Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Mais de 200 reeducandos participaram de palestras no Patronato Penitenciário em 2017

Nos dois primeiros meses do ano 255 reeducandos do regime aberto e livramento condicional participaram de palestras sobre qualificação profissional e 55 fizeram curso de vendas, com foco no mercado de trabalho 
Muitos reeducandos que estão concluindo a pena e se encontram no regime aberto ou em livramento condicional sonham em voltar ao mercado de trabalho. Para tornar esse sonho realidade, o Patronato Penitenciário, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), realiza semanalmente cursos e palestras com foco na empregabilidade.   
Este ano, só nos dois primeiros meses, 255 reeducandos participaram de sete palestras sobre como se preparar para o mercado de trabalho. Entre os temas  estavam: Marketing Profissional, Comportamento e postura no mercado de trabalho e Como encarar uma entrevista profissional.
Além das palestras, o Patronato também realizou curso de vendas, ministrado pela empresa Teleport, que contemplou 55 reeducandos. Iara Pradines, 56 anos, explica que é importante saber das novidades na área, após o tempo que passou fora do mercado. “Quero me atualizar e o Patronato é uma porta aberta para isso” disse.
Para o mês de Março, já estão programadas palestras sobre: atendimento ao público; relacionamento interpessoal nas organizações; estimulando o espírito empreendedor; e desenvolvendo a expressão verbal.
Em 2016, 1.465 reeducandos participaram de cursos e palestras promovidos pelo Patronato Penitenciário no Recife e em Caruaru. Os cursos foram nas áreas de pintura, construção civil, vendas, entre outros. Para absorver a mão-de-obra, o Patronato Penitenciário tem parceria com 26 empresas que atualmente emprega 968 reeducandos.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.