Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Nova gestão municipal de Olinda trabalha para resgatar papel do ‘pulmão’ da cidade

Fazer a celebração pelos 15 anos da Reserva da Mata do Passarinho voltada para atividades com crianças que estudam em escolas municipais.  Essa foi a tônica da festividade organizada no local nesta segunda-feira (02.10) pela Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural, que cuidando do presente, ensinou aos pequenos olindenses que o nosso futuro está na preservação da fauna e da flora. Com a presença do prefeito, Professor Lupércio, do vice, Márcio Botelho, e secretários municipais, a banda do Centro de Educação de Educação Musical de Olinda (CEMO) deu o tom das diversas atividades: como trilha educativa, brincadeiras e palestras para todas as idades. 

Sozinha, no entanto, mesmo que nada tivesse sido planejado para este dia, a Mata por si só já garantiria uma programação inesquecível para quem foi ou para os que comparecerem para visitar, esta que é uma remanescente de Mata Atlântica e possui grande riqueza de fauna e flora em pouco mais de 13 hectares. O telefone para agendar uma visita ao "pulmão de Olinda" é o: 3305-1029. 

Miguel Silva, 7 anos, estava curioso para conhecer sobre as abelhas. “Se a gente cuidar delas vamos ter mais frutos nas árvores”, explicou confiante, após ter tido contato com as nativas brasileiras, que não possuem ferrão. A mesma experiência teve o prefeito Professor Lupércio, que conferiu por dentro como esses insetos constroem a colmeia. 

Vamos estar sempre investindo. Esse espaço estava sendo explorado de forma errada. Desmatando, servindo para crimes, mas nós estamos resgatando. É importante que a gente cuide, preserve e é isso que estamos fazendo”, afirmou Lupércio. 

Essa preservação passa por ensinar aos pequenos como cuidar da nossa riqueza natural. As crianças participaram de um roteiro em que, além das abelhas, conheceram saguisdiversas plantas, respiraram um ar puro que parece ter dado ainda mais energia para elas. Foi essa impressão quando Camila Barros saiu do pula-pula. “Eu não conhecia e meus irmãos também não. Mas é tudo muito lindo e eu quero voltar depois com calma”, falou. 
Tornar a Mata do Passarinho conhecida e trazer mais estudantes e pesquisadores para explorar todas as potencialidades são alguns dos desafios que a atual gestão está enfrentando 

O secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho, confirmou que o caminho está em fazer com que os olindenses se apoderem desse pulmão e saibam da importância que ele tem.  O gestor ainda agradeceu pelo empenho das demais secretarias e o direcionamento do prefeito. “Sem essa força integrada nada seria possível", concluiu. 

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.