Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Transporte escolar clandestino em Paulista está com os dias contados

Alteração da lei municipal aguarda aprovação da Câmara nos próximos dias, e, consequentemente, decreto municipal


   Vereador Fábio Barros destaca a importância da regulamentação dos condutores de transporte escolar no município.​ Foto: Divulgação/ Câmara.


A Câmara Municipal dos Vereadores do Paulista realizou na manhã da sexta-feira (31/03) audiência pública para coibir a atuação de motoristas irregulares no serviço do transporte escolar. Presidida pelo vereador Fábio Barros, atual presidente da Casa Torres Galvão, que defende esta bandeira desde sua campanha eleitoral, a audiência debateu várias propostas para a regulamentação da Lei 4312/2013. Trata-se de alterar a legislação, adequando e atualizando-a, com o objetivo de atender às demandas do setor do transporte escolar vigente no município. Uma comissão não deliberativa com os atores da sociedade civil, sob a coordenação do Sindicato do Transporte Escolar de Pernambuco (Sintepe), foi formada na manhã da sexta-feira (31/03) para acompanhar o passo a passo da deliberação e aprovação na Câmara nos próximos dias, proposta do vereador Fábio Barros.  

Segundo Barros, a questão do transporte escolar é metropolitano. “Esse tipo de política envolve outras cidades, e é caracterizado como um problema metropolitano, obviamente a legislação que cuida da regulamentação é municipal. Paulista tem a Lei 4312/2013, mas ela não foi regularizada. Nós estamos fazendo uma proposta de mudança, para que depois seja regularizada por Decreto Municipal”, adiantou. Segundo o vereador, até a aprovação, a comissão criada na manhã da última sexta-feira vai acompanhar todas as fases para que o transporte clandestino deixe de existir, e o regular realmente funcione na cidade. O vereador Alemão se solidarizou com os trabalhadores e afirmou defender a aprovação. “Estou feliz em contemplar esta classe tão lutadora e importante na nossa cidade”, disse.