Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Expectativa do Clube da Caixa é de 1000 pessoas na prévia carnavalesca deste domingo (29/01)

"Em homenagem ao centenário da Apcef/PE outros eventos serão realizados ao longo do ano", garante o presidente Paulo Moretti


| Max Felipe |


A Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcef/PE) estima a participação de 1000 pessoas no quinto ano de sua prévia carnavalesca, neste domingo (29/01), no Clube da Caixa, no bairro do Janga, em Paulista. Na programação, o homenageado do carnaval do Paulista, Ed Carlos; em seguida, os artistas Marrom Brasileiro, Nádia Maia e o grupo Quinteto Violado.

Para o presidente da Apcef/PE Paulo Moretti, este ano a agremiação contará com grupo de maracatu, dj, bloco lírico e muito frevo. "Tudo regado com muito carinho e dedicação da nossa equipe. O melhor carnaval é aqui", convidou os paulistenses.

Paulo Moretti, presidente da Apcef/PE

De acordo com Paulo, ao longo do ano, em comemoração aos 100 anos da Apcef/PE outros eventos serão realizados no Clube. "Teremos alguns eventos mensais, trazendo bons cantores da região e por fim no mês de setembro a nossa grande festa, no dia 22", completou.

O presidente anunciou com exclusividade ao Blog Paulista Atualizado as metas neste ano. "Temos a aquisição de um toboágua para adultos, uma nova portaria e mais pousadas (+ 04 novas)", disse. Ele também fez um breve balanço de 2016. "Fechamos no ano passado a reforma das piscinas, e fizemos uma nova pousada e uma suíte casal", finalizou.



Endereço:
Clube da Caixa
Rua Aureliano Artur Soares Quintas, 799 - Janga - Paulista - PE
(81) 3434-0450

Força-tarefa começa a atuar em presídio do Rio Grande do Norte nesta quarta

Mariana Jungmann - Repórter da Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse hoje (24) que os primeiros homens da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária devem começar a chegar ao Rio Grande do Norte a partir de amanhã (25), quando a autorização dele para a liberação do grupo será publicada. A força-tarefa é o braço penitenciário da Força Nacional de Segurança e é composta por agentes penitenciários cedidos pelo governo federal e por governos estaduais para atuar em presídios onde ocorram rebeliões.

Antes da formação deste grupo, a Força Nacional não podia atuar em presídios, por ser composta basicamente por policiais militares. Os agentes penitenciários da força-tarefa são treinados e/ou têm experiência para atuarem nessas instituições e utilizarão equipamentos específicos. “Quem cuida de presos, quem sabe o protocolo em relação aos presos são os agentes penitenciários”, disse o ministro.

Paulista moderniza sistema de iluminação em importante via de Maranguape II

Foto: Divulgação
Quem passa pela Avenida “F”, em Maranguape II, percebeu uma grande diferença na iluminação da via. A Secretaria Municipal de Serviços Públicos substituiu as luminárias antigas por novas, mais modernas e com três vezes mais potência. Desta forma, as lâmpadas de 70 Watts de potência deram espaço as de 250 W em um sistema com mais qualidade e eficiência.
A ação faz parte da Diretoria de Iluminação Pública da cidade. Equipes do órgão estão diariamente nas ruas para fazer manutenções e reparos no sistema de iluminação. O trabalho beneficia logradouros públicos, praças, prédios da administração municipal, campos de várzea e quadra esportivas.

Abav-PE leva o Visite Pernambuco a Caruaru

A Associação Brasileira de Agências de Viagens em Pernambuco (Abav-PE) inicia o ano preparando a segunda edição do seu principal projeto, o Visite Pernambuco. A iniciativa, que estreou em 2016 em Petrolina, ganhará nova versão em Caruaru na segunda quinzena do mês de março.

Nesta terça-feira pela manhã, o presidente da Abav-PE, Marcos Teixeira, e a vice, Fátima Bezerra, reuniram-se com a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa, João Melo, e representante da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, Leonardo Salazar, para discutir o projeto e falar sobre o potencial da Princesa do Agreste para o turismo além do São João.

