Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Em busca da independência financeira, mulheres do Paulista participam do curso Comidas de Botequim  


Com intuito de fortalecer o empoderamento feminino e estimular o empreendedorismo, as mulheres do Paulista estão participando do Curso Comida de Botequim. As aulas estão sendo ministradas no SENAC, em Jardim Paulista Baixo, com a carga horária de 20h aulas. A iniciativa é coordenada pela Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, em parceria com a Secretaria Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, do Governo do Estado (SEMPTQ).

De acordo com a aluna e dona de casa, Deysiane Maria da Silva, o curso além de servir para adquirir conhecimento e dicas de cozinha, também serve como oportunidades futuras. “O curso está sendo maravilhoso, tenho aprendido muitas novidades da culinária, dicas simples de como fazer em casa. Enfim, eu já trabalho com comidas, bolos e tortas e estou me aprimorando para melhorar meus dotes culinários e futuramente pretendo abrir meu próprio negócio’’, disse.

A dona de casa Ana Cláudia da Silva está entusiasmada com o que vem aprendendo “Estou achando excelente o curso profissionalizante de culinária, principalmente porque no momento não estou trabalhando. Tudo esta sendo um grande incentivo para mim. Futuramente penso em abrir meu próprio negócio e garantir um futuro de grande sucesso”, declarou.

De acordo com a secretária Executiva de Políticas para as Mulheres do Paulista, Bianca Pinho Alves, a iniciativa é uma forma de qualificar mais mulheres dentro do programa de qualificação profissional. “O programa tem sido importantíssimo porque estimula a participação das mulheres, com oportunidades no mercado de trabalho, só no ano de 2017, 175 mulheres já foram beneficiadas em cursos de qualificação pela Secretaria de Politicas para Mulheres. A ação também traz a qualificação necessária para que elas possam ter as mesmas oportunidades dos homens. Então, o resultado é esse, ver mulheres com autoestima, empoderadas, aprendendo mais, e que com direito a escolha,” concluiu.



0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.