Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Vigilância Sanitária do Paulista orienta sobre a compra do peixe

Prato principal durante a Semana Santa, o peixe não pode faltar na mesa das famílias brasileiras. Mas para garantir um alimento saudável e rico em nutrientes, os consumidores devem ficar atentos na hora da compra do pescado. A diretora de Vigilância Sanitária do Paulista Edileuza Maria de Jesus explica que há uma série de fatores a serem observados que garantem a qualidade do produto:

Repare na pele - O peixe bom tem a sua pele brilhante, ao contrário do ruim, que já tem sua superfície opaca e sem vida;
Foco nas escamas – Elas devem estar bem firmes no corpo do peixe. Se você puxar uma delas e soltar com facilidade, é um indício de que você deve buscar por outro animal;
Olhos brilhando – Assim como a pele, os olhos devem estar brilhando com cores vivas. Caso estejam cinza ou esbranquiçados, é mau sinal;
Brânquias vermelhas – Também conhecidas como guelras, essa parte localizada no fim da cabeça deve estar o mais avermelhada possível. Descarte os que estiverem com elas rosadas ou acinzentadas;
Aperte a barriga – Musculatura firme é uma característica de peixe fresco. Apertando a barriga, seu dedo pode até fazer uma marca, mas ela deve sumir em pouco tempo. Caso a pele não volte ao normal, também procure outro peixe;
Sinta o cheiro – Peixes têm cheiro forte, mas não igual em todos. Os bons cheiram à maresia.

Estudantes da UPE têm aula prática com produtos cartográficos da Condepe/Fidem

Foto: Assessoria de Imprensa Condepe/Fidem
Em visita às dependências da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, os alunos do terceiro período do curso de licenciatura em Geografia da Universidade de Pernambuco – UPE (Unidade Mata Norte) puderam conhecer as produções cartográficas da entidade.

Os estudantes estavam acompanhados pelo professor da disciplina Cartografia Temática e Sistemática da entidade educacional, Jorge Araújo. Eles assistiram a uma apresentação sobre o tema, que detalhava a atuação da Agência com relação à cartografia e, ainda, tiveram acesso aos mapas e outras cartas geográficas.

Os técnicos da Agência Condepe/Fidem Carlos Rique e Patrícia Caldas falaram sobre os trabalhos em andamento no setor de cartografia, entre eles o Arquivo Gráfico Municipal (AGM), que trata da territorialização trabalhando a questão dos limites municipais, e sobre a criação do Conselho Estadual de Cartografia (Comcar), que traz a parceria com diversas entidades, visando à modernização desta área.

Também foi apresentado um breve histórico da evolução das ortofotocartas desde a criação da antiga Fidem, em 1973. “É muito importante para os alunos saírem do cotidiano teórico e vivenciarem a prática: aprender a decifrar estas cartas geográficas desde os primórdios, já que a Geografia deve descrever, analisar e produzir os acontecimentos terrestres”, acentua Patrícia Caldas.

O professor Jorge Araújo comentou que a visita foi muito produtiva e que os alunos puderam esclarecer dúvidas em relação à cartografia, o que propicia a eles uma maior segurança na descrição dos dados. Ele relata que todo ano repete o mesmo feito ao levar uma turma para visitar a Agência Condepe/Fidem. “Desta forma os estudantes aprendem onde buscar informações já que o órgão produz informações e pesquisas fundamentais ao aprendizado”, afirmou.

Jorge Araújo explica que a educação cartográfica pode ser entendida como um processo de construção de estruturas e conhecimentos favorecedores da leitura e interpretação de mapas. Desta forma é importante a produção cartográfica no ensino da geografia. “Para exercer suas atividades, o geógrafo utiliza representações da superfície terrestre. A educação cartográfica pode ser entendida como um processo de construção de estruturas e conhecimentos favorecedores da leitura e interpretação de mapas. O professor de geografia, para que possa cumprir com êxito a sua função, terá que possuir habilidades e sensibilidade no despertar das percepções para o trabalho dos conceitos cartográficos”, disse.

A estudante Maiara Lima (18 anos) destacou que o aprendizado obtido durante a visita trouxe “para nós, estudantes,  uma riqueza de conhecimento, pois podemos analisar de perto uma grande quantidade de mapas antigos. A Agência Condepe/Fidem trabalha muito bem esta questão da territorialização”, registra a estudante.

Já Luclécio Lima (19 anos) ressaltou que a entidade mostra a cartografia presente no cotidiano das pessoas, retratando fatos corriqueiros, apontando o registro correto dos lugares, a exemplo de rios e outros pontos geográficos. “Desta forma, ao entender a vivência, podemos nos situar melhor no mundo e exercer melhor a nossa profissão, pois passamos a entender que as situações conflituosas, como enchentes, partem muitas vezes da falta de planejamento cartográfico”, finaliza.



Com inscrições abertas, corrida de rua coloca Paulista na rota das competições de atletismo

Estão abertas as inscrições para a primeira Paulista North Way Run – uma corrida de rua e caminhada que acontece dia 29 de abril (sábado), a partir das 16h, pelas principais vias do Centro do município. Para participar do evento esportivo, os atletas podem acessar o site www.corre10.com.br ou procurar o quiosque temático no shopping da cidade. A taxa é de R$ 60. Quem confirmar participação até este sábado (15.04) pode personalizar o nome atrás da camisa.

A expectativa da organização do evento é reunir mais de mil atletas de diversas cidades, principalmente da região Norte do Estado. O percurso de 5 km tem saída e chegada no shopping, na rodovia PE-15, área central da cidade. Antes da largada, o público vai poder “aquecer” com professores de dança. O esquenta começa às 15h.

A realização da primeira Paulista North Way Run coloca o município na rota das competições de atletismo, estimulando a prática esportiva e o cuidado com o bem estar. Para valorizar a participação do público, a coordenação do evento vai premiar quem ficar entre os três primeiros colocados de cada categoria (geral e pessoa com deficiência), onde serão entregues troféus e medalhas.

O evento é uma realização da Coordenação e Assessoria Esportiva VAE e do Shopping Paulista North Way. A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura do Paulista, do Governo do Estado e diversas empresas.