Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

UPAE Garanhuns realizou mais de 70 mil consultas médicas em 2016

A UPAE Garanhuns vem agradecer aos milhares de pacientes e seus familiares, que em 2016, confiaram na qualidade do seu serviço, podendo promover saúde e melhor qualidade de vida no Agreste Meridional. Seguindo a política do Estado de Pernambuco e do IMIP, de transparência nas ações, aproveita para divulgar os números, bastante expressivos, de atendimentos no ano que findou.

Foram realizadas 72.196 consultas médicas, nas 20 especialidades, que superam seis mil consultas por mês! A população ainda pode contar com 30.001 atendimentos divididos nas especialidades nutrição, fonoaudiologia, farmácia, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço social e enfermagem. Em cirurgias, os números também impressionam: somam um total de 6.174 procedimentos cirúrgicos, em oftalmologia, cirurgia geral, dermatologia, urologia, ginecologia e otorrinolaringologia. Para apoiar os médicos nos diagnósticos, o setor de exames complementares registrou um total de 152.804 exames em 2016, desde um simples exame de glicose, até um exame complexo, como é o caso de uma Endoscopia Digestiva.

"Tudo isto só foi possível porque a população já elegeu a UPAE como sendo o melhor serviço de saúde da Região, fazendo com que nos empenhemos cada vez mais para oferecermos qualidade e resolutividade", comenta o Coordenador Geral da Unidade, Gustavo Amorim.

Para atendimento na UPAE, os usuários do SUS devem procurar os postos de saúde mais próximos de suas residências.


Para saber mais:
UPAE Prof. Antônio Simão dos Santos Figueira
Rodovia BR 423 km 96,8 - Magano - Garanhuns - PE
Coordenação Geral: Dr. Gustavo Amorim
Fone: (87) 3764.9000

Prefeitura do Paulista e IFPE finalizam processo de construção de novo campus

Os preparativos para a construção do novo Campus do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) no Paulista já estão em fase de conclusão. As informações repassadas na tarde desta segunda-feira, (06.02), em reunião entre o prefeito Junior Matuto e a Reitora Anália Ribeiro, dão conta de que para finalizar o projeto executivo, está faltando apenas a parte de esgotamento que deverá ficar pronto em maio deste ano.

A instalação do novo campus IFPE/Paulista, será em um terreno localizado na Avenida Brasil, em Maranguape I, doado pela Prefeitura do Paulista ao Ministério da Educação. Junior Matuto adiantou na reunião que aconteceu na reitoria do Instituto, que está colocando todas as secretarias com interferência na instalação, à disposição, para agilizar ao máximo a construção deste campus. “Acredito muito na importância que um espaço destes tem para mudar a vida dos nossos jovens. Quando estiver funcionando em instalações mais adequadas, o Instituto vai trazer mais qualificação profissional, para preparar nossos jovens, que poderão disputar em pé de igualdade com todos que futuramente estiverem em busca de oportunidades nos novos empreendimentos que chegarão em breve em nossa cidade", informou Junior.

A Ordem de serviço para o inicio de fato da construção deve acontecer no começo de agosto. Atualmente a sede provisória do IFPE, campus Paulista, funciona na Avenida Dr. Rodolfo Aureliano, nº 2182, Vila Torres Galvão. As aulas para o ano letivo 2017 tiveram início nesta segunda-feira. Mais informações sobre os cursos oferecidos ou vagas de trabalho ou monitoria, basta acessar ifpe.edu.br/campus/paulista/

Deputado Ossesio destaca divulgação da Cartilha “Racismo é crime. Denuncie!”

Deputado Ossesio destaca divulgação da Cartilha “Racismo é crime. Denuncie!”


O deputado Ossesio Silva (PRB), coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Extermínio da Juventude Negra em Pernambuco, prestou homenagem, através de voto de aplauso,  pela divulgação da Cartilha “Racismo é crime. Denuncie!”, de iniciativa do Governo Federal. A publicação explica a diferença entre racismo e injúria racial, ensina a identificar práticas racistas, traz exemplos de comentários racistas velados e explica como reagir e quais providências tomar caso seja uma vítima. O requerimento 2649/2016, foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa do estado.

 

Ossesio ressaltou a importância da cartilha, e que ações como essa, servem  para elaborar planos de forma mais plural, para ouvir diversos segmentos. “Parabenizo essa