Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

LAURA SAI EM DEFESA DO GOVERNO ESTADUAL E REBATE JOÃO LYRA

LAURA SAI EM DEFESA DO GOVERNO ESTADUAL E REBATE JOÃO LYRA


Laura Gomes (PSB), classifica como descabidos e falsos os ataques de João Lyra Neto (PSDB) a Paulo Câmara, na entrevista que deu à Rádio Jornal Caruaru, nesta sexta-feira, 13. A deputada coloca para o esclarecimento público as informações a seguir:

“Parece que João ataca Paulo Câmara para esconder os erros da gestão da filha prefeita, Raquel Lyra. É um equívoco dele. Do mesmo jeito que Caruaru viu o desastroso período de nove meses de governo, quando ele ficou no lugar de Eduardo Campos, também está vendo o desacerto da prefeita nesses nove meses de gestão reprovada pelo nosso povo conforme pesquisa recente.

João Lyra não tem condições de falar em segurança. Como governador, não compareceu a uma reunião sequer do Pacto Pela Vida. A sua incompetência provocou uma nova greve da Polícia Militar após 14 anos. O governador Paulo Câmara teve de arrumar a bagunça que João Lyra deixou na polícia e teve que restabelecer a hierarquia na corporação.

É falsa a declaração do ex-governador de que houve redução do número de policiais em Pernambuco. Entre 2016 e 2017 nenhum soldado pediu aposentadoria. O que houve foi adesão à reserva remunerada de 858 PMs, de cabos e coronéis. Em 2016, foram nomeados 1.000 mil soldados. Em 2017, mais 1.500 foram colocados nas ruas e mais 1.322 estão em treinamento. A verdade é que, em dois anos, Paulo Câmara aumentou em mais de 4.000 o número de policiais no Estado, para maior combate ao crime.

Quanto aos recursos para o São João é preciso dizer que o repasse não pode acontecer por uma questão jurídica. Como o Governo do Estado vai liberar verbas se Raquel é investigada pelo Ministério Público por irregularidades na contratação da festa? A prefeita precisa antes se entender com a Justiça.

Acho estranho, ainda, João Lyra Neto declarar que não vai defender Michel Temer, quando o partido dele apóia o Governo Federal. Isso pode ser entendido como deslealdade. O PSDB tem um ministro pernambucano, Bruno Araújo, que tem ajudado a prefeita. O que será que Bruno vai achar dessa posição do ex-governador?

É lamentável que um  ex-governador e ex-prefeito tenha uma conduta tão fraca enquanto político. Ninguém merece ouvir quem acusa sem provas, ataca com rancor e não fala a verdade. Mas Caruaru pode contar com a nossa voz para não permitir a divulgação da mentira. Vamos responder a todas as agressões descabidas e falsas contra um Governo que trabalha por Pernambuco e ao qual temos o orgulho de apoiar.

Deputada Laura Gomes – Líder da Bancada do PSB na Assembleia de Pernambuco

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.