Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Cepe expõe na Arte Plural obras em homenagem à Revolução de 1817

Com curadoria de Raul Córdula, exposição 17 por 12 é composta por pinturas e desenhos inéditos, de artistas locais, tematizando alguns dos principais aspectos do histórico episódio

Há muito tempo cantada em prosa e verso, a Revolução Pernambucana de 1817 – “a única revolução brasileira digna desse nome”, segundo o historiador Oliveira Lima – ganhará, às 19h do próximo dia 10 de janeiro, uma expressiva homenagem no campo das artes plásticas. É quando acontece a abertura da exposição 17 por 12, realizada pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), com apoio da Arte Plural Galeria, onde as pinturas e desenhos ficarão à disposição do público até 10 de fevereiro, sempre das 13h às 19h (de terça a sexta) e das 16h às 20h (sábado).

Motivada pelo bicentenário de um dos episódios históricos que mais concorreram para Pernambuco ficar conhecido como o “Leão do Norte”, a exposição, com curadoria do pintor e crítico de arte Raul Córdula, é composta por 12 obras de artistas locais (ou aqui radicados), produzidas exclusivamente para o evento e para o calendário Cepe de 2017, peça que todos os anos aborda temas ligados à história e à cultura pernambucana.

Com total liberdade artística, as obras focalizam importantes aspectos da Revolução de 1817, como a cena em que o capitão José de Barros Lima, o “Leão Coroado”, mata um oficial português, dando início à luta, e a benção pública da bandeira pernambucana. “Os doze artistas convidados trabalharam sob a inspiração de temas propostos numa sequência destinada a mostrar simbolicamente aquele momento heroico”, diz Raul Córdula.

De acordo com a ordem cronológica do calendário, participaram os seguintes artistas: Jeims Duarte, Helder Santos, Daaniel Araújo, Bruno Vilela, Beto Viana, Plínio Palhano, Jéssica Martins, Gio Simões, Roberto Ploeg, George Barbosa, Renato Valle e Rinaldo Silva. Com preços variados, as obras podem ser adquiridas na própria Arte Plural Galeria.

Também serão expostas telas de Antônio Parreiras pintadas em 1918, quando da comemoração dos 100 anos da Revolução. São elas: Benção das bandeiras de 1817 (do acervo do Arquivo Público de Pernambuco), Julgamento de Frei Miguelinho (Pinacoteca do Estado do Rio Grande do Norte) e José Peregrino (Palácio da Redenção, João Pessoa, Paraíba).

SERVIÇO:
Abertura da Exposição 17 por 12, em homenagem à Revolução Pernambucana de 1817
Onde: Arte Plural Galeria, Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife
Quando: 10 de janeiro
Horário: 19h

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.