Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Nabuco oferece assessoria jurídica gratuita no Paulista

Pessoas que precisam de orientações para resolver questões judiciais podem procurar atendimento gratuito no Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da Faculdade Joaquim Nabuco, campus Paulista Centro. A assessoria é realizada há 6 anos por estudantes de Direito e advogados de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

A intenção do núcleo é agilizar os processos na Justiça e também proporcionar a prática jurídica aos estudantes. A comunidade local conta com orientações jurídicas nas diversas esferas do Direito, tratando principalmente do consumidor, de família e penal. No local, também funciona a Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem (CCMA) da 1ª Vara de Família do município.  Entre os serviços oferecidos à sociedade através da câmara estão: reconhecimento de dissolução de União Estável, ação de alimentos, partilha de bens e outras ações passíveis de conciliação.

Para o professor Pedro Augusto, coordenador do NPJ, os serviços ajudam a população que ainda desconhece boa parte dos seus direitos. Além disso, o núcleo rompe com os muros da academia, permitindo uma maior aproximação entre a teoria e vivência prática. “O atendimento ao público é tratado com grande importância em nossa instituição, tratamos a responsabilidade social como um dever de todos e buscamos repassar este pensamento aos nossos alunos, os quais aprendem este ideal humanista no atendimento ao público”, afirma.

Ainda de acordo com o coordenador do Núcleo, a intenção é de atender a população circunvizinha à faculdade e, ao mesmo tempo, aproximar os alunos de Direito aos casos que ocorrem na prática. “Além destes objetivos principais, a atuação do NPJ apóia o judiciário resolvendo uma maior quantidade de litígios em menor tempo, auxiliando o público que resolverá em menos tempo as suas pendências judiciais, prestando mais um serviço de grande importância à sociedade”, pontua.

Para o atendimento, a população deve levar um documento de identidade oficial com foto. O telefone para outras informações é o 2121-5999.

Serviço
Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ);
Local: Bloco B da Faculdade Joaquim Nabuco, campus Paulista Centro;
Endereço: Avenida Senador Salgado Filho, s/n, Centro do Paulista
Dias e horários de atendimento: De segunda à sexta-feira, das 9h às 18h.

Com atletas do Paulista, Recife Mariners disputa a final do 1º Campeonato PE de Futebol Americano neste sábado

| Foto: Jorge Macrino |

A final do 1º Campeonato Pernambucano de Futebol Americano acontece neste sábado (13.05), às 15h, na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata. A disputa vai contar com seis atletas da cidade do Paulista. Os jogadores do Recife Mariners duelam pelo título da primeira divisão contra o Recife Pirates, numa partida que promete fazer “tremer” o estádio da Copa do Mundo.

Até chegar à final, o Recife Mariners conquistou três vitórias, uma delas, inclusive, sobre o Recife Pirates por 17 x 0. O time – um dos mais antigos do País com 11 anos – também não levou nenhum ponto, ou seja, não sofreu nenhum touchdown.

Os ingressos para a partida já estão à venda com preço de R$ 20 de forma antecipada. Quem comprar no dia do jogo vai pagar R$ 40 na inteira e R$ 20 na meia-entrada, na bilheteria da Arena de Pernambuco. Os atletas estão colaborando com a venda. Informações podem ser obtidas pelo fone – 98862.9515.

TREINAMENTO – A preparação para a grande final está acontecendo a todo vapor. Os atletas do Recife Mariners estão treinando forte para conquistar o primeiro título do clube. Nesta terça-feira (09.05), às 22h, os jogadores praticam crossfit, numa academia na Madalena. Na quarta e quinta, a equipe faz treino tático, às 22h, na quadra poliesportiva do Clube Náutico Capibaribe, nos Aflitos.

Confira a relação de jogadores do Paulista escalados para a grande final:

Alexandro Felizardo – Line Backer;
Rennê Pirro – Line Backer;
Ray Vasconcelos – Line Backer;
André Hugo – Defensive End;
Júlio Acioly – Wide Receiver;
Túlio Lins – Defensive Tackler.

Estudantes do Paulista sensibilizam motoristas sobre prevenção de acidentes

Com o intuito de alertar os motoristas e pedestres sobre a importância de tomar medidas preventivas para evitar a ocorrência de acidentes, a Secretaria de Educação do Paulista vai realizar nesta sexta-feira (12.07) uma blitz educativa. 

A iniciativa, que reunirá alunos, pais e profissionais da educação, acontecerá às 10h, em frente à Prefeitura da cidade, na Avenida Floriano Peixoto. A ação vai contar com a exposição de faixas, cartazes, além da distribuição de folders e panfletos informativos.  

O evento faz parte das atividades comemorativas ao “Maio Amarelo”. A iniciativa busca atender às expectativas da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), que objetivam reduzir drasticamente o número de colisões de trânsito. 

SERVIÇO

O QUE: Blitz Educativa;
QUANDO: Sexta-feira (12.07), às 10h30;
ONDE: Na Avenida Floriano Peixoto, em frente à Prefeitura do Paulista.

