Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Trabalho de desobstrução e limpeza reduz os efeitos da chuva intensa em Olinda

Equipes têm percorrido ruas e avenidas de bairros como Rio Doce, Jardim Brasil, Peixinhos e Ouro Preto, sanando alagamentos e o acúmulo de lixo


A Prefeitura de Olinda tem trabalhado para atenuar os efeitos das chuvas intensas que recaíram sobre a cidade nos últimos dias. Nesta quinta-feira (1º), o tempo mais firme possibilitou a ampliação dos serviços de desobstrução de galerias e caixas coletoras, além da limpeza e sucção de sedimentos acumulados. As equipes atuam em corredores de grande circulação, como as avenidas Getúlio Vargas, no Bairro Novo; Presidente Kennedy, em Peixinhos, e, ainda, na Rodovia PE-15, no bairro de Ouro Preto. Na Avenida Brasil, em Rio Doce, um dos caminhões de hidrojateamento acelerou a retirada da água acumulada na via, facilitando assim a vida de condutores e pedestres.

De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos, o monitoramento também permanece nos 15 canais de maior porte que cortam o município. Esta é a realidade nas ruas próximas ao Canal do Matadouro, no bairro de Jardim Fragoso; no Canal do Azeitona, em Peixinhos e, também, no Canal do Arroz, em Jardim Fragoso. O trabalho de conscientização quanto ao descarte irregular de lixo se mostra fundamental, prevenindo riscos e prejuízos para todos os moradores. Conforme o secretário executivo de Manutenção Urbana, Givaldo Calado, a prefeitura conta com o apoio da população.

Também estão em execução os serviços de micro drenagem e limpeza das galerias da Avenida Transamazônica, em Jardim Brasil, e da Rua Pedro Álvares Cabral, entre os bairros de Jardim Atlântico e Jardim Fragoso. A varredura também inclui a Avenida Carlos de Lima Cavalcante e a Rua São Miguel, ambas no Bairro Novo, responsáveis por grande fluxo de veículos diariamente. Ainda segundo Givaldo, a manutenção, iniciada desde o início do ano, já começa a dar resultados. “Temos observado um escoamento mais breve, sem o registro transbordamentos de maior proporção”, destacou.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.