Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Abreu e Lima representa ciranda de Baracho no 2º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular

Texto: Sérgio Lima
Edição: Max Felipe/ Blog Paulista Atualizado
Fotos: Carlos da Hora

As cirandeiras Dulce e Severina Baracho participarão este ano do 2º Prêmio Ariaimg_3110no Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia. Filhas de um dos mestres da ciranda, Antônio Baracho da Silva, as artistas estiveram, na primeira semana do ano, na secretaria de Turismo e Cultura do município. Foram recebidas pelo secretário  Wellington Thiago. "Vou dar total apoio em todas as etapas do concurso", disse Wellington.  O 2º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia,  iniciativa do Governo do Estado, destina-se a reconhecer, valorizar e incentivar práticas de transmissão de saberes e fazeres da tradição nordestina.

"Queremos estimular a escrita dramática e revelar novos dramaturgos em Abreu e Lima", destacou o secretário Wellington. Este ano Baracho (in memorian) completa 110 anos. Durante todo este ciclo, a Secretaria de Turismo e Cultura realizará homenagens póstumas ao artista. "Consideramos o maior mestre de ciranda do Estado", disse.
Baracho teve suas cirandas gravadas por artistas como Capiba, Martinho da Vila, Nelson Ferreira, Teca Calazans, Geraldo Azevedo e Lia de Itamaracá. Hoje sua obra é preservada por suas filhas, Dulce e Severina. "As diversas apresentações nas ruas, praças e feiras livres atraem dezenas de pessoas", comentou felizarda Dulce.

Orla do Janga terá segurança reforçada com Guardas Municipais, PMs e Agentes de Trânsito

Em janeiro, homens do projeto Patrulha Cidadã estarão no calçadão aos domingos coibindo ações delituosas e garantindo tranquilidade aos moradores, turistas e comerciantes
           
Janeiro. Férias. Praia. Essa combinação perfeita é responsável por atrair muitas famílias à Orla do Janga, em Paulista, na Região Metropolita. Nos fins de semana, o público lota a faixa de areia e os bares da Av. Beira-mar à procura de lazer e descontração. Com o aumento significativo de pessoas na área, a Prefeitura do Paulista decidiu levar as ações de segurança do projeto Patrulha Cidadã ao calçadão. O trabalho de combate à violência começa neste domingo (08.01), às 8h, ao longo de dois quilômetros da Orla marítima. A iniciativa é coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Defesa Civil.
A ação vai contar com um efetivo de dez Guardas Municipais, quatro Policiais Militares do 17ºBPMPE e dois Agentes de Trânsito. Os profissionais ficarão distribuídos ao longo do calçadão para coibir furtos, assaltos, depredação do patrimônio público e privado, entre outras ações de desordem social. A iniciativa terá o suporte de uma viatura do projeto Patrulha Cidadã e um ônibus de videomonitoramento, do programa “Crack, é Possível Vencer”, que ficará estacionado na Praça das Quatro Torres, na Av. Beira-mar. O trabalho se estenderá até o dia 29 de janeiro, último domingo do mês.
SERVIÇO:
O quê – Lançamento do projeto Patrulha Cidadã no Calçadão do Janga;
Quando – Neste domingo (08.01), das 8h às 16h. O trabalho segue nos outros domingos do mês: 15, 22, e 29.01.  
Onde – Av. Beira-mar/calçadão do Janga.

Oposição divulga posicionamento coibindo um possível aumento de passagem de ônibus

Imagem meramente ilustrativa. Foto: Tribuna do Norte.
Implantar a tarifa única na Região Metropolitana do Recife, o corredor VLT na Avenida Norte, concluir o projeto de navegabilidade do Rio Capibaribe e implantar ar-condicionado em toda a frota de ônibus da Região Metropolitana do Recife. Essas foram algumas das promessas feitas pelo Governo do Estado que, infelizmente, devem ficar apenas no papel. Coração do sistema público de passageiros da Região Metropolitana, o Recife está prestes a completar o segundo ano de atraso na entrega do plano municipal de mobilidade, que deveria estar pronto desde abril de 2015, como previsto na Lei 12.587/12.

“O Governo do Estado só trata do tema mobilidade uma vez por ano, exatamente em janeiro, quando as empresas de ônibus apresentam sua proposta de reajuste da tarifa. Nem mesmo o que estava previsto no edital de licitação do sistema, em 2013, é discutido com a sociedade”, critica o deputado Silvio Costa Filho (PRB).

O deputado lembra que nem as principais obras de mobilidade prometidas para a Copa do Mundo, como os corredores Leste-Oeste e Norte-Sul do BRT; a Navegabilidade do Rio Capibaribe, e o ramal da Copa conseguiram ser entregues à população. “Já são quase três anos de atraso e frustração para a sociedade, sem contar as promessas feitas pelo governador Paulo Câmara, como a tarifa única com integração temporal de três horas e o corredor do VLT na Avenida Norte”, lembrou.

Para Silvio, o debate sobre transporte público não pode ficar restrito ao reajuste da passagem, como vem acontecendo nos últimos dois anos. Segundo o parlamentar, é preciso rediscutir o sistema integrado, a complementação modal, além das rotas cicloviárias e passeios públicos, já que 30% da população do Grande Recife se desloca a pé ou de bicicleta.  “Estamos aproveitando a realização da reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano, que acontece nesta sexta-feira (6), para cobrar que as discussões não fiquem restritas ao índice de reajuste da tarifa, mas que seja apresentado também um cronograma de entrega dessas obras”, defendeu Silvio.


Confira os principais questionamentos da Oposição em relação à m