Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Ministro da Agricultura recebe produtores de cana nesta quinta-feira (9)

Entre cobranças e convite, Feplana pedirá a edição da MP do Programa de valorização do etanol (Renovabio) e mostrará iniciativas exitosas de cooperativas de canavieiros que têm garantido milhares empregos em Pernambuco e Alagoas através do fortalecimento desta cultura agrícola

O presidente Temer editará medida provisória ou projeto de lei sobre o Renovabio até dia 20. A notícia foi dada pelo Ministro Minas e Energias, Fernando Filho na segunda-feira (6), no dia do início da 23º Conferência Global do Clima na Alemanha, que o Brasil é signatário. O Renovabio valorizará o etanol nacional, uma matriz energética limpa e renovável. A fim de mostrar os positivos efeitos ambientais e socioeconômicos desta medida devido o estímulo que levará a toda cadeia produtiva da cana, as entidades representantes dos 70 mil fornecedores da cana nacional, lideradas pelo agrônomo pernambucano Alexandre Andrade Lima, que preside a Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), se reunirão com o ministro da Agricultura Blairo Maggi nesta quinta-feira (9), às 10h, no gabinete ministerial em Brasília. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, um dos articuladores desta agenda, garantiu a presença.

Outros assuntos serão abordados durante o encontro de Blairo com os líderes da Feplana, União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida) e da Organização dos Plantadores de Cana do Centro-Sul (Orplana). "Um deles será a solicitação de apoio do ministro para alcançar a efetiva sensibilização do setor industrial sucroenergético de modo a garantir a atualização e a modernização dos Conselhos de Produtores de Cana, Açúcar e Álcool no tocante a justa e necessária composição do preço da matéria-prima de todo o  mix produzidos pelo segmento", fala Alexandre Andrade Lima, presidente da Feplana, que estará na reunião.  

José Martins da Silva e Mario Borba, presidente e vice respectivamente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) confirmaram presença no encontro, bem como Ênio Fernandes, que preside a Comissão de Cana desta entidade. Eles acompanharão os dirigentes da Feplana, que estarão com os presidentes da Orplana (Eduardo Romão) e Unida (José Inácio). A comitiva de canavieiros pleiteará ainda o empenho do ministro Maggi para viabilizar a rápida aprovação da reformulação da Lei Federal de Cultivares no Congresso Nacional, em trâmite já há muito tempo. Serão expostos alguns benefícios da lei para a cadeia produtiva.

Blairo no Nordeste
A Feplana e demais entidades canavieiras, em especial a Unida, vão   aproveitar a reunião para convidar o ministro da Agricultura a conhecer o projeto inovador de três cooperativas de canavieiros da região Nordeste. As entidades geraram mais de 10 mil empregos diretos com reativação de três usinas fechadas em Pernambuco e Alagoas nos últimos anos.  

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.