Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Federação Espírita Pernambucana lembra os 160 anos de “O Livro dos Espíritos”

Nesta terça-feira, dia 18 de abril, a Federação Espírita Pernambucana (FEP) promove sessão comemorativa dos 160 anos de lançamento de “O Livro dos Espíritos”. Neste dia, das 19h às 20h30, haverá palestra sobre “O Livro dos Espíritos – Luz para A Humanidade”, com mesa redonda formada por integrantes de grupos de estudos da FEP.
O momento musical será conduzido pelo Coro da Federação Espírita Pernambucana. A programação, gratuita, será no Auditório Lírio Ferreira, da FEP que fica na Avenida João de Barros, 1629, no bairro do Espinheiro. Também nesta terça, dia 18 de abril, comemora-se o Dia do Livro Espírita no Recife, conforme a Lei Municipal 17020/2004. A Câmara de Vereadores do Recife fará uma sessão solene para lembrar a data, às 10h.

Parecer do MPE pede cassação do prefeito Miguel Coelho por cometer irregularidades na campanha em 2016

Postado no Blog da Josélia|

Acusados de terem cometidos abuso de poder econômico e utilização indevida de veículos ou meios de comunicação social, nas eleições municipais de 2016, Miguel Coelho e Floralina Araújo Portela (Luska Portela) respectivamente Prefeito e Vice-Prefeito de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, podem ter a chapa cassada pelo Ministério Público Eleitoral de Pernambuco (MPE).
O MPE ao emitir o seu parecer nos autos da ação de investigação judicial eleitoral, ajuizada pelo deputado Odacy Amorim, em face da chapa Miguel/Luska reconheceu a existência de diversas irregularidades na eleição passada que causaram um flagrante desequilíbrio no pleito eleitoral. Dentre elas foram reafirmadas as ilegalidades na arrecadação de recursos pela chapa Miguel/Luska, bem como uma possível simulação no caso das inserções pela TV Grande Rio que favoreceu o candidato vencedor do pleito.
Desta forma o Ministério Público Eleitoral opinou pela cassação do mandato dos atuais prefeito e vice-prefeito de Petrolina.
O processo agora vai para o juiz eleitoral o Dr. Sidney que decidirá o futuro das eleições municipais de 2016, na Califórnia Sertaneja.
Blog Vinicius de Santana

Barragens do interior voltam a armazenar água após chuvas registradas na última semana

Divulgação Compesa
Três  barragens localizadas no Sertão e  uma  no Agreste voltaram a armazenar água graças às chuvas registradas nas regiões, na última semana. Em Custódia, no Sertão do Moxotó, a Barragem de Marrecas, que estava em colapso desde novembro de 2014, conseguiu acumular  hoje (17) 1,4 milhão de metros cúbicos de água, o que corresponde a  6,49 % da sua capacidade de armazenamento e vai permitir que a Compesa reative o sistema de abastecimento da cidade. No Sertão do Pajeú, a Barragem do Rosário, que secou em dezembro de 2015, começou a armazenar água do Rio da Volta, e a Barragem de Brotas, situada em Afogados da Ingazeira, e que estava inoperante há oito meses, acumulou 20% da sua capacidade total. As chuvas também levaram boas notícias para  uma cidade do Agreste. A Barragem de São Sebastião, que entrou em colapso em fevereiro deste ano, recuperou 20% da sua capacidade total, e até o final desta semana volta a abastecer a população de Panelas pela rede de distribuição. 

Com o  volume acumulado na Barragem de Marrecas, em Custódia, que tem a capacidade de  acumular  21,6 milhões de metros cúbicos, a Compesa pretende dentro de 20 dias, restabelecer o sistema e fornecer uma vazão de 22 litros de água por segundo para o abastecimento da cidade, que hoje é atendida apenas por três poços de Vila de Fátima, localidade  próxima a cidade de Afogados da Ingazeira. Com a colaboração de Marrecas, o abastecimento de Custódia vai contar com o volume total de 36 l/s, possibilitando a redução do rodízio atual, que é de cinco dias com água e 23 dias sem, para três dias com água e 16 dias sem. A água de  Marrecas também vai garantir a manutenção do novo calendário por 11 meses na cidade.

