Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Ninho cobra mais agilidade na aprovação de projetos que endureçam punições contra explosão de caixas

Tramitam na Câmara duas matérias de autoria do parlamentar nesse sentido, que reuniu-se com o governador, ontem, para tratar do tema

 

Atuando em Brasília no sentido de coibir a escalada da violência e a explosão de caixas eletrônicos, o deputado federal Severino Ninho (PSB) oficializou, nessa segunda-feira (6), os 27 governadores; os ministros da Justiça e da Defesa; o chefe da Polícia Federal e os sindicatos de bancários de todo os País no sentido de que seja agilizada, na Câmara, a aprovação de dois projetos de lei de sua autoria nesse sentido.

As duas matérias, de números 5989/2016 e 6729/2016, objetivam aumentar as penas de crimes praticados com uso de explosivos em roubo, furto e extorsão. Delitos do tipo têm acontecido com frequência em Pernambuco. Na última sexta-feira, bandidos explodiram terminais eletrônicos de agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em Porto de Galinhas.

O deputado também quer, em seus projetos de lei, tipificar o crime de tráfico internacional de explosivos e aumentar a pena para posse ilegal de explosivos, bem como aumentar a multa aplicada à empresa que possuir, detiver, fabricar ou empregar explosivos ou incendiários sem autorização ou em desacordo com determinação legal.

“A sociedade brasileira está amedrontada com tanta violência; é um problema que afeta todo o País, sem discriminar estado rico ou pobre. Os governos precisam agir rapidamente para dar uma resposta firme. Nesse sentido, se faz necessária a transformação em lei dos dois projetos que apresentei na Câmara no sentido coibir essas práticas”, pontuou Severino Ninho.

As duas matérias encontram-se na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. A de número 5989/2016, inclusive, já tem parecer do relator, o deputado federal pernambucano Pastor Eurico (PHS). Antes de serem votadas em plenário, as matérias ainda devem ser apreciadas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

REUNIÃO COM PAULO - Ontem, o socialista foi convocado no Palácio do Campo das Princesas para reunir-se com o governador Paulo Câmara (PSB) e tratar do assunto. “O governador me comunicou que vai conversar com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), nesta quarta-feira, no sentido de agilizar a votação dos meus dois projetos de lei. Ele me solicitou a apresentação de um terceiro projeto, que obrigue os bancos a terem mecanismos de inutilização das cédulas quando houver esse tipo de ação contra caixas eletrônicos ou agências bancárias”, destacou Ninho.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.