Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Oração a Santo Antônio



PAULISTA: Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres celebrará a Solenidade de Corpus Christi


A Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres celebrará a Solenidade de Corpus Christi, 15 de junho, com Missas, adoração e recitação do Terço. A programação será aberta com a celebração da Santa Missa às 7h. Durante todo o dia, haverá programação na Igreja Matriz de Santa Isabel, no centro do Paulista.

Comunidades, grupos, pastorais, movimentos e serviços terão horários específicos para a Adoração ao Santíssimo. Em cada momento, os participantes rezarão por uma intenção.
A recitação do Terço será às 18h e será em reparação aos danos causados à Santíssima Eucaristia. 

Logo após, às 19h30, o pároco Padre Adriano Chagas presidirá Missa Solene. Finalizando o dia de Corpus Christi, os fiéis participarão de procissão com o Santíssimo Sacramento pelo entorno da igreja.

PROGRAMAÇÃO
7h – Santa Missa.
08h às 18h – Adoração ao Santíssimo Sacramento e principais intenções de cada horário:
10h às 11h: Pelas Intenções do Santo Padre.
Comunidades: Paulista Centro e Nobre.
Grupos: Apostolado da Oração, MEJ.
11h às 12h: Pela Paz
Comunidades: Maranguape 2 e Riacho de Prata
Grupos: LOC., Ordem Terceira, Terço da Libertação, Terço Meditado, Hora da Graça.
12h às 13h: Pelos trabalhadores
Grupo: Sinal da Cruz
13h às 14h: Pelos Sofredores
Comunidade: Alameda.
Grupos: Mãe Rainha, Terço dos Homens, Filhas de Maria, Cenáculo de Maria.
14h às 15h: Pelos Doentes
Comunidade: Jardim Maranguape.
Grupos: Catequese (Batismo, Primeira comunhão, Crisma), Perseverança, Pastoral da Criança, Pastoral da Saúde.
15h às 16h: Pelas Crianças e Jovens.
Comunidades: Jaguaribe e Jaguarana.
Grupos: R.C.C., Pastoral da Juventude, Pastoral do Dízimo, Vicentinos.
16h às 17h: Pelas famílias
Comunidade: Maranguape 1
Grupos: Pastoral Familiar, Pastoral dos Noivos, Equipes de Nossa Senhora, ECC.
17h às 18h: Pela Santa Igreja e pelas vocações
Comunidade: Engenho Maranguape.
Grupos: Liturgia Paroquial (Ministros da Eucaristia, Leitores, Salmistas, Acólitos e Ministérios de Música) e Pascom.
18h – Oração do Santo Terço em reparação aos danos causados à Santíssima Eucaristia.
19h30 – Santa Missa e Procissão com o Santíssimo Sacramento.

Texto, arte e foto: Pascom Paulista

Secretaria de Meio Ambiente lança sistema eletrônico de licenciamento ambiental


A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente do Paulista lança nesta sexta feira 09/06, o sistema eletrônico de licenciamento ambiental, o SILAM - Paulista. O sistema permitirá que os empreendedores do Município possam fazer a distância o licenciamento ambiental de forma simples e desburocratizada.

O usuário poderá inserir a maior parte dos documentos e informações no sistema e acompanhar o andamento do processo, sendo alertado sobre pendências e necessidade de ajustes em tempo real.

Para o Secretário Executivo de Meio Ambiente, Leslie Tavares, “o objetivo dessa ferramenta eletrônica é proporcionar maior celeridade e transparência nos processos administrativos, que agora vão ser realizados nos computadores, tablets e smatphones dos usuários. Além de qualquer cidadão poder acompanhar os processos que são públicos, os detalhes do licenciamento poderão ser vistos de perto pelos órgãos de controle, como a própria Controladoria do Município e o Ministério Público”. Inicialmente o setor imobiliário será o primeiro a se beneficiar do sistema, que terá um período de 30 dias para ser apresentado e experimentado pelos usuários do município, ficando logo após disponível no site da Prefeitura do Paulista.

