Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista avança nas ações para garantir mais segurança no município

Com o propósito de debater ações que miram o combate à violência e a criminalidade na região metropolitana do Recife, foi criado o Fórum Regional de Prevenção Social (FRPS). Essa articulação é uma parceria entre as secretarias de segurança pública dos seis municípios do litoral norte com a secretaria de desenvolvimento social do estado, para conservar a integridade cidadã, viabilizando projetos e atividades que propagam a paz.

O lançamento da iniciativa aconteceu nesta sexta-feira (18.08) em Itapissuma, tendo a presença das cidades do Paulista, Abreu e Lima, Igarassu, Itapissuma, Ilha de Itamaracá e também de Araçoiaba e contou com a participação de todos os secretários da defesa civil dos municípios envolvidos, além do prefeito anfitrião José Bezerra Tenório Filho.

Paulista no ano passado já tinha dado um importante passo no âmbito da segurança pública, com a instalação da Central Integrada de Monitoramento (CIS), sendo inclusive pioneira no estado de Pernambuco. Essa Central é comandada por dois guardas municipais, dois policiais militares, um supervisor e dois agentes do COPON. Eles atuam observando o que acontece nas entradas dos bairros, principais praças da cidade, pontos de comércio e importantes vias do município, acionando viaturas próximas a esses locais, caso for necessário.

Paralelo a isso, também foi criado o aplicativo “Paulista Conectada”, que serve para fazer a mediação entre a população paulistense e o CIS, alertando o centro de segurança sobre atos criminosos ou situações de emergência em nosso município. Essa ferramenta usada da maneira correta, garante um amparo maior aos moradores do Paulista. O download do App pode ser feito pela loja virtual do seu celular e é gratuito.

O secretário da Defesa Civil e Segurança Cidadã do Paulista Manoel Alencar, afirmou que não só a região metropolitana ganha com essa iniciativa, mas Pernambuco como um todo. “Na hora que os municípios se unem para discutir políticas de prevenção às drogas e combate à violência, o estado inteiro ganha com isso”, concluiu.

O titular da pasta também comentou sobre a proposta de criação de um novo batalhão da polícia militar para atender alguns municípios. “Na reunião também discutimos a criação do 26º Batalhão da Polícia Militar, que atenderia Abreu e Lima, Araçoiaba, entre outras cidades da região metropolitana norte do Recife”, adiantou Alencar. Isso desafogaria a demanda do 17º BPM que se encontra em Paulista.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.