Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão é oferecido a 100 adolescentes de unidades do interior

Objetivo é preparar profissionais para instalar circuitos e equipamentos elétricos em edificações e montar redes de baixa tensão


Teve início o curso profissionalizante de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão. Oportunidade é oferecida por meio de uma parceria firmada com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Ao todo, serão beneficiados 100 adolescentes distribuídos nos Cases Timbaúba e Caruaru e nas Casems Caruaru e Garanhuns. 

Com duração de um mês, o curso tem como objetivo preparar profissionais para instalar circuitos e equipamentos elétricos em edificações, montar redes de baixa tensão, conforme planejamento, projetos e documentos técnicos específicos, de acordo com as normas técnicas e legislação brasileira em vigor, em condições de qualidade e segurança.


Para isso, o curso se divide em duas partes: na primeira, o Curso Básico de Eletricidade, no qual os alunos aprendem sobre grandezas elétricas, circuitos elétricos e circuitos trifásicos. Em Instalações de Sistemas Prediais são abordados dispositivos de proteção, lâmpadas, campainhas, entre outros conceitos. 

O coordenador técnico do Senai Caruaru, Antônio Gouveia, lembra da importância de ajudar a qualificar estes jovens. “Essa parceria com a Funase ajuda a traduzir o lado social que o Senai sempre preza. Auxiliar esses meninos a ter um novo rumo na vida e ter uma profissão é muito gratificante” comenta. 

Ao final do curso, todos os alunos recebem dois certificados emitidos pelo Senai, um referende ao Curso Básico de Eletricidade e outro ao módulo de Instalações de Sistemas Elétricos Prediais, comprovando a habilitação para atuação em indústrias, construtoras, revendas, assistência técnica, prestadoras de serviço ou como autônomo.


“O Senai é a instituição que mais nos atendeu em relação a cursos profissionalizantes, a parceria é muito forte. Ter o nome dessa instituição nos certificados dos socioeducandos traz um destaque muito maior e os próprios meninos reconhecem isso”, conclui o responsável pelo eixo profissionalização, Normando Albuquerque.​

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.