Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Trajeto do Homem da Meia-Noite é fiscalizado e liberado para o Carnaval de Olinda

O percurso feito por um dos calungas mais famosos do Carnaval de Olinda, o Homem da Meia-Noite, foi vistoriado nesta quinta-feira (12.01) pela Defesa Civil de Olinda em parceria com as secretarias municipais de Meio Ambiente Urbano e Natural, através da área de Controle Urbano; Saúde e de Transportes e Trânsito. O trajeto possui cerca de 4 km e passa por locais como a Avenida do Bonsucesso, Largo do Amparo, Quatro Cantos, Rua do Bonfim, entre outros.


Após percorrer o trajeto que será feito na madrugada do domingo de Carnaval, a gestão municipal identificou possíveis pontos de risco que como muro que serão protegidos com tapumes, árvores que devem ser podadas para evitar acidentes, além de áreas onde será proibido o estacionamento de veículos e a localização de ambulantes.
De acordo como secretário de Defesa Civil de Olinda, Cristiano Arruda, as ressalvas identificadas no caminho do Homem da Meia-Noite não inviabilizam o desfile, mas serão corrigidas antes do Carnaval. “Na vistoria encontramos dois muros com rachaduras, que apesar de não oferecer risco eminente, precisam ser isolados para que as pessoas não subam para ver o desfile de cima. O restante está tudo pronto e sem riscos ao folião”, pontuou.
Para o diretor do Clube Carnavalesco, Ricardo Cristo, a vistoria garante que a festa seja realizada com a maior segurança possível. “Esse cuidado é muito importante porque a gente recebe mais de 500 mil pessoas durante a saída do Homem da Meia-Noite”, ressaltou.

Mais leitura e menos jogos eletrônicos

Por Alexandra Vieira de Almeida – Escritora e Doutora em Literatura Comparada (UERJ)


No universo infanto-juvenil, a leitura deixou de ser uma necessidade dando lugar assustadoramente aos jogos eletrônicos. As famílias modernas permitiram que a rotina tecnológica na vida dos pequenos ganhasse força e, hoje, enfrentam dificuldades no combate de tal.

As crianças e adolescentes não podem deixar suas vidas sendo guiadas por pequenos aparelhos, como meio de divertimento e prazer. Esse elemento deveria ser secundário e não o fundamental. Com isso, temos uma geração mais cansada e preguiçosa para pensar, pesquisar e refletir.

Por outro lado, a leitura é o eixo que leva os jovens para o espaço do imaginário mais fecundo, revelando uma criatividade muito mais rica e plena do que os videogames. Estes jogos desconcentram as crianças e jovens do hábito da leitura e estudos, pois muitas horas são gastas nesta distração.

Não que eles sejam desnecessários. Com equilíbrio, é possível encaixar tudo na rotina deles. Mas quando eles acabam sendo vitais, fazem com que os mais jovens deixem de lado algo grandioso em suas vidas, a experiência que é ler um livro. Objeto que tem o poder de levá-los para o reino da riqueza imaginativa.

Não podemos negar que os jogos eletrônicos trabalham com o lúdico, brincando também com a imaginação. Porém, a literatura é capaz de ir onde os videogames nunca alcançam. A leitura, por exemplo, permite que cada um crie uma imagem mental da história de maneira diferente. Os jogos já apresentam o que eles querem mostrar, já nos dá algo pronto.

Na hora da escolha, as crianças e adolescentes optam pelo caminho mais fácil, os videogames. Os pais e professores devem ser uma luz, os orientadores que levem os pequenos a trilharem um caminho mais rico em significados, em que a leitura e o que ela pode proporcionar, ou seja, o universo mágico da invenção, da criação, tornando estes seres inventores e desbravadores de mundos possíveis e impossíveis.

Cabe a eles, escolherem uma via mais engrandecedora para suas vidas, o mundo mágico da literatura, que os jogos eletrônicos não comportam em sua inteireza. Somente a literatura revela, mostrando o outro lado do lúdico, que é o questionamento. Ela é capaz de nos fazer pessoas melhores, pensadores melhores e cidadãos melhores.

Portanto, vivamos mais a leitura e menos os videogames. Isso não é um movimento contra a tecnologia e os jogos. Não. Mas um alerta para que esses elementos se tornem secundários e não o principal das vidas de nossos filhos. Que os pais saibam ter equilíbrio com as crianças em relação aos jogos, utilizando-os pela própria arte do jogo e do prazer, algo que descontraia estes pequenos. Portanto, que as nossas crianças possam valorizar mais os momentos de estudos e de leitura.

Mutirão de limpeza beneficia área das praias em Paulista

A Secretaria de Serviços Públicos do Paulista iniciou nesta quinta-feira (12.01) mais um mutirão de limpeza pelos bairros da cidade. Desta vez, o trabalho vai contemplar toda a região das praias. A prioridade será a Avenida Cláudio Gueiros Leite (PE-01) e as vias de acesso à Orla. A ação, que está sendo coordenada pela Secretaria de Serviços Públicos engloba diversos serviços, como remoção de metralhas e entulhos, poda de árvores, varrição e limpeza de meio fio.
Ao todo, 40 homens estão envolvidos no trabalho, que segue pelos próximos dias. A iniciativa conta com o apoio de 11 caminhões, sendo três do tipo carrocerias e outros nove do modelo caçamba, além de três retroescavadeiras. “Essa é uma ação que está beneficiando todos os bairros da cidade. Montamos um cronograma na secretaria e estamos cumprindo paulatinamente”, destacou o secretário de Serviços Públicos, Jaime Domingos.
Neste primeiro dia de ação, a localidade contemplada foi o bairro do Janga. A equipe da prefeitura esteve em diversas vias, entre elas, a Rua Belém de Maria. O aposentado Severino da Silva, 66 anos, gostou do que viu. “Essa limpeza aqui na rua é muito importante. A gente estava precisando mesmo. Infelizmente, a população suja a rua e depois fica reclamando”, defendeu.

Fotos produzidas por Jorge Macrino / Prefeitura do Paulista