O objetivo da Abav com o encontro é estreitar relações com o trade de Caruaru e região e, ao mesmo tempo, capacitar e apresentar para operadores de turismo as novidades da Capital do Agreste que podem ser utilizadas como atrativo para os visitantes.

“Há muito tempo que Caruaru é vendida pela sua feira, que é patrimônio histórico, e pelo seu famoso São João. Queremos identificar o que há na cidade de interessante além disso: passeios, restaurantes, roteiros que estão prontos para  o turismo e ainda não são devidamente explorados”, explica o presidente, Marcos Teixeira.

A prefeita Raquel Lyra recebeu a Abav-PE com muita satisfação e festejou a escolha por Caruaru. “Vai ser uma grande oportunidade para Caruaru, sem dúvida. Estamos justamente no início do diagnóstico do turismo na cidade. Vamos juntos com a Abav levantar tudo o que pode ser trabalhado. Isso irá orientar para a criação do nosso calendário turístico”, destacou Raquel.

“Sabemos que a cidade tem muito o que mostrar. Já temos o nosso São João, mas precisamos dos turistas para além da festa junina. Caruaru tem potencial como destino para o turismo ao longo de todo o ano”, salientou a prefeita.  

Assim como na primeira edição em Petrolina, o Visite Pernambuco terá o formato de workshop com rodada de negócios e tour pelos equipamentos e roteiros que estão prontos para serem comercializados pelos operadores. "Queremos aproximar o trade do Recife com o de Caruraru. Vamos proporcionar a oportunidade de as empresas fazerem negócios e capacitar o trade de Caruaru", destacou o presidente da Abav-PE Marcos Teixeira.

Até o fim do mês, a Abav visitará novamente Caruaru. “Faremos uma visita técnica aos empreendimentos, hotéis, restaurantes, museus e pontos turísticos. Vamos fazer os passeios oferecidos na cidade. Já sabemos que há opções para o turismo de aventura, isso é algo interessante para ser explorado, por exemplo”, comenta a vice-presidente da Abav-PE, Fátima Bezerra.

“Será muito importante contar com o apoio da Prefeitura de Caruaru, por meio da Fundação de Cultura e Turismo e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico”, destaca a vice-presidente da Abav-PE.

O Visite Pernambuco está na sua segunda edição. A primeira aconteceu em Petrolina, em maio de 2016, e levou 12 operadores à cidade para trocar experiências com o trade do Sertão, conhecer os atrativos da região e apresentar também seus produtos. 

Crédito: Roberto Pereira Jr./ Prefeitura de Caruaru

Como identificar e tratar o AVC - mal que acometeu dona Marisa Letícia Lula da Silva

Hoje, a mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dona Marisa Letícia Lula da Silva, foi internada, em São Paulo, após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). O Acidente Vascular Cerebral (AVC), conhecido popularmente como derrame cerebral, é uma das principais complicações de doenças que afetam os vasos que levam sangue ao cérebro. O entupimento ou rompimento de um desses vasos impede o adequado fluxo de sangue para partes do cérebro e a perda de algumas de suas funções. O AVC pode acometer pessoas de qualquer idade, mas geralmente ocorre em pacientes com idade mais avançada e aqueles com doenças crônicas ou hábitos de vida pouco saudáveis que não fazem acompanhamento médico adequado.

Existem dois tipos de AVC: o isquêmico e o hemorrágico. O primeiro é o mais comum e se dá quando um coágulo bloqueia uma artéria. Esse coágulo pode se formar dentro das artérias do cérebro ou nas artérias do pescoço (quando existem placas de gordura) e no coração (quando existe alguma arritmia ou aumento de suas cavidades), sendo levados para dentro do cérebro quando se desprendem. Já o AVC hemorrágico ocorre quando uma artéria “se rompe” dentro do cérebro. Ele geralmente ocorre quando a pressão arterial está muita alta e sem controle e isso pode levar ao rompimento de pequenas artérias ou de aneurismas (dilatações).

