Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Folha de São Paulo: Moradores do interior de PE disputam comida estragada por lama após chuva


Matéria completa em: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/05/1888632-moradores-disputam-comida-estragada-por-lama-apos-chuvas-em-pe.shtml

Balanço Maio Amarelo 2017

A Secretaria das Cidades – Secid, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, promoveu durante todo o mês de maio, ações do movimento Maio Amarelo no Recife, Região Metropolitana do Recife – RMR, e Interior do Estado, com slogan “Minha Escolha faz a Diferença no Trânsito”, objetivando chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes e vítimas no trânsito, discutindo exaustivamente a segurança e o respeito no trânsito.

Nesta quarta-feira, 31, o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, irá apresentar, no auditório do Órgão, o balanço do Movimento que aconteceu de 1º a 31 de Maio, por meio de ações planejadas pela Coordenação de Educação de Trânsito.  Nesse período, mais de 50 parceiros foram envolvidos em todo o estado, além do Arquipélago de Fernando de Noronha.  

Segundo Ribeiro, foram mobilizados em prol da educação e da conscientização no trânsito empresas públicas e privadas; principais setores que compõem a estrutura de trânsito e transportes do Estado, as Secretarias das Cidades, Saúde e Educação, associações que representam as concessionárias de rodovias, montadoras de veículos e de motocicletas, Rotary Clube, Federação de Seguros, entidades credenciadas para educação de trânsito, instituições de ensino fundamental, médio e superior, além das entidades técnicas especializadas em trânsito e segurança.

Acompanhado de muitos desses parceiros, o DETRAN-PE irá apresentar nesse balanço os resultados alcançados com as diversas ações educativas, que em 2017, tiveram uma ampliação considerável em relação ao público alcançado.

SERVIÇOS:

Balanço do Maio Amarelo 2017
Local: Auditório do DETRAN-PE – Iputinga
Horário: 10h

App é lançado em Pernambuco para auxiliar os alunos das autoescolas

Nessa quarta-feira, 31, será apresentado pelo Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Pernambuco – SINDCFC-PE, o aplicativo Super Prático, voltado aos alunos em formação nos CFCs do Estado. Em parceira com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE serão convidados todos os instrutores e autoescolas para conhecerem o aplicativo, por meio de um treinamento realizado pelo SINDCFC-PE.

Através do App que já está disponível para download no App Store e Google Play, os alunos terão recursos para auxiliá-los nas categorias A e B, onde é possível acessar o simulador de exame teórico com 8.000 questões de vários estados, simulador de direção e monitoramento eletrônico das aulas práticas.

Além disso, em Pernambuco, onde desde o ano passado foi criado pelo DETRAN-PE o sistema de telemétrica das aulas práticas com o monitoramento dos veículos de aprendizagem, incluindo a quilometragem inicial e final, horário, localização, velocidade, percurso e conhecimento sobre normas e circulação do trânsito, será possível que o aluno acesse um relatório da aula com essas informações no App.

De acordo com o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, essa é mais uma revolução tecnológica que chega para auxiliar os futuros motoristas. “O SINDCFC-PE é um importante parceiro do DETRAN-PE e com essa ferramenta lançada por eles, sem dúvida, irão também contribuir com a formação de melhores condutores e consequentemente um trânsito mais seguro para todos”, defendeu.
SERVIÇO:
Treinamento e lançamento do APP Super Prático
Quando: Quarta-feira, 31 e quinta-feira, 1
Onde: Auditórios Recife – Rua Paissandu, 567, loja 2, Recife-PE
Horário: Manhã 8h e tarde 14h

GESTANTES: Relator da Reforma Trabalhista acata argumentos de Fernando Bezerra sobre insalubridade relacionada a grávidas e lactantes

Brasília, 30/05/17 – Relator do projeto de lei (PLC) 38/2017, que propõe a Reforma Trabalhista, o senador Ricardo Ferraço (PSDB-PE) confirmou hoje (30) que acatou os argumentos da emenda apresentada por Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) à matéria. A emenda do líder do PSB no Senado protege as gestantes e lactantes ao defender o afastamento delas de qualquer atividade, operação ou serviço insalubre, independentemente do grau de insalubridade.

Conforme explicou Ferraço, as argumentações de Fernando Bezerra foram acolhidas no relatório favorável ao PLC 38/2017 e serão encaminhadas como recomendação de veto presidencial após a aprovação da matéria no Senado. O objetivo do relator é não alterar o texto do projeto, oriundo da Câmara dos Deputados, de forma a se evitar que o PLC tenha que retornar à votação naquela Casa.

“A minha posição, como relator, é proibir que a mulher gestante ou lactante trabalhe em local insalubre, preservando a vida dela e de quem ela carrega no ventre”, afirmou Ricardo Ferraço. “Por isso, resolvi incorporar os argumentos do senador Fernando Bezerra Coelho ao meu relatório por entender a procedência e a legitimidade da emenda dele”, acrescentou.

Nesta terça-feira, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado reuniu-se para discutir o relatório de Ferraço. Na CAE, a votação do relatório está marcada para a próxima terça-feira (6). Depois, a matéria deverá seguir para análise e votação das comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Constituição e Justiça (CCJ) e, por fim, do Plenário do Senado.

Depois de aprovado pela Casa, o projeto seguirá à sanção presidencial. “Momento em que questões como esta (insalubridade relacionada a gestantes e lactantes) serão vetadas pelo presidente Michel Temer e aprimoradas, da forma com defende o senador Fernando Bezerra, por meio da edição de medida provisória”, assegurou Ricardo Ferraço.

A EMENDA – De acordo com o texto (original) do projeto de Reforma Trabalhista aprovado pela Câmara dos Deputados, em caso de insalubridade de grau leve ou médio, será necessário atestado médico que recomende o afastamento durante a gestação ou amamentação. A emenda do senador Fernando Bezerra Coelho – apoiada (subscrita) pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS) – altera o artigo 1º do PLC 38/2017 para determinar que a empregada gestante ou lactante ou deverá exercer a atividade em local salubre ou, na impossibilidade da empresa em oferecer tal ambiente adequado à trabalhadora, ela receberá o salário-maternidade, garantido em casos de gravidez de risco (de acordo com a Lei 8.213/1991).

A emenda determina,  ainda, que no caso de trabalhadora contratada como “pessoa jurídica” (prestadora de serviços), a empresa deverá pagar o Adicional de Insalubridade à gestante ou lactante, com as devidas compensações legais sobre as contribuições incidentes sobre a folha de pagamento de salários.

AVANÇOS – Durante as discussões de hoje na CAE, o líder do PSB e vice-líder do governo no Senado reforçou que o projeto de modernização das leis do trabalho é necessário ao pa