“Consideramos bastante a padronização de procedimentos a fim de que o usuário não fique a todo momento apresentando documentos diferentes, bastando atender os roteiros.” Hoje, o tempo médio de emissão das licenças é inferior a 34 dias, quando atendidas todas as exigências, mas com a implantação do sistema este tempo deve ser ainda mais reduzido, já que não será necessário o deslocamento dos empreendedores para tirar dúvidas ou apresentar documentos. O SILAM é resultado de compensação ambiental estabelecida pela Secretaria.

Instituições garantem bom funcionamento da democracia, diz Temer

O presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta sexta-feira (9) que as instituições brasileiras têm garantido o bom funcionamento da democracia no País. A declaração, por meio do porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, ocorreu após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitar a ação de cassação da chapa vencedora das eleições de 2014.

Na mensagem lida pelo porta-voz, Temer ressaltou o “amplo debate” ocorrido durante o julgamento. Na visão do presidente, prevaleceu “a justiça, de forma plena e absoluta”. “O Presidente da República recebeu a decisão do [...] como um sinal de que as instituições nacionais continuam a garantir o bom funcionamento da democracia brasileira”, disse.

“O Judiciário se manifestou de modo independente. Cada um de nós acatará com sobriedade, humildade e respeito à decisão do TSE”, afirmou.

De acordo com o presidente, o governo seguirá em parceria com o Congresso Nacional, “honrando seu compromisso de trabalhar para que o Brasil retorne ao caminho do desenvolvimento e do crescimento, com mais oportunidades para todos”.

Paulo Câmara pede para manter ritmo de trabalho

Governador reuniu equipe para fazer balanço sobre as ações de atendimento do Governo aos municípios mais prejudicados pelas fortes chuvas do mês passado 
Apesar dos relatos da volta à normalidade, feitos pelos chefes dos escritórios nos municípios do Estado atingidos pelas chuvas do final do mês de maio, o governador Paulo Câmara pediu para manter o ritmo de trabalho e compromisso das últimas três semanas. "Vamos manter esse ritmo, essa força. Trabalhar mais. Precisamos dar respostas e esperança ao povo. A gente tem de estar junto. Fazer o que tem de ser feito. Governo é isso. A população conta conosco para superar o que aconteceu".
O governador Paulo Câmara se reuniu, na manhã deste sábado (10.06), com secretários de Estado e dirigentes de órgãos que estão atuando nos municípios em estado de emergência para fazer um balanço do trabalho da Operação Prontidão. Durante os últimos 15 dias, as ações do Governo foram focadas em salvar vidas, restabelecer os serviços, realizar ajuda humanitária e limpar as cidades. "Nesta terceira semana, vamos entrar na fase da avaliar, planejar e orçar. É hora de pedir recursos para a nova construção do que foi destruído, solicitar ajuda em Brasília à bancada federal para que façam emendas destinadas às ações. Estamos fazendo um plano para resolver os danos causados pelas chuvas", avaliou o coordenador do Gabinete de Crise Central, secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni.
Stefanni também ressaltou que um dos focos das ações, neste momento, será evitar os deslizamentos de barreiras nos municípios em estado de emergência. "Temos que colocar a maior quantidade de lonas possível para evitar desabamentos, pois o inverno só começou. Uma vez que a água baixou, é isso que se tem que fazer", considerou o secretário, reforçando que o Governo de Pernambuco continuará a realizar a ajuda humanitária.
Entre as medidas que já foram anunciadas pelo Governo de Pernambuco para enfrentar as fortes chuvas e amenizar os danos causados à população estão a postergação da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) para os comerciantes das áreas atingidas; o cancelamento da cobrança da conta de água para os locais abastecidos pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa); e a antecipação do pagamento do Programa Chapéu de Palha para as modalidades de pesca e cana-de-açúcar.
BALANÇO - Até o momento, o Gabinete de Crise Central registrou um total de 2.153 pessoas desabrigadas e de 35.764 desalojadas. Ao todo, já foram distribuídos 150.400 metros quadrados (m²) de lonas; 8.895 kits dormitórios; 7.645 colchões; 172,6 toneladas de alimentos; 198.425 litros de água; 7.849 kits de limpeza; 2.450 kits de higiene; e 98,7 toneladas de roupas.
A Coca-Cola doou 25 mil litros de água; a Celpe 500 geladeiras; a Brasil Kirin 20.592 litros de água; a Tupan 200 botas galocha, a Sobral Calçados mais de 100 pares; a Vitarella 13 toneladas de biscoito e 1 tonelada de macarrão; a ASA 20 fardos fraldas e 20 caixas de absorventes; a Baby Roger 320 pacotes de fraldas; a SELMI 23 toneladas de alimentos (macarrão e bolacha); a Brilux 10 caixas de detergente e 70 de água sanitária; a Even 10 caixa de creme dental e 20 de sabonete; a FEDEX  disponibilizou caminhões; a TUTANAT 200 cosméticos de higiene pessoal; a Flamin corte de lençóis e roupas infanto-juvenil; e a Studio Zero 450 peças de roupas.
EM AÇÃO - O secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, destacou que, embora as atenções do Governo de Pernambuco estejam voltadas para a Mata Sul e para o Agreste do Estado após as fortes chuvas, as ações para as outras regiões não pararam. "Estamos dando a atenção que a Mata Sul e o Agreste merecem, mas não estamos esquecendo do restante do Estado. A Adutora do Moxotó vai chegar em Arcoverde; em Surubim, a adutora do Sirigi já começou os testes. Na segurança, o governador sancionou a lei do BOPE na última semana e, ontem, inaugurou o maior complexo eólico do Brasil, ou seja, nós não paramos. Pernambuco continua em ação", pontuou.