Algumas características dos pacientes podem aumentar o risco de AVC. Dentre elas estão hipertensão, diabetes, arritmias cardíacas, obesidade, sedentarismo, tabagismo e uso de álcool. Para reduzir esse risco, recomenda-se adotar um estilo de vida saudável: cuidar da alimentação, evitando alimentos com excesso de gordura e sal; evitar grandes quantidades de álcool e parar o cigarro; praticar exercícios físicos; aprender a conviver com o estresse. “Além de mudar maus hábitos, é importante procurar um médico para uma consulta de rotina desde jovem”, completa o coordenador da Neurologia do Hospital Esperança Olinda, Dr João Eudes Magalhães.

Dentre os sintomas que ajudam a identificar um AVC, podemos citar: dormência ou paralisia de um lado da face ou do corpo; dificuldade para falar; perda súbita da visão; dor de cabeça muito forte; confusão mental. Um AVC ocorre de forma repentina e qualquer pessoa pode ajudar a identificar os sintomas de forma rápida: peça pra dar um sorriso, levantar os braços e falar uma frase. “Se o paciente está com a boca torta, um dos braços não levanta ou não se consegue entender o que ele fala, isso pode ser um AVC e o socorro imediato é importante para diminuir os danos”, alerta o médico.

O tratamento do AVC inclui inicialmente o controle das funções vitais, como oxigenação, pressão arterial, ritmo cardíaco e nível de glicose no sangue. Alguns pacientes podem precisar de medicamentos para dissolver o coágulo, cirurgia para a retirada de hematomas ou para aliviar a pressão cerebral e até cateterismo para revascularizar as áreas comprometidas. Durante o internamento, as causas do AVC podem ser esclarecidas. Assim que possível também são iniciadas medidas que ajudam a restaurar as funções perdidas. “A reabilitação depende de cada paciente e pode ser necessária por tempo prolongado. O tratamento é realizado por uma equipe multidisciplinar que engloba médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e outros profissionais da saúde”, diz o neurologista.
Hemodinâmica – Para auxiliar no tratamento de pacientes que sofreram AVC, o Hospital Esperança Olinda conta com o Centro de Hemodinâmica. O setor é acionado caso o paciente precise de uma desobstrução dos vasos cerebrais comprometidos, através do cateterismo cerebral. Os principais tratamentos realizados são a recanalização dos vasos, a dilatação das artérias e o exame angiográfico cerebral. Os aparelhos da Hemodinâmica são de última geração; as imagens radiográficas digitais em 3D têm excelente definição, o que confere rapidez ao tratamento. A equipe é multidisciplinar, sendo composta por neurovascular, neurocirurgião, neurologista, intensivista, cirurgião vascular, enfermagem, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo. Recentemente, a Prontimagem e o serviço de Hemodinâmica receberam a certificação Diamante conferida pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI) em parceria com o Instituto Qualisa de Gestão (IQG). Trata-se da certificação máxima para o setor e o Esperança Olinda é o único hospital de Pernambuco a recebê-la. O selo atesta o compromisso com a qualidade e segurança na gestão da assistência ao paciente.

Contribuição Sindical Rural vence dia 31 de janeiro

O tributo é obrigatório aos os empresários rurais. O não pagamento deixa o produtor impossibilitado de obter registro ou licença para funcionamento
Os produtores rurais (pessoas jurídicas) enquadrados como empresários ou empregadores têm até o dia 31 de janeiro para efetuar o pagamento da Contribuição Sindical Rural (CSR) referente ao exercício de 2017. A Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe) alerta os contribuintes para que fiquem atentos ao prazo a fim de evitar acréscimo de encargos legais.
As guias são emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), repassadas a CNA pela Secretaria da Receita Federal (SRFB).  A CRS é a principal fonte de custeio das entidades sindicais e tem suas porcentagens divididas entre o Ministério do Trabalho e Emprego (20%), Confederação (5%), Federações (15%) e Sindicatos (60%). Os produtores que não possuem imóveis rurais e não declaram o ITR, têm seus cálculos efetivados pelo capital social da empresa.
O recolhimento é obrigatório a todos os integrantes da categoria representada pelos sindicatos, independente de filiação como associado. Devem realizar o pagamento todos os produtores pessoas jurídicas, que possuem imóvel rural, com ou sem empregados, que tenham atividade econômica rural, enquadrados como empresários ou empregadores rurais, conforme exige a CLT.
A falta de recolhimento da CSR até o vencimento (31) ocasiona juros, multa e atualização monetária previstos na CLT. Em caso de inadimplência, o produtor poderá ser acionado judicialmente. O não pagamento também deixa o produtor impossibilitado de obter registro ou licença para funcionamento, assim como é impedido de participar de processos licitatórios. Em caso de não recebimento, perda ou extravio, o contribuinte deverá emitir a 2ª via no site Canal do Produtor. Para maiores esclarecimentos, os produtores do Estado devem entrar em contato com o Departamento Sindical da Faepe, pelo telefone (81) 3312 - 8966. 

