Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Programa Maria da Penha Vai à Escola é apresentado no Fórum de Gestoras de políticas para as mulheres do Estado

Na última terça-feira, as gestoras que integram o Fórum de Secretarias Municipais da Mulher se reuniram no Centro Metropolitano Júlia Santiago, em Brasília Teimosa, no Recife, para debater temas e sintetizar avanços de programas de políticas sociais para as mulheres da Região Metropolitana do Recife. A programação, que acontece mensalmente, reuniu representantes de vários municípios para trocar experiências e apresentar propostas para o fortalecimento da mulher na sociedade.

Na ocasião, foi discutido o tema Cidade Segura Para as Mulheres e debatido muitas outras questões para tornar o segmento mais forte. Neste encontro, as gestoras trocaram experiências e apresentaram estatísticas exitosas para agregar e prevenir a violência contra o público feminino no Estado de Pernambuco. Também participaram do evento as secretárias de Goiana, Caruaru, Garanhuns e Petrolina.

A secretária-executiva de políticas públicas para as mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, apresentou a experiência bem-sucedida do Programa Maria da Penha vai à Escola. Um projeto da Prefeitura do Paulista que já se tornou referência para outros municípios.

“O Maria da Penha Vai à Escola é fundamental para a mudança da nossa cultura machista, pois envolve a educação da cidade. Este programa de prevenção tem como alvo principal criar uma sociedade muito melhor no futuro, porque ele está dentro de um local onde forma pessoas, ou seja, o programa está dentro de toda a rede municipal de ensino para extinguir a cultura da violência e ensinar o respeito entre os gêneros. A ideia é fazer com que futuramente nós tenhamos homens e mulheres com igualdade e respeito”, ressaltou a gestora.

E continuou: “Compartilhar nossa experiência em eventos como este, serve de estimulo para outras mulheres. Todas ficam renovadas com os resultados positivos, e renovar as forças promove sempre o enfrentamento na luta contra a violência. Este momento é muito enriquecedor e importante, pois ficamos por dentro do que está acontecendo no Estado e no país. Sempre há muita troca de saberes e debates sobre os temas que estão sendo apresentados na atualidade” finalizou.  

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.