Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Fábio Barros pauta Dia Nacional do Patrimônio Histórico


Hoje, 17 de agosto, comemora-se o Dia Nacional do Patrimônio Histórico. Contemplando a data, o presidente da Câmara Municipal do Paulista, vereador Fábio Barros, se encontrou para uma manhã de conversas e apreciação da cultura pernambucana, com três dos símbolos culturais do estado, a escritora Selma Ratis; o poeta Amaro Poeta e o patrimônio vivo de Pernambuco Tomás de Aquino Leão, o Mestre Galo Preto. O café da manhã aconteceu no Hotel Casa Blanca, na praia de Pau Amarelo.

Com informações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade, como defensor do Patrimônio Cultural Brasileiro, provocou a criação do Dia Nacional do Patrimônio Histórico, comemorado desde 1998, quando o primeiro presidente do Iphan completaria 100 anos. Aproveitando a data, Fábio Barros reservou esta manhã para debater a cultura do Paulista com alguns dos patrimônios culturais presentes do município.

O Mestre Galo Preto, patrimônio vivo de Pernambuco, compositor e intérprete, fez questão de improvisar um coco e garantiu “tenho o hábito de andar com o pandeiro e nunca me desacostumo disso”. Tomás de Aquino Leão gravou seu primeiro disco recentemente, aos 82 anos, tendo um acervo de 300 músicas compostas, sem contar as que ele faz de improviso a todo instante. Mestre Galo Preto foi considerado o maior embolador do Brasil por Luís Gonzaga.

Selma Ratis é funcionária pública, formada em letras, sócia fundadora da Sociedade dos Poetas Vivos de Olinda, membro da União Brasileira de Escritores, do Grupo Celina de Holanda, e presidente da Academia de Letras e Artes de Paulista-PE (Alap). Durante o café da manhã, ela pode mostrar um pouco do seu trabalho e presenteou Fábio Barros com sua literatura, o livro “Paulista nas asas da emoção”, fazendo questão de ler uma de suas poesias contida na obra.

Também no improviso, Amaro Poeta Rodrigues expôs em poesia, o agradecimento e satisfação pelo convite para o café da manhã cultural. Ele, que é escritor, poeta, cordelista e produtor cultural também foi um dos presidentes da Alap e, atualmente, toda segunda sexta-feira do mês, realiza a Cesta Cultural, no Plenário da Câmara Municipal do Paulista. Promovida por ele, em parceria com a Câmara dos Vereadores do Paulista, a Cesta conta com saraus, recitais, poesias, cantorias de viola, repentistas, versos improvisados e debates acadêmicos. 

Na ocasião, o presidente da Câmara dos Vereadores do Paulista agradeceu a oportunidade de debate acerca do patrimônio histórico da cidade e seu potencial de produção cultural, capaz de desenvolver a economia do município. Fábio afirmou que “Paulista tem um rico patrimônio histórico e natural, que pode ser a base de uma cadeia produtiva, capaz de alavancar a economia da região, através do turismo”.



Câmara dos Vereadores do Paulista
Gabinete do Presidente Fábio Barros

Assessor de Imprensa
Max Felipe

Repórter
Emily Austregésilo 

Fotografia
Jaime Fonseca Neto

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.