Agência do Trabalho oferece 35 vagas em diversas áreas no Paulista

Foto: Divulgação
Quem está procurando emprego deve ficar atento a esta notícia. A Agência do Trabalho do Paulista está oferecendo 35 vagas em diversas áreas nesta quarta-feira (25.01). Os interessados podem se candidatar as oportunidades se dirigindo a sede do órgão, que fica na Praça Frederico Lundgren, s/n, centro do município. O atendimento ao público acontece de segunda à sexta, das 07h às 13h.
            As vagas ofertadas são para ajudante de carga e descarga (15); auxiliar de eletrônica (01); auxiliar de linha de produção (10); auxiliar de mecânico de autos (02); cozinheiro de serviço doméstico (01); fiscal de loja (01); mecânico de motocicletas (01); modelista (01) e técnico de manutenção de máquinas (03). Os salários não foram informados.
            OS candidatos precisam ter ensino médio completo e pelo menos seis meses de carteira assinada na função pretendida. A única exceção fica por conta de cozinheiro de serviço doméstico que necessita ter o fundamental completo. Outras informações podem ser obtidas pelo fone da Agência do Trabalho do Paulista: 3183.7293.

Sindicato dos Músicos de Pernambuco estipula valor mínimo do cachê para os músicos que vão trabalhar durante o Carnaval 2017 no Estado

O Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado de Pernambuco (Sindimupe), em reunião de Diretoria do mês de janeiro, estipulou que o valor mínimo para os cachês dos músicos no Estado de Pernambuco no Carnaval 2017 será de R$ 200,00 para o músico que trabalharão até 3h, em orquestras itinerantes, e R$ 400,00 para aqueles que desempenharem suas funções por até 2h, em cima de palcos e trios.
  
“A intenção do Sindicato é fortalecer a classe e garantir as condições necessárias para que os profissionais da música possam desempenhar suas atividades com dignidade”, afirmou o presidente do Sindimupe, Eduardo de Matos.

O dirigente sindical informou ainda que esteve reunido com diversos órgãos de controle e fiscalização, no intuito de garantir o cumprimento da lei e deliberações da categoria. "Fizemos um trabalho de conscientização", justifica. Ele afirma que a medida beneficiará todos os músicos do Estado, "Estamos preparados para receber as demandas sobre irregularidades no pagamento e nas relações de trabalho de qualquer músico, seja ele filiado ou não".

O SINDIMUPE estará realizado blitzes, com apoio de diversos órgãos governamentais, durante o período carnavalesco em diversas regiões do estado. A ideia é coibir a ação de exploração do trabalho infantil nas bandas e orquestras, além de realizar vistorias em palcos, trios elétricos e alojamentos criados por empresários para acomodar os músicos que vêm do interior para trabalhar durante o carnaval pernambucano. 
               
De acordo com o Presidente do Sindicato dos Músicos de Pernambuco, E, a ideia é intensificar a fiscalização durante o Carnaval. “Nesse período estaremos percorrerendo várias cidades do estado para fazer essa ação. O SINDIMUPE fará plantões em sua sede na capital e sub sedes do interior. Para denúncias e reclamações, o músico poderá contatar a equipe de fiscalização do sindicato pelo fone: (81)