Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em audiência aberta com o prefeito, população aponta prioridades para próximos anos de Petrolina

A quadra esportiva do antigo CAIC, na Cohab Massangano, ficou lotada de lideranças comunitárias e população em geral para uma audiência pública que apontou, ao longo deste sábado (19), quais devem ser as prioridades nos próximos quatro anos de governo municipal. A discussão faz parte da preparação do Plano Plurianual (PPA), que define como o orçamento da cidade deve ser empregado pela Prefeitura de Petrolina até 2021 em projetos e programas no município sertanejo.

Mais de 1200 pessoas preencheram formulários com sugestões para melhorar as comunidades. De construção de escolas até projetos de mobilidade para melhorar o trânsito de Petrolina, as propostas dos populares tiveram diversas áreas de interesse para a Prefeitura direcionar os recursos.

Todo o material coletado pela Secretaria de Planejamento junto à população será analisado e as cinco prioridades mais citadas serão postas como metas de governo até 2021. Os dados serão adicionados no PPA e divulgados à população pela gestão municipal ao longo do ano, sendo que as cinco diretrizes eleitas pelo povo já serão publicizadas pelas redes sociais e imprensa da Prefeitura na próxima semana.

Além de colher as sugestões da população para os próximos anos de administração, o evento também teve o objetivo de prestar contas à sociedade. O prefeito Miguel Coelho fez uma apresentação dos primeiros meses de governo, indicando os desafios encontrados e avanços consolidados pela gestão municipal. O prefeito ainda ouviu atentamente as perguntas de 30 representantes da população sobre temas como segurança pública, saneamento, pavimentação, lazer, saúde, mobilidade entre outros temas do cotidiano da população.

De acordo com o prefeito, o espaço de discussão da cidade junto com a população não será resumido ao Plano Plurianual. "Queremos construir uma cidade de forma participativa, onde os gestores públicos tenham suas responsabilidades mas a população se sinta parte do processo de tomada de decisão. Dessa forma, iremos promover outros debates e encontros para incentivar a participação popular, pois isso ajuda a identificar quais as reais necessidades de quem nos colocou para governar a cidade", explicou Miguel Coelho.

Plano - A audiência pública do PPA obedece ao artigo 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e foi aberto à toda população. Dirigida pelo prefeito Miguel Coelho, a reunião aberta contou com a presença dos secretários municipais, vereadores  e representantes da sociedade civil. De posse das informações, a Prefeitura montará o Plano Plurianual, que é um instrumento para o planejamento estratégico do município, isto é, para organização dos recursos e energias do governo e da sociedade em direção a uma visão de futuro, a um cenário de médio prazo. Duas outras leis estão intimamente associadas ao PPA: a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei do Orçamento Anual (LOA).

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.