Fotos: Roberto Pereira/SEI

Final de semana animado com bastante forró e música erudita



Com realização do Conservatório Pernambucano de Música, São João Sinfônico e projeto Música no Palácio levaram ritmos nordestinos ao público
A noite do último sábado (10) foi de muito forró para aqueles que estiveram no Teatro Santa Isabel para apreciar o espetáculo São João Sinfônico do Conservatório Pernambucano de Música (CPM). Quem deu o ritmo foi a Orquestra de Câmara de Pernambuco, regida pelo maestro José Renato Accioly, e o acordeonista Beto Hortis como solista, além de Silvério Pessoa, o Grupo SaGrama e os dançarinos Josy e Tico Caxiado como convidados. Quem foi pode apreciar ritmos nordestinos com um toque de música erudita.
Rose Hazin, gerente geral do CPM, conta que a intenção do Conservatório é aproximar o público da cultura erudita, introduzindo instrumentos desta cultura aos ritmos populares. “O gênero erudito, instrumental, popular ou vocal não importa quando todas as culturas são reunidas. As músicas apreciadas aqui não são para dançar, são músicas para degustação da melodia por trás de sucessos que a gente já canta há anos”, comenta.
Jane Maciel, de 70 anos, mora no bairro dos Aflitos e veio conferir pela primeira vez uma apresentação do Conservatório. “Estou encantada com o que estou ouvindo, é magnífico. Casou muito bem, nos traz certa nostalgia e mexe com os nossos sentimentos”, confessa.
Música no Palácio – Na manhã do último domingo (11), o Coro Infantil do CPM e Aglaia Costa se apresentaram no Projeto Música no Palácio, que acontece na sede do Governo do Estado, o Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife. O Coro Infantil é formado por alunos do Curso de Iniciação Musical do CPM, com idades variando entre oito e treze anos, e levou o espetáculo Arrasta-pé para o Palácio, homenageando o xote, baião, xaxado e forró. Foi sucesso de público. 

Governo de Pernambuco lança medida de incentivo à construção de moradias populares

Em um esforço conjunto de seis órgãos estaduais e a Celpe, a CAPHAB vai desburocratizar e agilizar análises técnicas de projetos habitacionais em todo o Estado

O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (12.06), em evento no Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (SINDUSCON/PE), no Recife, decreto que cria a Câmara de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais (CAPHAB). Com o intuito de incentivar o setor a investir na construção de moradias populares, a iniciativa prevê a redução do tempo de análise dos projetos, no âmbito estadual, de oito meses para até 30 dias úteis. O objetivo é agilizar e desburocratizar os pareceres técnicos de projetos habitacionais através da centralização da tramitação em seis órgãos estaduais e a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

“Essa ferramenta vai permitir que a gente avance nas análises de projetos habitacionais tão necessários e importantes para grande parte da população que precisa dessas moradias de baixo custo. Essa ação é fruto de uma série de reuniões, de um grande consenso e da necessidade de desburocratizar esses processos que demoram meses. Então, é muito importante no momento que nós estamos vivendo que hajam, por parte do Estado, os devidos encaminhamentos para que esses projetos possam sair do papel com a maior celeridade possível”, destacou o governador.

