Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Forrozinho da Mansão do Amor é a pedida das quintas no Recife Antigo

Durante o mês junho o forró é o ritmo que vai embalar a Mansão do Amor. A pedidos do público, todas as quintas do mês, a casa promove o Forrozinho da Mansão com uma banda de forró convidada. Nesta quinta (08), a partir das 20h, quem coloca todo mundo pra arrastar o pé no salão é a banda Xote Marley.

O trio é conhecido por fazer releituras de hits de artistas como Michael Jackson, Bee Gees, Nirvana e Bob Marley, tudo em ritmo de forró.

Um DJ surpresa, que na ocasião irá discotecar grandes clássicos do forró das antigas, completa a noite. Entrada free.



Forrozinho da Mansão do Amor 

Próxima quinta-feira (08), a partir das 20h, na Mansão do Amor – Rua Madre de Deus, 268.
Entrada Free.

Adutora do Alto Capibaribe é apresentada em audiência pública em Santa Cruz do Capibaribe

 O presidente da Compesa, Roberto Tavares, participou hoje (26) de uma audiência pública no município de Santa Cruz do Capibaribe para apresentar e esclarecer dúvidas sobre a Adutora do Alto Capibaribe, obra que foi autorizada ontem (25) pelo governador Paulo Câmara. O empreendimento irá beneficiar mais de 230 mil pessoas nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Taquaritinga do Norte e Frei Miguelinho. O evento, que ocorreu na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, contou com a participação do prefeito da cidade, Edson Vieira, do deputado estadual Diogo Moraes, além de vários prefeitos dos municípios beneficiados, ex-prefeitos, vereadores e lideranças da região.

                      
 Na ocasião, o presidente da estatal ressaltou a importância da obra para o Polo de Confecções do Agreste, que irá garantir mais água para as oito cidades, além de gerar desenvolvimento, emprego e renda para a população da região. "Essa obra é uma parceria entre o Governo Federal e o Governo do Estado, mas se houver algum problema com relação a liberação de recursos de Brasília, o governador Paulo Câmara já garantiu que bancará o compromisso já assumido com o povo do Agreste, a região que mais sofre com a escassez de água em Pernambuco", informou Roberto Tavares.
       

            O empreendimento receberá investimentos da ordem de R$ 70 milhões. A adutora terá 51 quilômetros de extensão e vai captar água na Paraíba, a partir da Transposição do Rio São Francisco, entre a cidade de Barra de São Miguel e o Açude Boqueirão, com uma vazão 350 litros por segundo. “Consideramos excelente o evento de hoje, com o auditório lotado, participativo, numa demonstração do grande interesse da população sobre a adutora, que irá regularizar o abastecimento de água nesses municípios. Fomos sabatinados e esclarecemos todos os passos que iremos percorrer até a conclusão da obra, prevista para o final deste ano ou início de 2018", explicou o presidente da Compesa.


Asma grave é causa de internações no período de chuvas

Quem sofre de asma precisa ficar ainda mais ligado no período de chuvas! A doença requer mais atenção nessa época do ano, em que há aumento dos casos de resfriados e outras infecções virais que agridem o sistema respiratório. De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a asma atinge cerca de 20% da população brasileira, causa 300 mil internações e dois mil óbitos todos os anos. Embora a asma não tenha cura, o tratamento adequado pode controlar os sintomas e diminuir as crises.

No Esperança Olinda - Rede D’Or São Luiz, onde há um serviço hospitalar voltado ao público infantil, houve, por exemplo, nos últimos 3 meses 108 crianças internadas por asma, sendo 45 dessas em UTI, por crises de asma moderadas ou graves. Na emergência pediátrica houve um aumento médio dos atendimentos nesse período de cerca de 65% se comparados aos 2 primeiros meses do ano. Número 23,6% acima do previsto para o período do ano. “O que motivou reforço médico e empenho de toda equipe para tentar absorver tal demanda, com qualidade.”, informou o médico Igor Colaço, chefe da emergência pediátrica deste hospital.

Neste período, há maior incidência das doenças respiratórias da infância, como asma, bronquiolite e pneumonia, havendo, de forma sazonal, uma procura muito grande às emergências pediátricas. Aumentam também os índices de internamentos hospitalares e nas UTI's pediátricas. Muitos serviços pediátricos, públicos e privados ficam com ocupação máxima e ocorrem mais frequentemente casos graves e quase fatais da asma em crise. “A asma é uma doença inflamatória crônica que resulta da interação entre predisposição genética e exposição ambiental a infecções das vias aéreas, alérgenos ou irritantes. Trata-se de uma doença obstrutiva da vias aéreas inferiores, com episódios agudos de sibilância e cansaço, associados a tosse, aperto no peito e desconforto respiratório.”, afirma o médico. É a mais comum doença da infância, com prevalência entre 11% e 13% no mundo. No Brasil, segundo o projeto Isaac, estudo multicêntrico que envolve 56 países, pode chegar a 25%.

Há sinais e sintomas que podem apontar o quadro de asma grave, tais como acordar com frequência à noite em decorrência dos sintomas da asma; ter que faltar as atividades escolares por conta da asma; apresentar muitas limitações para participar de atividades físicas; ter que ir de forma emergencial ao hospital; ser internado por conta da asma; e ter sua qualidade de vida prejudicada. Além das infecções virais em menores de 2 anos e os aero-alérgenos nos maiores de 2 anos são os principais estímulos causadores de hiper-reatividade brônquica. Os fatores desencadeantes são múltiplos e os ataques podem durar dias e podem se tornar perigosos se o fluxo de ar estiver muito restrito. “Então, prevenção e controle são as chaves para impedir que os ataques de asma grave comecem.”, finaliza o médico.

*imagem tirada da internet

Nova Unidade da Criança

A Unidade da Criança do Hospital Esperança Olinda – Rede D’Or São Luiz - está quase pronta. O novo prédio faz parte do plano de ampliação e foi construído para a abrigar todo setor a pediátrico do complexo. O escritório de arquitetura Fernando Alencar foi o responsável por todo o projeto interno da unidade. Na construção funciona a uti pediátrica, consultórios, emergência infantil e internação. O  projeto teve como objetivo trazer alegria e conforto, deixando o espaço mais acolhedor e que contribuísse na melhora emocional das crianças e familiares. O diretor do hospital, Dr. Gutemberg Guerra, prevê o término total das obras ainda neste semestre.


*Crédito das fotos: Vilanova Fotografia 

Domingo tem forró no Shopping Boa Vista