Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Atenção Redobrada lança campanha publicitária

As peças estão expostas em pontos de ônibus no Grande Recife
 Com o lema Toda criança é para ser cuidada e protegida, o Governo de Paulo Câmara, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), lançou, nesta semana, a campanha publicitária do programa Atenção Redobrada, que realiza ações de conscientização contra a violação de direitos das crianças e adolescentes.  

As três artes distintas, com ilustrações de meninos e meninas, foi uma criação da agência Black Ninja e estão expostas em diversos pontos de ônibus da Zona Norte até a Zona Sul do Recife. A campanha educativa chama atenção da sociedade para o combate ao trabalho infantil, ao abuso e exploração sexual e contra a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. 
PROGRAMA – Coordenado pela Secretaria Executiva de Políticas para Criança e Juventude (SEPCJ), dirigida por João Suassuna, o Programa Atenção Redobrada pretende contribuir para o enfrentamento à situação de rua, trabalho infantil, consumo indevido de bebidas alcoólicas, exploração sexual, e outras violações de direitos da criança e do adolescente nos grandes e médios eventos turísticos e culturais realizados no Estado de Pernambuco. A SEPCJ é vinculada à SDSCJ, sob a gestão de Roberto Franca.
Realizada desde de junho de 2011, a ação é planejada e articulada com secretarias estaduais e municipais, e executada pelas prefeituras municipais junto com o Governo Estadual, por meio de termo de cooperação técnica.
O Governo do Estado capacita equipe técnica dos municípios e fornece o material de divulgação para ser utilizado durante o período de eventos como, por exemplo, Carnaval, Semana Santa, São João e festivais culturais. A equipe realiza um trabalho de sensibilização e distribuição de material informativo sobre o tema da campanha com a rede hoteleira, comércio formal e informal, e famílias atendidas nos Programas Sociais.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.