Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Prefeito e governador entregam chaves do Mercado de Paratibe, em seguida, com ministro das Cidades assinam convênio com Compesa para obras de saneamento

Nesta sexta-feira (17.02), o prefeito do Paulista, Junior Matuto, recebe o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o ministro das Cidades, Bruno Araújo. A agenda de trabalho será dividida em dois momentos. O primeiro acontece, às 14h30, no novo Mercado de Paratibe, onde serão entregues as chaves aos permissionários. O segundo será, às 15h30, em frente à sede do governo municipal, no Centro da cidade, para o anúncio de investimentos em obras de saneamento.

No novo Mercado de Paratibe, que fica na Avenida Lindolfo Collor, por trás da Praça da Liberdade, o prefeito e o governador realizam a entrega das chaves aos permissionários das quatro lojas âncoras e dos 147 boxes. O ato representa o início da adequação das lojas para o pleno funcionamento do centro comercial, que vai vender diversos tipos de produtos, entre eles, carne, pescados, grãos, entre outros. O empreendimento foi erguido graças à parceria entre a administração municipal e a Secretaria Estadual das Cidades com investimento de R$ 12 milhões.

Após a solenidade, o prefeito e o governador recebem o ministro das Cidades, Bruno Araújo, em frente à Prefeitura do Paulista, para uma cerimônia onde será anunciada a liberação de R$ 20 milhões para obras de saneamento em diversos bairros da cidade. O município do Paulista será beneficiado por um convênio celebrado entre o Ministério e a Compesa.

SERVIÇO:
O quê – Junior Matuto, Paulo Câmara e Bruno Araújo cumprem agenda em Paulista com entrega das chaves aos permissionários do novo Mercado de Paratibe e anúncio de investimentos em obras de saneamento;
Quando – Nesta sexta-feira (17.02);
Onde – Mercado de Paratibe (Avenida Lindolfo Collor, s/n, por trás da Praça da Liberdade) às 14h30;
Sede Prefeitura do Paulista (Avenida Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro) às 15h30.

Governo de PE e FIDA avançam em projeto de desenvolvimento rural

O governador Paulo Câmara, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, Hardy Vieira e Leonardo Bichara, oficiais de programa do FIDA no Brasil, assinaram nesta quinta-feira (16/02), o memorando da Missão do Desenho Detalhado do Projeto,  que culminará com a assinatura de um contrato de U$ 40 milhões a serem investidos no Agreste e zona da Mata. O acordo de cooperação financeira com o FIDA - Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, instituição ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), visa garantir o fortalecimento da agricultura familiar através do combate à pobreza rural e  a produção de alimentos.

A assinatura é resultado da missão de dez dias, com uma representação de 11 especialistas do FIDA, realizando visitas técnicas e de campo nos municípios. Assim como, do empenho do Governo de Pernambuco que, por meio da secretaria de Agricultura, vem cumprindo com todas as etapas e requisitos desde a assinatura do protocolo de intenções em novembro de 2015. "Estamos trabalhando para garantir a máxima celeridade em todas as etapas porque esse projeto vai potencializar o desenvolvimento rural", pontuou o secretário Nilton Mota.

O projeto vai beneficiar 35 mil famílias com ações de caráter organizacional das instituições rurais, de regularização fundiária, de assistência técnica, acesso a água, investimentos em diversificação produtiva e comercialização. Dentro do público alvo, mulheres, jovens, comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas) e famílias assentadas da reforma agrária terão prioridade. "Esse é o primeiro projeto do FIDA que atua em regiões que não integram o semiárido. Demonstramos o potencial produtivo da zona da Mata e reforçamos o empenho do governador Paulo Câmara em levar o desenvolvimento rural a todas as regiões do Estado", concluiu o secretário Nilton Mota.

IV Baile de Carnaval dos Idosos em Paulista mostra que folia não tem idade

Foto: Almir Martins

O frevo rolou solto e contagiou os participantes do IV Baile de Carnaval dos Idosos da cidade do Paulista, realizado nesta quinta-feira (16.02), no Clube Municipal do Nobre. Cerca de 800 pessoas que fazem parte do Programa Saúde em Movimento da Secretaria de Saúde e os que também são assistidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) dançaram bastante ao som de famosas marchinhas de carnaval. 

Além de muito confete, serpentina e fantasias coloridas, durante a festa também foi realizado um concurso para escolher o Rei e a Rainha do Baile. Dona Maria José (65) e Seu Valdemir dos santos Araújo (68) foram os escolhidos. “Estou tão emocionada que nem sei descrever. Só em participar dessa festa me sinto bastante realizada, e agora escolhida como rainha, minha alegria só aumentou”, disse dona Maria. 

Quem também compareceu ao evento e ficou encantada com a festa foi à promotora de Defesa do Idoso do Paulista, Cristiana Ramalho. “É muito gratificante está aqui nesse momento tão caloroso com essas pessoas. Nós, que trabalhamos com idosos e que muitas vezes encontramos eles em situações tão delicadas, ficamos emocionados em vê-los tão felizes e realizados numa festa como essa”, ressaltou. 

Animado ao som do frevo, o prefeito Junior Matuto não deixou de revelar sua emoção em estar presente no evento. “Não é simplesmente uma festa de carnaval. Estamos aqui mostrando o compromisso da nossa gestão em proporcionar a diversão e o lazer para as pessoas de toda e qualquer idade. Isso também é a prova que o Programa Saúde em Movimento está dando certo, não só como um ponto positivo no nosso governo, mas também transformando à vida dessas pessoas”, finalizou.

Municípios do Estado podem perder R$ 1 bilhão do FEM

Os municípios pernambucanos deixaram de receber cerca de R$ 1 bilhão do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), segundo levantamento realizado pela Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) sobre os repasses do programa.

Lançado em 2013 como carro-chefe do governo do PSB, o FEM deveria ter disponibilizado para as prefeituras do Estado um total de R$ 1,34 bilhão. No entanto, sob a gestão Paulo Câmara pouco se avançou e as edições de 2016 e 2017 sequer chegaram a ser lançadas. “Do FEM 2015, o último lançado pelo Governo, apenas 3,5% foram efetivamente repassados aos municípios pernambucanos, sendo pagos R$ 9,3 milhões de um total anunciado de R$ 263,2 milhões”, detalhou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição na Alepe.

Hoje, há um saldo em aberto no FEM de R$ 436,3 milhões, que somado às edições de 2016 e 2017 do programa (R$ 607,4 milhões) que deixaram de ser lançadas, eleva para R$ 1 bilhão o total de recursos que as administrações municipais deixaram de receber (Ver tabela abaixo).

        Resumo das edições do FEM                                                R$ 1,00

Edição
Valor Disponível
Valor Repassado
Em aberto
FEM 2013
228