro de compras. Denominado Natal Cultural, o evento reunirá nove instituições que atuam na cidade. O trabalho é coordenado pela Secretaria de Políticas Sociais, Esportes e Juventude.
SERVIÇO:
O quê? Natal Cultural
Onde? Estacionamento do Paulista North Way Shopping
Quando? Quinta-feira (1.º/12), às 15h30

Sexualidade e Obesidade Infantil são temas discutidos na III Semana de Educação Permanente de Saúde no Paulista

Foto: Jorge Macrino
Teve início nesta segunda-feira (28.11) a III Semana de Educação Permanente de Saúde do Programa Saúde na Escola (PSE) do Paulista. O evento de abertura foi dividido em dois momentos. O primeiro aconteceu na manhã de hoje, na Faculdade Joaquim Nabuco. Já a segunda parte foi realizada durante à tarde, no Auditório da Secretaria de Saúde. A iniciativa reuniu professores, gestores de unidades de ensino e profissionais de saúde escolar.

Sexualidade na Infância e na Adolescência e Combate à Obesidade Infantil foram temas abordados neste primeiro dia da ação. “De acordo com a coordenadora do Programa Saúde na Escola, Juliana Silva, além de temas voltados à saúde escolar, a ideia da iniciativa é também discutir assuntos relevantes, como, prevenção ao uso de drogas e o combate à agressividade no ambiente de estudo. “Os encontros vão servir para que possamos debater, com especialistas das áreas específicas, problemáticas do dia a dia nas escolas. Com isso vamos poder repensar sobre como está sendo a nossa atuação profissional”, ressaltou.

A programação continua na quarta-feira (30.11) e na sexta-feira (02.12). Nos dois últimos dias as atividades serão concentradas no auditório da Secretaria de Saúde, na área central do Paulista. 


Programação detalhada:

Data
Turno
Temática
Palestrante
Local
30/11/2016
Manhã
Abordagem sobre o uso de drogas na infância e adolescência
Priscila Carvalho (Psicóloga do CAPS-AD Paulista)
Auditório da Secretaria de Saúde
02/12/2016
Manhã
Agressividade nas escolas
Lindinalva Santos (Psicóloga NASA-Paulista)
Auditório da Secretaria de Saúde

Senac tem inscrições abertas para 12 cursos de graduação a distância

Oferta de títulos da instituição, no formato EAD, vai até 26 de fevereiro de 2017

O Centro Universitário Senac recebe inscrições para os cursos de graduação a distância do primeiro semestre de 2017. Os 12 cursos disponíveis (confira lista abaixo) oferecem opções nas áreas de comércio, educação, gestão e informática.

As aulas são ministradas pela internet, por meio do ambiente virtual de aprendizagem e os recursos pedagógicos e didáticos são disponibilizados virtualmente, permitindo aos alunos acessarem todo o material, a biblioteca, as videoaulas e os exercícios, a partir de qualquer computador conectado à web. Os alunos podem ainda se utilizar de fóruns para esclarecimentos de dúvidas com professores do Centro Universitário Senac, além de participar de webconferências, grupos de discussão e de trabalho com colegas de turma.

As avaliações são presenciais e para realiza-las, duas vezes por semestre os alunos devem ir até um dos polos autorizados, no Centro Universitário Senac – Santo Amaro, ou no Senac Lapa Tito, ambos na cidade de São Paulo.

Flexibilidade e certificado – os benefícios ao estudante que opta por um curso EAD são diversos, como a flexibilidade nos horários de estudo, o respeito ao ritmo de cada um, o desenvolvimento de competências valorizadas no mercado (organização, pró-atividade e responsabilidade, por exemplo), e a possibilidade de conciliar a vida profissional ao estudo. Além disso, os certificados de quem faz um curso presencial ou a distâncias são os mesmos.

Para se inscrever – as inscrições para o vestibular são feitas exclusivamente pelo portal www.ead.senac.br/graduacao. Depois de escolher o curso, os interessados devem pagar a taxa de R$ 20 e optar entre realizar uma prova de redação ou utilizar a nota de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Lista de cursos:

·         Bacharelado em Administração com Linha de Formação Específica em Administração de Empresas
·