Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em Fortaleza, Desenvolvimento Econômico do Paulista conhece sistema para simplificar abertura e legalização de empresas

Buscando a simplificação e modernização dos processos de legalização de micro e pequenas empresas do Paulista, representantes da Secretaria Executiva de Desenvolvimento Econômico estão na cidade de Fortaleza, no Ceará, para conhecer todo o sistema da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim).

Uma referência em todo Brasil, a RedeSim foi criada pela Lei nº 11.598/2007, e foi implementada em Fortaleza no ano de 2014. De acordo com Íkaro Guimarães, além de conhecer o sistema, Paulista também deverá implantar em breve o sistema, proporcionando menos burocracia e mais agilidade à abertura e legalização de empresas.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico do Paulista, Íkaro Guimarães presente ao encontro, destacou a importância de participar dos debates que acontecem neste evento.

 “Estamos conhecendo todo sistema, toda a plataforma digital, para que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico comece a fazer grandes ações junto com o Sebrae, trazer esse sistema integrado que facilita a vida do empreendedor, sem que ele precise ficar se deslocando para vários lugares quando precisar abrir empresa, ou mesmo resolver a questão da taxa de licenciamento, já que aqui os serviços ainda não são vinculados. Com a implementação, a população pode agilizar tudo diretamente na sala do empreendedor”, explicou.

O encontro aconteceu nesta terça-feira (05.12) e quarta-feira (06.12), contando com a participação. o representante do Sebrae-PE, Fernando Climaco, a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Agda Muniz e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, além de outros representantes das 19 cidades pernambucanas integrantes do G100.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.