Já no Sertão do Pajeú, a Compesa dedica esforços para, dentro de dez dias, iniciar os testes para reativar a operação do Sistema Brotas, beneficiando as populações de Afogados da Ingazeira e Tabira - juntas, somam 69 mil pessoas (área urbana). Hoje, as duas cidades são atendidas pela Adutora do Pajeú que permite, em Afogados da Ingazeira, cumprir o calendário de dois dias com água e dez dias sem, enquanto que, em Tabira, o rodízio é de dois com água e até 20 dias sem. A Compesa realiza medições diárias do nivel da Barragem de Brotas, que apresenta agora 4 milhões de metros cúbicos, e cujo volume acumulado vem aumentando dia a dia. A companhia trabalha para retomar a operação do sistema, tratar a água de Brotas e melhorar o abastecimento de Afogados da Ingazeira e Tabira.

O Sistema do Rosário ainda depende de mais chuvas na região para voltar a operar e abastecer 14 mil pessoas nas cidades de Iguaracy, Tuparetama e Ingazeira. Até o momento, a chuvaque caiu na região não foi suficiente para completar o volume morto, mas o rio continua afluindo para o Rosário, o que aumenta as chances de recuperação do manancial. Desde que a Barragem do Rosário (32 milhões de metros cúbicos) secou, as três cidades passaram a ser atendidas pela Adutora do Pajeú, no regime de rodízio de dois dias com água e 10 dias sem o abastecimento.

Moradores de Arthur Lundgren I recebem orientações sobre o cancelamento da TV analógica

Foto: Divulgação
No Paulista, equipes do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), em Arthur Lundgren I, realizam ação a fim de orientar a população da comunidade sobre o cancelamento do sistema de televisão analógica e ensinam como solicitar os equipamentos que darão acesso ao sinal digital. O grupo também informa aos usuários sobre a gratuidade da antena e conversor digital, para inscritos em programas sociais, oferecidos pelo Governo Federal. Beneficiários do Minha Casa, Minha Vida; Bolsa Família; tarifa social Celpe e Compesa, que estiverem com o cadastro atualizado, podem receber, gratuitamente, os aparelhos para receber o sinal digital.

Profissionais do CRAS estão disponíveis, durante todo o horário de atendimento da unidade, para tirar as dúvidas da população. Cada casa poderá receber apenas uma antena digital e um conversor. Para se inscrever é preciso ter o número do NIS, CPF, RG, endereço e telefone. Os aparelhos chegarão pelos correios.

O desligamento do sinal analógico, na cidade do Paulista, está previsto para o dia 26 de julho de 2017, por determinação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Anatel. Por essa razão, o grupo está distribuindo informações de como fazer o agendamento online, através do www.sejadigital.com.br ou por telefone, pelo 147. Para a retirada dos equipamentos, que serão adaptados as TVS antigas, os usuários precisam fazer o agendamento do dia, hora e local. 

Prefeitura realiza intervenção no Canal do Cajueiro para evitar alagamentos em rua movimentada no Janga

Foto: Jorge Macrino
Os moradores da Rua Olinda, no bairro do Janga, acordaram nesta segunda-feira (17.04) com o barulho das máquinas trabalhando na localidade. Funcionários da Secretaria de Serviços Públicos estão usando uma PC para desobstruir o leito do Canal do Cajueiro – que corta a comunidade – e dar vazão a água que em tempo de chuva provoca alagamentos. A iniciativa também contempla a troca de manilhas. Ao todo, 20 delas de 60 cm serão implantadas no local.

Um dos moradores da localidade, o vendedor Edson Honorato, ficou feliz com o início da intervenção. “Já passamos por muita coisa aqui nessa comunidade. Para se ter uma ideia, bastava ficar nublado pra gente começar a ficar preocupado por conta do alagamento. Mas, graças a Deus, essa gestão tem pessoas comprometidas com o povo. Disseram que iriam fazer o serviço aqui, e hoje estão trabalhando. Estamos felizes por isso”, frisou o jovem de 36 anos.

O secretário executivo de Serviços Públicos do Paulista, Jaime Domingos, ressaltou que essa intervenção faz arte de uma ação maior que está sendo executada desde o mês de março. “Estamos seguindo com o cronograma da Operação Canal Limpo. Já beneficiamos diversos bairros da cidade. Aqui, na comunidade do Cajueiro, a situação é pouco diferente porque exige a troca de manilhas, mas será feito. Esse é o nosso compromisso”, frisou.