Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

O Rappa e Nação Zumbi se apresentam em setembro no Recife

Com mais de 20 anos de carreira e três milhões de discos vendidos, O Rappa apresenta turnê Acústica Oficina Brennand no Recife.




Em mais uma passagem por terras pernambucanas, O Rappa retorna ao Recife para o lançamento do CD e DVD gravado na Oficina Brennand em 2016. A banda, que já anunciou uma pausa na carreira a partir de 2018, apresenta a turnê acústica no dia 29 de setembro, no Classic Hall, em Olinda, a partir das 21h. A Nação Zumbi se apresenta na mesma noite em um show que promete ficar na memória.

Formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, O Rappa representa o grito das ruas, as emoções do cotidiano difícil, o apreço pela vida digna. São 10 álbuns lançados, muitos prêmios conquistados e diversos discos de ouro, platina e diamante.

Neste registro audiovisual, o grupo utiliza instrumentos musicais diversificados, como clavinete, escaleta, steeldrums e uma guitarra de 12 cordas. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, aponta Xandão, guitarrista da banda, em texto compartilhado pela imprensa nacional. Este novo capítulo d’O Rappa, que será em solo pernambucano, será composto por um repertório com canções inéditas apresentadas no DVD e clássicos dos discos “Nunca Tem Fim e Sete Vezes”, além da coletânea de hits aclamada pelos fãs.

O DVD conta com a produção e direção de Lírio Ferreira, do Baile Perfumado, e foi filmado de forma singular, mostrando os cenários que compõem a cidade do Recife, além da interação da banda com os fãs, o backstage e o barco. A emblemática oficina que abriga as obras do escultor e artista plástico Francisco Brennand fez parte das gravações do projeto.

Na mesma noite, a Nação Zumbi sobe aos palcos com um repertório de músicas já conhecidas e aclamadas pelo público recifense, tão fiel ao movimento manguebeat desde os tempos de Chico Science. Em turnê desde 2014, quando lançou o disco de inéditas “Nação Zumbi”, fruto do décimo trabalho da banda após sete anos do último álbum, os mangueboys vão se misturar a energia explosiva do Rappa em mais um encontro duas grandes bandas do cenário nacional.

Criada no início dos anos 1990, a Nação Zumbi (ainda sob a alcunha de ‘Chico Science & Nação Zumbi’), lançou seu primeiro álbum “Da Lama ao Caos”, em 1994. O trabalho tornou-se um dos marcos do manguebeat, movimento que, junto com outras bandas da região, ajudou a deslocar o eixo da música nacional para além do Rio-São Paulo introduzindo elementos locais ao pop e considerado o mais importante desde a Tropicália.

A banda formada por Jorge Du Peixe (voz), Lúcio Maia (guitarra), Pupillo (bateria), Dengue (baixo) e Toca Ogan (percussão) conta com o reforço das alfaias de Da Lua e Tom Rocha está em turnê desde
2014, quando lançou o décimo trabalho de sua carreira, o “Nação Zumbi” (slap/Natura Musical), após o jejum de sete anos. No momento, a banda está finalizando um projeto com o primeiro disco de versões, “Radiola NZ #vol.1”, enquanto prepara novo CD de inéditas para 2018.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.