Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

CULTURA E APRENDIZADO MARCAM DIA DO CONTADOR DE HISTÓRIA NO PAULISTA

Divulgação
Como é bom ouvir histórias legais e divertidas, né? Hoje, 20 de março, é comemorado o Dia do Contador de História, esse profissional tão importante para o desenvolvimento da criatividade. Pensando nisso, a prefeitura do Paulista preparou uma programação repleta de alegria e cultura para os alunos da Escola Municipal  Gêlda Amorim, em Paratibe. Contação de histórias, peças teatrais, mostra de artes, entre outras atividades, fizeram parte da abertura do evento.
A iniciativa, que tem o intuito de manter aceso o interesse dos alunos pelo hábito da leitura e poesia, proporcionou aos estudantes muita diversão e interação com os poetas paulistenses que estiveram presentes no local. “ O momento hoje é de tamanha importância para nós poetas e para esses jovens estudantes que atualmente vivem tão presos e acostumados com a tecnologia e esquecem de ler. Queremos mostrar que leitura é uma coisa maravilhosa e que precisa ser estimulada sempre”, disse Eriberto Custódio.
A aluna Milca Nery, nove anos de idade, deixou todo mundo de boca aberta com sua desenvoltura ao ler um texto. “ Tenho o sonho de ser escritora ou médica. Quando leio, me sinto um pouco envergonhada no começo, mas logo depois boto a voz pra fora e toda timidez passa. Estou bastante feliz em poder participar desse evento e conhecer de perto esses artistas que são tão importantes para a nossa cultura”, ressaltou.
De acordo com Edenilza de Souza, diretora da escola, a gestão vai reforçar o trabalho de incentivo à leitura nas instituições durante todo o ano. “ Vamos fortalecer nosso trabalho com esses jovens dando continuidade aos nossos projetos. Temos a literatura infantil, produção de gibis, poesias, literatura de cordel, sonetos, além do estudo à biografia dos poetas da Academia de Letras do Paulista. Hoje, além do Dia do Contador de Histórias, estamos comemorando o Dia da Poesia, que foi em 14 de março”, completou.
Participaram do evento os poetas Eriberto Custódio, Egdar Alves, Lucélia Gomes, Ângela Paiva, Pollyanna Carlos e Lindalva Vanderlei. A programação segue até a noite desta segunda-feira (20.03), com muita leitura, poesia, atividades culturais e a presença do artista Amaro Poeta. Atualmente a escola Gêlda Amorim é palco do Projeto Paratibe Rio de Palavras, em parceria com o governo federal, onde os alunos realizam produções artísticas e contam histórias da comunidade.

Paulista avança na gestão democrática e participativa com eleição dos novos conselheiros escolares

O processo de escolha dos novos conselheiros escolares movimentou sete unidades de ensino do Paulista nesta segunda-feira (20.03). A eleição dos cinco segmentos representativos (professor, estudante, pais, funcionário e comunidade, além do gestor e vice-gestor – membros natos) acontece a cada dois anos, consolidando a gestão democrática e participativa nas escolas da cidade. A votação ocorreu durante todo do dia. A participação coletiva demonstrou a importância do tema para quem acredita no valor da educação.
Quando eleito, o integrante do conselho assume o compromisso de ajudar a construir um ambiente educacional cada vez melhor para todos, propondo mudanças, mediando conflitos e criando alternativas para eventuais crises. O mandato é por um período de dois anos, seguindo até o ano de 2019.

“O conselho escolar é o grande instrumento de gestão democrática na rede, onde a participação coletiva nas decisões da escola verdadeiramente acontece. Isso é extremamente importante para as nossas unidades de ensino”, frisou a coordenadora da Gestão Democrática da Secretaria Municipal de Educação, Maria José Wanderley.
A eleição dos conselheiros ocorre por meio de votação direta ou aclamação – quando a escolha acontece por decisão unânime do grupo. Cada representante é eleito pelo próprio segmento que representa, ou seja, quem define quais alunos vão compor o conselho são os próprios estudantes. Isso acorre com todos os demais membros. A exceção fica por conta do gestor e vice da escola, que possui assento permanente.

A professora Sandra Lúcia Lima Silva, que atua como apoio na Escola Salvador Dimech, no Janga, votou logo cedo. Ela concorreu à reeleição.  “Já faço parte do conselho escolar desde 2015, quando fui eleita pelo segmento professor. Estou buscando a reeleição por entender que o conselho tem um importante papel na fiscalização do que se faz dentro da escola”, comentou a educadora.

Há dois meses na gestão da Escola Cônego Costa Carvalho, em Maranguape I, Flávia Vieira encontrou o conselho escolar da unidade praticamente desativado. “A escola só funciona em parceria com a comunidade. Por isso, se não houver unidade e se cada segmento não souber do seu papel ficará difícil mudar a realidade existente em algumas nas escolas. O conselho precisa funcionar bem, como ele foi concebido, para fiscalizar e deliberar, viabilizando essa tão falada democracia nas unidades de ensino”, frisou a diretora. O mesmo raciocínio foi usado pelas gestoras Cintya Albânia (Salvador Dimech) e Rosângela Gomes (Rosa Amélia). 

Atualmente, 45 unidades de ensino e seus anexos possuem conselho formado.  Os representantes se reúnem, pelo menos, uma vez por mês. Quando há necessidade, os encontros ocorrem em mais de uma oportunidade. A iniciativa faz parte das ações consideradas prioritárias pela Secretaria Municipal de Educação.


Foto: Jorge Macrino

Olinda receberá em maio comitiva com os 24 embaixadores europeus no Brasil

Uma comitiva com os 24 embaixadores europeus no Brasil virá para Olinda no mês de maio. Durante encontro com o prefeito de Olinda, Professor Lupércio, nesta segunda-feira (20), o embaixador da União Europeia no País, João Gomes Cravinho, afirmou que passar pela cidade Patrimônio da Humanidade faz parte da agenda obrigatória deles, que vão desembarcar no Recife dia 17 daquele mês.