Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Precariedade no atendimento a doentes mentais é tema de encontro entre associações e Ministério da Saúde

A ABRATA -- Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos -- promoveu recentemente em sua sede em São Paulo um encontro com o coordenador geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, do Ministério da Saúde, Dr. Quirino Cordeiro, e outras associações ligadas à questão do apoio ao doente mental e seus familiares, para apresentar um conjunto de reivindicações e sugestões para aprimorar a realidade do tratamento e assistência ao portador de distúrbio mental.
A iniciativa da ABRATA e das outras associações foi enfatizar ao novo coordenador algumas das questões consideradas vitais pelas entidades para a melhoria do atendimento e acolhimento a pessoa com transtornos mentais, tais como a melhoria dos atendimentos nos CAPS e ampliação da sua capilaridade, atendimentos em residências terapêuticas, criação de leitos psiquiátricos em hospitais gerais, manutenção de alguns dos hospitais psiquiátricos e criação de ambulatórios especializados em psiquiátrica.
“As políticas públicas devem fundamentalmente trazer benefícios para a sociedade. Hoje tentamos criar uma agenda de ações pautadas em questões técnicas e não ideológicas. Temos o projeto de criar um fórum que congregue todas as associações relacionadas com as doenças mentais para criar um ambiente produtivo de discussões”, explicou Quirino Cordeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.