Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Agremiações se apresentaram no North Way

Dez agremiações estiveram no sábado (04) no Paulista North Way Shopping. O bloco lírico Flabelo Encantado para seu acerto de marcha encantaram os paulistenses. 






Municípios afetados pela febre amarela recebem R$ 40 milhões

O Ministério da Saúde está liberando R$ 40 milhões aos municípios mais afetados pela febre amarela no País. Desse total, R$ 13,8 milhões serão destinados aos 256 municípios de cinco estados, como incentivo à vacinação da população contra a doença.

Os municípios estão localizados nos estados de Minas Gerais (MG), Espírito Santo (ES), Rio de Janeiro (RJ), Bahia (BA) e São Paulo (SP), que abrangem uma população estimada de 8,6 milhões de pessoas.

O recurso foi definido a partir da estimativa da população a ser vacinada em cada município. O Ministério da Saúde também está adiantando outros R$ 26,3 milhões, que representa 40% dos recursos de vigilância em saúde. Os valores deverão ser aplicados em ações de prevenção na área de vigilância para a febre amarela. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (2), pelo ministro da saúde, Ricardo Barros, em Brasília.

Além disso, o Ministério irá ressarcir os investimentos em infraestrutura para atendimento emergencial. A pasta custeará o aumento da assistência à febre amarela, como abertura de novos leitos clínicos, intensivos e semi-intensivos e atendimentos e serviços laboratoriais. Serão três meses de custeio, podendo ser renovados. Esse repasse será aprovado de acordo com a produção apresentada pelos gestores locais. Em Minas Gerais, por exemplo, são 124 novos leitos e mais 30 em fase de implementação.

Vacinas

Desde o início deste ano, o Ministério da Saúde enviou um total de 8,2 milhões de doses extras para cinco estados: Minas Gerais (3,5 milhões), Espírito Santo (1,7 milhão), Bahia (900 mil), Rio de Janeiro (700 mil) e São Paulo (1,1 milhão). O quantitativo é um adicional às doses de rotina do Calendário Nacional de Vacinação, repassadas mensalmente aos estados, que totalizaram 650 mil no mês de janeiro.

Ações

O Ministério da Saúde também enviou, nesta semana, quatro equipes da Força Nacional do SUS para auxiliar no atendimento aos pacientes com suspeitas de febre amarela em Minas Gerais. Ao todo, são 10 profissionais que estão no estado – entre médicos, enfermeiros e assistentes – prestando assistência aos casos da doença, especialmente nos municípios de Novo Cruzeiro, Setubunha e Teófilo Otoni.

Campanha

O Ministério da Saúde prepara uma campanha para informar os públicos que devem se vacinar neste momento. Com o slogan: “Informação para todos, vacina para quem precisa”, a campanha será veiculada em TVs, rádios, mobiliário urbano, redes sociais e internet, além de sites especializados em turismo. O público-alvo serão os moradores das áreas com recomendação de vacinação.

Fonte: Ministério da Saúde

Oferendas para Iemanjá chamam atenção de turistas na Bahia

Conhecida como a Rainha das Águas e dos Mares, Iemanjá é a grande homenageada desta quinta-feira (02). Por todo o Brasil, o dia será dedicado àquela que também é conhecida como Mãe D’ água e que conta com uma forte devoção popular. Na Bahia, a festa é um importante evento religioso e desperta a curiosidade de muitos turistas.

Durante todo o dia, as praias da capital baiana e de outras regiões do país serão palco das muitas oferendas ao orixá mais conhecido das tradições da umbanda e candomblé. Um dos pontos de maior concentração das festividades em Salvador é a Praia do Rio Vermelho, onde está localizada a Casa de Iemanjá. No local, um grande balaio recebe as muitas oferendas - bijuterias, perfumes, flores, entre outras - que são levadas ao mar posteriormente.

Os pescadores locais também utilizam suas embarcações para transportar turistas e praticantes da Umbanda e Candomblé que desejam levar suas oferendas para alto mar. Durante todo o dia, elementos religiosos se misturam com desfiles de blocos de rua, como os Filhos de Gandhy, em uma grande festa.

A advogada Shamira Toledo viaja de Brasília para Salvador todos os anos para participar da celebração. “Venho todos os anos, primeiro pelo compromisso religioso de trazer a minha oferenda e agradecer as bênçãos e conquistas do ano, e também para fazer os novos pedidos. A festa é muito bonita, tem seu rito sagrado e, como tudo na Bahia, também segue sua parte profana. Recomendo a todos”.

