Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Maratona Angu hoje na Caixa Cultural do Recife

A Maratona Angu vai revisitar os espetáculos Angu de SangueOssos e Ópera, importantes trabalhos dos 14 anos de trajetória do pernambucano Coletivo Angu.
O projeto vai promover ainda um mergulho intenso na produção do grupo, a partir de oficinas gratuitas sobre técnica e pensamento teatrais.




Serão três finais de semana de apresentações – um para cada espetáculo:
Angu de Sangue – 29, 30/06 e 1/07 
Multimídia, o espetáculo Angu de Sangue nasceu em 2004. De lá até aqui, a companhia já realizou dezenas de apresentações pelo país, sempre com o forte tom dramático que marca a produção literária do escritor pernambucano Marcelino Freire. As dez histórias que ganham o palco despertam emoções fortes na plateia, sugerindo questionamentos sobre solidão, desigualdade social, descaso e preconceito no cotidiano das grandes cidades.
Ossos - 6 a 8/07 
A obra literária de Marcelino mereceu mais um espetáculo do Angu (2016). Em Ossos, o espectador vivencia uma história de amor, exílio e morte, a partir de uma viagem do dramaturgo Heleno de Gusmão, que sob o pretexto de entregar os restos mortais de seu amante aos familiares, percorre um caminho tortuoso de lembranças e reencontro com suas origens.
Ópera – 13 a 15/07
Quatro histórias do autor e dramaturgo pernambucano Newton Moreno, marcadas por uma crítica social contundente e que estimulam o questionamento de valores e dificuldades do nosso tempo, ganham o palco com Ópera. Estreado em 2007, o espetáculo investiga as possibilidades de cruzamento estético entre homoerotismo/sexualidade e teatro, a partir do compromisso com a dramaturgia e com a linguagem contemporânea. O conto que empresta o nome ao espetáculo, por exemplo, trata de um caso de submissão amorosa mantida entre um cantor de ópera e um garoto de programa. É encenado como um melodrama, uma micro ópera pós-moderna, fragmentada e com recursos de metalinguagem.
As sessões dos sábados às 17h contarão com tradução em LIBRAS

Mais informações:
http://www.caixacultural.gov.br/SitePages/unidade-home.aspx?uid=5

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.