UniFG realiza, nesta sexta, seminário sobre feminismo, gênero e violência

Nesta sexta-feira (12), a UniFG – integrante da rede internacional de universidades Laureate - realiza o primeiro Seminário de Atualidades sobre Feminismo, Gênero, Violência e Acesso à Justiça para as Mulheres. Aberto ao público e gratuito, o evento acontece no campus Piedade e vai oferecer debates e palestras sobre as principais pautas do Movimento Feminista em Pernambuco. Entre os assuntos estão os entraves que persistem na cultura da violência contra a mulher – inclusive no contexto da justiça, o acesso a ela, o enfrentamento e o reconhecimento dos direitos das mulheres.

A iniciativa tem apoio do Núcleo de Gênero Maria da Penha da UniFG, em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Políticas para Mulheres. A palestra de abertura será proferida pela secretária da Mulher de Pernambuco, Sílvia Cordeiro. Uma mesa de diálogo será formada por representantes de coletivos feministas do estado para debater os temas. São elas:



Regina Célia – filósofa, mestre em Ciência Política, professora de Direito da UniFG e doutoranda em Direito, Justiça e Cidadania na Universidade de Coimbra (Portugal), além de sócia-fundadora e diretora Executiva do Instituto Maria da Penha. Ela também vai apresentar resultados do programa Defensoras e Defensores dos Direitos à Cidadania, uma iniciativa conjunta entre o centro universitário UniFG, o Consulado dos EUA no Recife e Instituto Maria da Penha. O curso prepara estudantes, professores e pessoas da sociedade civil para serem multiplicadores na conscientização sobre direitos humanos na comunidade.

Ediclea Santos – integrante do Grupo Espaço Mulher, do bairro de Passarinho, comunidade da Zona Norte do Recife. Entre outros temas, vai falar sobre o Ocupe Passarinho, que trata da falta de políticas públicas dentro da localidade;

Elaine Gomes Uma - brincante das Culturas Populares e especialista em Gestão e Produção Cultural. É gestora na Casa Coletivo;

Elaine Maria Dias - especialista em Promoção de Políticas de Igualdade Racial no ambiente escolar, pedagoga de formação em gênero na Secretaria da Mulher Estadual e integrante da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco;

Geize Cavalcanti - mulher de terreiro, militante do Movimento Negro, integrante do coletivo Negras e Negros em Atividade na Comunidade, Multiplicadora do Obirin Ilá Dudu (a fala da mulher negra) do Uiala Mukaji - Sociedade das mulheres negras.

Irani Brito - Coordenação do Coletivo de Mulheres-Casa Lilás, organização criada por ela e outras companheiras da militância feminista. Integra o Fórum de Mulheres de Pernambuco e da AMB, tendo como luta o enfrentamento à violência contra a mulher.

Rebeca Oliveira Duarte - professora de Educação das Relações Étnico-Raciais da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e integrante da Rede de Mulheres Negras de Pernambuco.

Juliana Paranhos - secretária da Mulher de Jaboatão dos Guararapes;


#Serviço:
O quê: I Seminário de Atualidades sobre Feminismo, Gênero, Violência e Acesso à Justiça para as Mulheres
Quando: Sexta-feira, 12 de maio
Horário: das 9hs às 13h
Onde: Rua Comendador José Didier, 27, Piedade.
Quanto: gratuito.

Lançamento do Novo Mais Educação 2017 reúne educadores no auditório do Senac

Foto: Imprensa Paulista

Coordenadores, mediadores e facilitadores do município de Paulista se reuniram na manhã desta quinta-feira (11), no auditório do Senac, em Jardim Paulista, para o lançamento do Programa Novo Mais Educação 2017. Na ocasião, os representantes da secretaria de Educação deram orientações para o novo funcionamento do programa dentro do município, com foco na importância do registro dos alunos no diário de classe e a ampliação na carga horária.

O Novo Mais Educação, programa em parceria com o Governo Federal, tem como principal objetivo ampliar a jornada escolar, especialmente das crianças que apresentam maiores dificuldades em linguagens e matemática. Diferente das versões anteriores, a nova roupagem do programa conta com uma carga horária ampliada. Os estudantes terão mais quatro horas semanais de português e matemática e outras sete horas de atividades complementares, que abrangem cultura, lazer e esportes. Os alunos serão selecionados a partir do desempenho no cotidiano e o funcionamento destas atividades acontecerá no contra turno.

Na prática, os alunos terão mais tempo na escola, consequentemente, um melhor e mais direcionado acompanhamento na aprendizagem. As atividades complementares envolvem oficinas de práticas esportivas, atividades recreativas e desenvolvimento de linguagem artística, além de um maior suporte nas áreas de português e matemática.

Segundo o professor Emanuel Solto, secretário Executivo de Desenvolvimento Educacional do município, o programa vai atender 35 escolas do município e atingir, de forma direta, 4.491 alunos, envolvendo 210 mediadores e facilitadores. “Na prática, as crianças que não tem um atendimento mais direcionado, durante o tempo regular, passarão a ter um tempo a mais na escola, com professores focando o olhar nas suas limitações de aprendizagem, fazendo com que o tempo na escola se torne mais atrativo e interessante”.

L