Considerada a Grande Mãe, ela é a Senhora de todas as cabeças - o orí - e representa o feminino, traz na essência o zelo, o cuidado. Na região católica, Iemanjá é sincretizada com Nossa Senhora da Conceição. Em algumas partes do país, o sincretismo é feito com Nossa Senhora dos Navegantes ou Nossa Senhora da Assunção.

Festa para Iemanjá na Bahia. Crédito: Guto Martins

TURISMO RELIGIOSO - Todos os anos, o turismo religioso movimenta milhões de viajantes no Brasil. A cultura é um dos pilares para o desenvolvimento do turismo e o Brasil tem grande potencial de transformar as festas religiosas e populares em um produto turístico sustentável. Dos 880 eventos cadastrados no Calendário Nacional de Eventos em 2016, 149 eram relacionados a celebrações religiosas. De acordo com a Pasta, mais de 17,7 milhões de fiéis fizeram turismo religioso no Brasil em 2014.

Fonte: Ministério do Turismo / Agência de Notícias do Turismo

Jackson Barreto garante que Sergipe seja um dos primeiros estados a receber o Plano Nacional de Segurança

Agência Sergipe de Notícias

O governador do estado de Sergipe, Jackson Barreto, recebeu nesta sexta-feira, 03, o ministro de Estado da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, para o lançamento do Plano Nacional Integrado de Segurança Pública, que contemplará inicialmente as cidades de Aracaju, Natal e Porto Alegre, e para detalhar as ações desse acordo que contemplam Sergipe. Na ocasião, o governador anunciou a convocação de 20 novos Agentes de Polícia Judiciária, os quais atuarão nas Delegacias Regionais de Carmópolis, Lagarto, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Glória e Itabaiana.

Desde maio passado, o governador Jackson Barreto tem se esforçado para que a implantação desse plano seja aplicada em Sergipe o mais rápido possível. O governador e os secretários da SSP, João Batista, e da Sejuc, Cristiano Barreto, participaram de diversas reuniões com representantes do Ministério da Justiça com este objetivo. Como fruto desse emprenho, Aracaju foi uma das três cidades brasileiras a serem contempladas com essas medidas iniciais.

Em setembro de 2016, Jackson solicitou ao secretário executivo do Ministério da Justiça, José Levi Mello do Amaral Júnior, verbas para estruturar, ampliar e fortalecer o Centro de Combate à Homofobia, implementar ações de prevenção à violência para adolescentes, fortalecer unidades de inteligência por meio de aquisição de veículos, mobiliários, equipamentos de proteção individual, soluções tecnológicas, entre outras ações desenvolvidas no âmbito da segurança pública.

No mesmo mês, desta vez em reunião com o ministro Alexandre de Moraes, o governador solicitou a liberação de recursos pendentes, no valor de R$ 13,4 milhões, para a complementação de projetos relacionados ao Programa Brasil Mais Seguro e repasse de recursos relativos a Convênios entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Em outubro do ano passado, o secretário João Batista defendeu a utilização de policiais civis e militares, já formados pela Força Nacional de Segurança Pública, em operações integradas com o Governo Federal em seu estado de origem. Assim, os agentes seriam empregados em grandes operações coordenadas pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Cidadania (Senasp/MJC) para a redução das taxas de crimes violentos, como homicídios e roubos.

A proposta foi apresentada aos colegas secretários e ao ministro Alexandre de Moraes, durante a sexta edição do Fórum Nacional de Tecnologia e Inovação na Segurança Pública e a Reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública.

Em novembro de 2016, o governador recebeu o ministro Alexandre para inaugurar o Centro de Radiocomunicação Digital, que leva o serviço 190 para todos os municípios sergipanos. Na ocasião, o próprio ministro reconheceu o esforço de Jackson em prol da segurança. “Fiz questão de estar aqui porque o governador Jackson Barreto está comprometido com a segurança”, afirmou durante a solenidade.

Em janeiro deste ano, reunidos no salão negro do Ministério da Justiça, em Brasília, todos os secretários de segurança do Brasil se reuniram com o ministro para discutir os últimos casos que envolveram crises em alguns presídios do país, e a efetiva aplicação do Plano Nacional de Segurança Pública. Na ocasião, os sec