Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Prefeitura de Olinda assina contrato para recolhimento de animais soltos em vias públicas

Parceria foi concretizada nesta quarta-feira (27.12), em reunião no gabinete do prefeito

No primeiro dia útil de 2018 (2 de janeiro) Olinda terá um novo serviço: recolhimento de animais nas ruas da cidade. Nesta quarta-feira (27.12), a prefeitura e a GCinco Comércio e Serviços assinaram o contrato formalizando a parceria. A empresa será responsável pela retirada dos bichos, com coordenação da Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural do município.
Serão capturados animais de grande porte, como cavalos, bois, vacas, burros e mulas, que estejam abandonados. Dois telefones estarão à disposição, de segunda a sábado, no horário comercial, para receber denúncias da população: 3439.5535 e 9.7104-7051. É necessário que o denunciante avise qual é o animal e onde ele se encontra. Assim, um caminhão será deslocado, com dois laçadores, para efetuar o recolhimento e alojamento.
“Na realidade é um clamor de muitos anos. Evidentemente, gostaríamos de ter colocado isso em prática desde o início de nossa gestão. Porém, tem a questão da legalidade, tudo tem um trâmite. Mas hoje conseguimos resolver tudo junto à Procuradoria do município e a partir de agora vamos ter uma fiscalização. Junto com a população, vamos acompanhar e fazer um trabalho educativo, com carro de som, faixas, panfletos, para orientar os cidadãos. Eu como gestor e morador da cidade, me sentia incomodado com os animais se multiplicando nas ruas. Hoje, demos um grande passo”, destacou o prefeito Professor Lupércio.
O local onde os animais serão alojados fica no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, sede da GCinco. O espaço é adequado, com conforto, segurança, limpo e também será oferecida alimentação adequada, de acordo com o diretor da G5 Comércio e Serviços, Glebson Dutra. Já o proprietário do animal será notificado e terá até cinco dias para resgatá-lo.
“Vamos realizar o recolhimento, mas essa ação visa sensibilizar os próprios donos de animais a retirar seus bichos. O contrato tem duração de seis meses, porém, durante esse período, vamos seguir na licitação para que possamos fazê-la o mais rápido possível, para que tenhamos uma resposta definitiva à população. A contratação dessa empresa foi feita de forma legal, responsável, com trâmite passado pela Procuradoria. Temos o parecer jurídico de que pôde ser feita a contratação”, acrescentou o secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho.
Convidada para acompanhar a cerimônia de assinatura, a representante da Confederação Nacional de Defesa Animal (Confaos) e Federação das Associações e ONGs da Defesa Animal do Estado (Faos), Goretti Queiroz, mostrou-se satisfeita com as propostas apresentadas pela Prefeitura e GCinco.
“Essa é uma antiga reivindicação nossa. Brigamos ferrenhamente para que alguma coisa possa acontecer com os animais de grande porte. Finalmente vislumbramos um final feliz, depois de muitos anos na luta. A Secretaria de Meio Ambiente foi muito acessível às conversas conosco”, concluiu Queiroz.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.