Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Olinda será homenageada no desfile do Bloco da Saudade no Carnaval 2018



Fantasias da agremiação foram inspiradas nos monumentos históricos da cidade

O som dos clarins de Olinda foi o responsável por apresentar as fantasias do Bloco da Saudade que irão desfilar e homenagear a Marim dos Caetés no Carnaval de 2018. Os novos figurinos foram apresentados nesta terça-feira (12.12), no auditório da Prefeitura do município. Com o tema “Olinda Cidade Eterna”, o destaque principal das peças são os monumentos históricos e belezas naturais da cidade.

Fundado no Carnaval de 1974 por Edgard Moraes, o Bloco da Saudade desfila ao som da composição Valores do Passado com o propósito de ressaltar os blocos de rua do Recife. No Carnaval de 2018 a homenageada será Olinda, cidade Patrimônio Cultural da Humanidade. Carlos Ivan, criador das fantasias, ressaltou que esta é a primeira vez que o Bloco apresenta as fantasias antecipadamente. “Olinda merece essa homenagem e privilégio de ser a inspiradora do desfile do bloco”, pontuou.

Inspiradas nos séculos XVI e XVIII, a primeira fantasia desfilada foi a do Farol de Olinda, com pedrarias que ressaltam as cores pretas e brancas do monumento, onde recebeu a bandeira da cidade pelas mãos do secretário de Patrimônio e Cultura do município, Gilberto Sobral. A segunda fantasia foi inspirada na criação da cidade, com desfile dos modelos representando Duarte Coelho e sua esposa, Brites de Albuquerque, ressaltando as cores brancas, azuis e vermelhas do Bloco da Saudade.

A terceira fantasia desfilada foi inspirada em Jerônimo de Albuquerque, administrador da Capitania de Pernambuco e auxiliador de Duarte Coelho na pacificação dos índios, e na índiaMuirá-Ubi, esposa de Jerônimo. O tema do bloco foi inspiração para confecção da fantasia feminina, com arranjo representando o céu de Olinda, joias que remetem as riquezas da cidade, além da saia que traz consigo alguns monumentos do município, tais como o Casarão Vermelho, o Mosteiro de São Bento, o antigo Palácio dos Governadores e a Praça de São Pedro. Já a fantasia masculina veio representando os acendedores de lampiões que “alumiavam as ruas da mais formosa cidade brasileira”, também inspirada nas cores do bloco.

Gilberto Sobral agradeceu em nome de cada cidadão olindense e evidenciou a importância da homenagem para Olinda. “Na semana que iniciamos os 35 anos de título de Patrimônio da Humanidade, o Bloco da Saudade faz uma homenagem significativa para nossa cidade e nos faz lembrar a história e compromisso com este título. Esse desfile será uma representação viva dos nossos belos monumentos e venho agradecer pelo grande prestígio”, pontou. A presidente do bloco, Izabel Cristina Almeida Bezerra, destacou os locais onde o bloco irá passar pela cidade.“Terminaremos o domingo de Carnaval junto ao povo de Olinda. Caminharemos pelo Alto da Sé, Guadalupe e nos reuniremos para uma bela festa no Largo do Amparo”.

Um dos compositores mais ativos do bloco, Getúlio Cavalcanti, encerrou a apresentação das fantasias com a mais nova composição inspirada nas peças que vão desfilar em 2018. Entre frases inspiradoras e alegres que compõem a música – uma das frases que mais chamam atenção na canção diz: “O Bloco da Saudade é só felicidade na Velha Marim”.

Fotos: Sandro Barros/Prefeitura de Olinda

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.