Integram a CAPHAB a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM), a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC), o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e a Celpe.

A CAPHAB será responsável pelo recebimento e envio simultâneo aos órgãos competentes dos documentos e plantas dos empreendedores, além do acompanhamento de toda a tramitação até a conclusão dos processos. Dividido em duas fases, o processo se inicia com a consulta prévia, etapa opcional, que terá 15 dias úteis para realizar o estudo de viabilidade do empreendimento. A segunda etapa, que analisa se o projeto obedece a legislação vigente, é obrigatória e deverá ser concluída em até 30 dias úteis. Após obter os pareces técnicos estaduais através da CAPHAB, o construtor deverá encaminhar o projeto para validação do município no qual será implantado o habitacional.

O secretário estadual de Habitação, Bruno Lisboa, explicou como vai funcionar a integração das órgãos responsáveis no cumprimento dos novos prazos estabelecidos. “Com o funcionamento da Câmara, todos os órgãos se reunirão mensalmente em conjunto para avaliar as deliberações. E a partir de todas as informações já coletadas e previamente consultadas por cada estrutura interna envolvida no processo de análise, a gente vai conseguir cumprir com o prazo máximo de 30 dias”, afirmou.

“O Estado tem sido um parceiro importante desde o início deste projeto, quando ainda não se tinha nada concretizado, e nos mostrou que isso poderia ser uma realidade. Acredito que a câmara seja um ganho importante para o setor e chega num momento que se consegue um alinhamento perfeito. O nosso objetivo é saber quais são as prioridades, saber o que o governo precisa para que nós possamos construir e garantir o sucesso das parcerias”, ressaltou o presidente da SINDUSCON, José Antônio Alvarez de Lucas Simón.

ATENDIMENTO - A Câmara de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais irá atender, nos primeiros 30 dias úteis, empreendimentos com até 100 unidades habitacionais. Após os 60 dias úteis de vigência do decreto, o atendimento da Câmara será ampliado para projetos com até 200 unidades. E, por fim, após os 90 dias úteis da publicação da medida, a CAPHAB atenderá empreendimentos com mais de 200 unidades. A partir da publicação do decreto, a Secretaria de Habitação terá 30 dias para instalar o serviço.


Fotos: Wagner Ramos/SEI

Campanha de Arrecadação em Pernambuco

Todas as lojas do Bompreço e Hiper Bompreço são pontos de arrecadação para as vítimas das chuvas no Estado. A rede entrou na campanha e está estimulando clientes e associados a doarem itens de maior necessidade como: água mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal e cestas básicas. A campanha acontece em parceria com o programa Mesa Brasil do SESC de PE que vai retirar as doações.

Aplicativos e plataformas que facilitam o dia a dia das pessoas


Com o crescimento da tecnologia, o comportamento dos brasileiros foi mudando, e eles passaram a utilizar os aplicativos cada vez mais para infinitas funções, como forma de entretenimento, ou para se inteirar das notícias e também para ajudar a otimizar a rotina que muitas vezes é tão corrida, como os apps de beleza e bem-estar. De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 11 milhões de domicílios brasileiros acessam a internet em dispositivos móveis. Isso mostra que essa tecnologia se tornou indispensáveis para as pessoas.

Para atender essa demanda, as empresas estão oferecendo aplicativos e plataformas simples e fáceis para navegar, seja para pedir uma comida, agendar um serviço ou até mesmo para se locomover pela cidade. Por isso, conheça algumas plataformas que vem buscando melhorar e facilitar a vida das pessoas de forma positiva: 

iFoodFood é um dos mais famosos do gênero no país. Nele você também conta com promoções exclusivas, pagamentos online e centenas de estabelecimentos cadastrados em todo o Brasil. O aplicativo está presente há mais de 21 cidades em 10 estados diferentes, o iFood é fácil de usar e bem organizado. Encontrar um restaurante que entregue aquilo que você quer comer não será nada difícil por aqui. App disponível para Android, iOS e Windows Phone.

