Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Mais 12 ônibus assaltados em Pernambuco. Foram 606 este ano

| Texto: Diario de Pernambuco| 

Doze ônibus foram assaltados em Pernambuco nessa quinta-feira (23/02). Três casos em Olinda, três em Jaboatão dos Guararapes, dois no Recife, dois em Paulista, um em Abreu e Lima e um em Iati, no Agreste do estado. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, de 1º de janeiro até ontem foram registrados 606 assaltos a ônibus. Em todo o ano de 2016 foram 1.916 casos. Em fevereiro deste ano foram 261 ocorrências, contra 75 no mesmo mês em 2016.

Imagem meramente ilustrativa. Divulgação internet.

Ontem, uma tentativa de assalto a ônibus terminou com o suspeito morto na Avenida Ayrton Sena, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com policiais do 6º Batalhão da Polícia Militar, um passageiro teria reagido, matando o assaltante a tiros. Duas viaturas da PM foram para o local. O crime aconteceu por volta das 11h10 da manhã desta quinta-feira, em uma das avenidas mais movimentadas de Jaboatão.

O caso está sendo investigado pela delegada Beatriz Leite, titular da Delegacia de Homicídios. No local, ela disse que, de acordo com os depoimentos de testemunhas, o suspeito entrou no coletivo no Cais de Santa Rita, centro do Recife e pagou passagem normalmente. "O motorista do coletivo disse que ouviu de três a quatro disparos, mas que achou que se tratavam de fogos, porque o coletivo estava com miuitos jovens. Ele disse que ao ver algumas mulheres e a cobradora assustada, abriu as portas e todos os passageirps desceram. Ele nçao havia se dado conta de que um assalto. A pessoa que fez o disparo seria um policial a paisana, mas não sabemos se militar, civil... Esperamos que ele se apresente para prestar depoimento", disse a delegada, acrescetando que o policial teria sido ferido na cabeça e sido socorrido em um carro branco. O local foi periciado pelo Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Tavares Buril (ITB).

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.