Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Votorantim Cimentos e 100 Open Startups buscam empresas de base tecnológica com foco na indústria 4.0

Desafio The Digital Cement Open Innovation, que tem inscrições abertas até 24/8, procura soluções inovadoras para a área da construção

São Paulo, 27 de julho de 2017 – A Votorantim Cimentos abre inscrições para o Desafio The Digital Cement Open Innovation. O programa busca projetos na área da construção, com foco na indústria 4.0. Com isso, a empresa busca criar um ecossistema de inovação que tenha o engajamento de startups, universidades, centros de pesquisa, fundos de investimentos e empregados.
O programa é realizado em parceria com o movimento 100 Open Startups, plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas e fundos de investimento, da qual a Votorantim Cimentos é uma das patrocinadoras. O Desafio The Digital Cement Open Innovation teve as inscrições abertas no último dia 21 de junho, estendendo-se até o próximo dia 24 de agosto, no site: www.votorantimcimentos.com/openinnovation
Composto por 7 desafios, o programa terá profissionais com conhecimentos técnicos e em gestão específicos, que vão apoiar e mentorar todo o processo, ou seja, será possível interagir, validar o produto ou serviço ou mesmo cocriar e codesenvolver a solução mais aderente às necessidades do mercado.
Segundo o relatório do Boston Consulting Group (BCG), a Indústria 4.0 já conta com nove principais tecnologias (robôs automatizados, manufatura aditiva, simulação, integração horizontal, internet das coisas industrial, big data e analytics, nuvem, segurança cibernética e realidade aumentada).
Para participar do Desafio, as startups devem apresentar soluções em algumas das seguintes categorias:
  • Eficiência energética - sistemas de gestão de energia elétrica;
  • Realidade virtual + realidade aumentada para treinamentos de segurança, operação e manutenção;
  • Automatização da mão de obra para aumentar a produtividade das unidades industriais;
  • Visibilidade da entrega para o cliente;
  • Gestão de almoxarifado centralizado / inventário digital;
  • Gestão digital de territórios no desenvolvimento mineral e ambiental;
  • Gestão de palete - alternativa de paletização.
No site do Desafio, é possível encontrar mais informações sobre cada categoria. Segundo Humberto Shida, gerente global de Arquitetura & Soluções em TI da Votorantim Cimentos, a empresa busca criar um ecossistema que gere ciclos de inovação alinhados à estratégia de negócio da empresa. “Vemos na indústria 4.0 um grande diferencial para continuarmos a nossa história da inovação de forma muito mais rápida, com um escopo mais amplo, que garanta a perenidade da nossa empresa e, acima de tudo, deixe um legado para a sociedade do qual todos nos orgulharemos”, completa.
“É muito importante ter uma empresa do porte da Votorantim Cimentos movimentando o ecossistema de inovação aberta. Certamente teremos soluções extraordinárias sendo apresentadas pelas três startups que mais se destacarem ao término da avaliação”, comenta Bruno Rondani, fundador e CEO do movimento 100 Open Startups.
Sobre o Movimento 100 Open StartupsO Movimento 100 Open Startups é uma plataforma global que conecta startups de todas as áreas a mais de 250 grandes empresas nacionais e internacionais e fundos de investimento, cuja proposta é estimular o ecossistema de co-criação e inovação aberta. A plataforma está presente em 12 países: Brasil, Peru, Chile, Colômbia, México, Índia, EUA, Canada, UK, Alemanha, Holanda e França.
Conheça o movimento “100 Open Startups”: http://www.openstartups.org.br/
Sobre a Votorantim CimentosPresente no negócio de materiais de construção (cimento, concreto, agregados e argamassas) desde 1933, a Votorantim Cimentos é uma das maiores empresas globais do setor, com capacidade produtiva de cimento de 57,5 milhões de toneladas/ano e receita de R$ 12,7 bilhões em 2016. A Votorantim Cimentos possui unidades estrategicamente localizadas próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e está presente em 13 países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.