UberO app permite que o usuário solicite motoristas particulares. Por meio de um programa que funciona como uma central de atendimento, ele localiza o motorista profissional mais próximo de seu local. Diferente dos táxis comuns – a frota do Uber é composta por carros confortáveis que tem o perfil mais executivos. O pagamento do valor do percurso e gorjeta pode ser feito automaticamente no cartão de crédito registrado em sua conta ou dinheiro.

Supermercado NowCom o objetivo de trazer mais praticidade e agilidade, surgiu a plataforma Supermercado Now, o principal objetivo da marca é facilitar a compra de bens básicos e recorrentes. As compras são feitas pelos shoppers, profissionais especializados, que selecionam os produtos de melhor qualidade, à gosto do cliente, e enviam para o endereço indicado em até duas horas ou em um horário agendado. De forma fácil, ágil, com qualidade facilidade no pagamento por meio de cartão de crédito.

MovitAplicarivo gratuito líder de mobilidade urbana com foco em informações de transporte público e de navegação, utilizado por mais de 50 milhões de usuários em mais de 1.200 cidades. Movit combina todas as informações de trânsito em um único app, controle total sobre as viagens, guiando passo a passo atualizado do melhor trajeto com notificação de partida e chegada ao destino. É a maneira mais fácil e pratica de andar de transporte público.

GuiaBolsoUma maneira fácil e prática de controlar seu dinheiro. Ele pode ser conectado à sua conta corrente, para gerenciar débitos e entrada de valores, além de gastos em seus cartões de crédito. O app também gera gráficos para você visualizar suas finanças mais fácil.
Cigam BoletosNada mais chato do que digitar códigos de barras com vários números. Este app simplifica esse processo, já que ele lê os códigos para facilitar o pagamento de contas e boletos no celular, e também controla o que já foi pago, notificando o dia do vencimento, entre outras opções.

Conheça as principais diferenças entre asma e bronquite

Apesar de semelhantes, as duas doenças têm peculiaridades que devem ser levadas em conta para garantir o sucesso de seus tratamentos
São Paulo, 13 de junho de 2017 – No dia 21 de junho de cada ano é comemorado, no Brasil, o Dia Nacional do Controle da Asma. No país, grande parte da população apresenta problemas respiratórios, seja por fatores climáticos, de poluição ou de hábitos, como o fumo e o uso amplo de fogões a lenha em algumas regiões. A data, portanto, foi criada com o objetivo de alertar a população brasileira sobre a asma, uma doença de alta prevalência[i], e coincide, no hemisfério sul, com o início do inverno, período em que seus sintomas se agravam por conta de temperaturas mais baixas e maior permanência da população em ambientes fechados.
Mas o que é asma? O primeiro passo para que se conheça melhor a doença é diferenciá-la de outras doenças respiratórias comuns, como a bronquite, que pode se manifestar de diferentes formas. Essas doenças são frequentemente confundidas por apresentarem sintomas semelhantes, o que torna importante a discussão sobre o tema, já que têm especificidades importantes que devem ser levadas em conta para não comprometer seus tratamentos.
ASMA
A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas que acomete mais de 300 milhões de pessoas no mundo[ii]. Leva a um estreitamento das vias aéreas, prejudicando o fluxo de ar que entra e sai dos pulmões, provocando falta de ar e chiado no peito. O desenvolvimento da asma costuma estar associado a uma causa genética, ou seja, algumas pessoas apresentam uma predisposição a desenvolver a doença e, ao entrarem em contato com fatores que sensibilizam as vias aéreas, como ácaros, pólen e pelos de animais, entre outros, a asma pode se manifestar.
Seus sintomas mais comuns, além da falta de ar e do chiado, incluem uma sensação de aperto no peito, tosses constantes e catarro, que podem surgir durante as crises. É importante, no entanto, lembrar que a doença é crônica e que as crises são apenas uma manifestação pontual. De acordo com o Dr. Mauro Gomes, diretor da Comissão de Infecções Respiratórias da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia, “As crises de falta de ar provocadas pela asma são apenas a ponta do iceberg e é comum que o tratamento da doença seja feito apenas de forma paliativa. No entanto, um tratamento sério de asma deve ser diário e envolve o controle da doença com agentes antiinflamatórios e broncodilatadores de longa duração”.
De acordo com a pesquisa "Panorama da Saúde Respiratória do Brasileiro", encomendada pela farmacêutica Boehringer Ingelheim do Brasil ao Ibope, embora 91% dos asmáticos considerem a doença como "controlada"[iii], 72% percebem consequências da asma em atividades de rotina[iv]. Isso mostra que a percepção geral da população é que pessoas com asma devem conviver com os sintomas e limitações por conta da doença, quando na verdade a asma, quando controlada por meio de tratamento adequado, não deve impor limitações na vida das pessoas. Para saber se a asma está controlada é preciso atentar para a frequência e a intensidade de seus sintomas. De acordo com o GINA (Global Initiative for Asthma)[v], sabe-se que a asma não está controlada quando o paciente apresentou qualquer um dos itens abaixo nas últimas quatro semanas:
  • Sintomas diurnos mais de duas vezes por semana;
  • Qualquer despertar noturno causado pela doença;
  • Uso de medicamentos para alívio da falta de ar mais de duas vezes por semana;
  • Se a asma estiver limitando as suas atividades cotidianas.
BRONQUITE
A bronquite também é uma inflamação dos brônquios, que, no entanto, pode ser aguda (geralmente provocada por um vírus e acompanhada de um quadro gripal, com duração de, em média, duas semanas) ou crônica (uma inflamação geralmente causada pelo fumo). A bronquite crônica, apesar de apresentar sintomas semelhantes ao da asma, entre os quais o chiado, a falta de ar e a tosse, não é uma doença com a qual se nasce, e pode vir acompanhada de uma destruição das células do pulmão, chamada de enfisema pulmonar. Essa destruição forma pequenas bolhas no pulmão, que vai gradativamente perdendo a capacidade de absorver oxigênio. O enfisema pulmonar e a bronquite crônica, geralmente associados, recebem o nome de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), doença que, de acordo com dados do Ministério da Saúde, afeta cerca de 7 milhões de pessoas no Brasil[vi], além de ser a quarta principal causa de morte no Brasil[vii].
É importante reforçar que asma e os diferentes tipos de bronquite têm causas e tratamentos diferentes. Enquanto uma pessoa nasce com asma, que a acompanha por toda a vida e pode surgir em diversas faixas etárias, a bronquite aguda é um processo inflamatório rápido dos brônquios, geralmente causado por infecção de um vírus e que melhora espontaneamente em poucas semanas. Já a DPOC se manifesta principalmente em pessoas com mais de 40 anos, por ser consequência de hábitos de longo prazo.
Apesar das diferenças, as doenças são frequentemente confundidas por terem muitos sintomas em comum. Além disso, de acordo com o Dr. Mauro, há outros fatores de confusão: “O nome correto da asma é asma brônquica e, por isso, é comum que seja confundida com bronquite. Mas não se trata da mesma doença e é muito importante que pacientes compreendam as especificidades de cada uma, para que possam procurar o tratamento medicamentoso e os hábitos mais adequados para cada quadro”.
A Boehringer Ingelheim
Medicamentos inovadores para pessoas e animais têm sido, há mais de 130 anos, o foco da empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim. A Boehringer Ingelheim é uma das 20 principais farmacêuticas do mundo e até hoje permanece como uma empresa familiar. Dia a dia, cerca de 50.000 funcionários criam valor pela inovação para as três áreas de negócios: saúde humana, saúde animal e fabricação de biofármacos. Em 2016, a Boehringer Ingelheim obteve vendas líquidas de cerca de € 15.9 bilhões. Os investimentos em pesquisa e desenvolvimento correspondem a 19,6% do faturamento líquido (mais de € 3 bilhões).
A responsabilidade social é um elemento importante da cultura empresarial da Boehringer Ingelheim, o que inclui o envolvimento global em projetos sociais como o “Mais Saúde” e a preocupação com seus colaboradores em todo o mundo. Respeito, oportunidades iguais e o equilíbrio entre carreira e vida familiar formam a base da gestão da empresa, que busca a proteção e a sustentabilidade ambiental em tudo o que faz.
No Brasil, a Boehringer Ingelheim possui escritórios em São Paulo e Campinas, e fábricas em Itapecerica da Serra e Paulínia. Há mais de 60 anos no país, a companhia estabelece parcerias com instituições locais e internacionais que promovem o desenvolvimento educacional, social e profissional da população. A empresa recebeu, em 2017, a certificação Top Employers, que a elege como uma das melhores empregadoras do país por seu diferencial nas iniciativas de recursos humanos. Para mais informações, visite www.boehringer-ingelheim.com.br ewww.facebook.com/BoehringerIngelheimBrasil
Sobre a pesquisa PANORAMA DA SAÚDE DO BRASILEIRO
Pesquisa
Para entender melhor o panorama da saúde respiratória do brasileiro, a Boehringer Ingelheim do Brasil encomendou ao Ibope Inteligência a coleta de dados de uma pesquisa nacional com homens e mulheres entre 18 e 65 anos das classes A, B e C, de todos os estados do Brasil. O principal objetivo era realizar um levantamento sobre o quanto a população conhece as doenças respiratórias, suas percepções sobre sintomas, tratamentos e impacto nas atividades de rotina, além de saber mais sobre o comportamento de quem respondeu apresentar alguma(s) dessas doenças. A pesquisa, feita via entrevistas por telefone assistida por computador com 2.010 pessoas entre 22 de maio e 04 junho de 2015, demonstrou que 44% dos brasileiros apresentam sintomas respiratórios (tosse, falta de ar, chiado no peito, coriza) que, geralmente, são percebidos como manifestações de doenças como asma, bronquite, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica).

Especialistas confirmam presença no Fórum de RPPN

Evento ocorrerá no dia 29 deste mês, na sede do ICMBio, em Brasília, e discutirá instrumentos de apoio às reservas particulares do patrimônio natural. Ainda dá tempo de se inscrever
Brasília – O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) acaba de fechar a programação do 1º Fórum Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), que ocorrerá no próximo dia 29, na sede do Instituto, em Brasília. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas via internet. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e o presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski, devem participar da abertura.
O Fórum, que já conta com mais de cem inscritos, reunirá servidores e gestores do ICMBio e de outros órgãos governamentais e não governamentais, especialistas e proprietários de reservas particulares. Clique aqui para ter acesso à programação completa e à ficha de inscrição.

Eles vão discutir instrumentos de apoio a essa categoria de unidade de conservação (UC), cuja criação é de iniciativa dos proprietários de terra. Atualmente, existem, no Brasil mais de 600 RPPNs federais. Leia tudo sobre RPPN e saiba como criar sua reserva.

Três painéis

Especialistas e gestores com larga experiência em gestão e manejo de RPPNs confirmaram presença nos três painéis do Fórum, que terão como moderadores os servidores do ICMBio Bernardo Brito, coordenador de Criação de UCs, e Luciano Souza, consultor ambiental, e Roberta Guagliardi, coordenadora do Programa Estadual de RPPN do Rio de Janeiro.

O primeiro painel reunirá a consultora ambiental Sônia Wiedmann, que falará sobre os benefícios às RPPNs previstos no Projeto de Lei 1.548/2015; a presidente da Confederação Nacional das RPPNs, Maria Cristina Weyland, que fará uma retrospectiva do Movimento RPPNista no Brasil; e mais um um representante da Agência Nacional de Águas (ANA).

No segundo painel, o presidente da BioRede Paraná, Wilson Loureiro, discorrerá sobre ICMS Ecológico como instrumento de apoio às RPPNs; o presidente da Fundação Florestal de São Paulo, Wilson Loureiro, abordará Pagamento de serviços ambientais; e o diretor-executivo da Federação das Reservas Ecológicas Particulares do Estado de São Paulo, Flavio Ojidos, enfocará Recursos Estratégicos e Sustentabilidade Financeira de RPPNs.

O terceiro painel contará com os palestrantes Marion Letícia e Cláudio Henschel, da Fundação Grupo Boticário, que tratarão do tema Valoração de Unidades de Conservação: Benefícios econômicos e sociais gerados pelas RPPNs; e Marcelo Bosco, da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental, que falará sobre Compensação de Reserva Ambiental em RPPN.