Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

FAÇA UMA PÓS-GRADUAÇÃO NA ESTÁCIO E AUMENTE EM ATÉ 25% O SEU SALÁRIO


Saiba como se prevenir de doenças que assombram a estação



Ao desconfiar de algum sintoma, procure um médico e faça exames para um diagnóstico correto
São Paulo, julho de 2017 - O frio chegou ao Brasil e com ele surgem as doenças respiratórias. Na estação mais fria do ano, as pessoas ficam mais propensas a adoecer devido a propagação de vírus e bactérias. Mudanças bruscas de temperatura, a baixa umidade do ar e o aumento da poluição são os principais motivos de preocupação, especialmente para os indivíduos que já sofrem com doenças respiratórias crônicas. As mais comuns são resfriado, gripe, pneumonia, alergias, amigdalite, asma, bronquite, otite, rinite, sinusite, laringite e meningite. Os sintomas são coriza, tosse, espirro, dificuldade para respirar, febre e dores no corpo, que podem também caracterizar a contaminação pelo vírus da Influenza.
Segundo o Ministério da Saúde, em 2016 o H1N1 atingiu 11 estados e o Distrito Federal e na metade do ano já tinha totalizado 305 casos e 46 mortes no país, 42 delas em São Paulo. Para minimizar esta situação, a OMS faz Campanhas de Vacinação contra a doença. A preocupação maior é com pessoas idosas, crianças e pessoas com sistema imune comprometido. De acordo com o Euroimmun, laboratório alemão especializado no diagnóstico de doenças autoimunes, infecciosas, alergias e genéticas, a melhor prevenção contra infecções pelo vírus da Influenza é a imunização ativa. A composição sazonal da vacina depende dos vírus em circulação dominantes. O vírus da gripe passa por mutações frequentes, não levando a imunidade ao longo da vida.
Para se prevenir do vírus H1N1 e doenças respiratórias durante este período, o Center for Disease Control and Prevention (CDC) aconselha beber muita água, cobrir a boca ao tossir, lavar as mãos com frequência, deixar o ambiente bastante ventilado para o ar circular e não acumular poeira, ter bons hábitos de higiene e consumir alimentos ricos em vitamina C.
O vírus sincicial respiratório também pode surgir no inverno e causar infecções das vias respiratórias e pulmões em recém-nascidos e crianças pequenas. Pode acarretar doenças como bronquiolite e infecção dos brônquios. A transmissão é por gotículas e secreções e é altamente contagiosa. Com o sistema imune debilitado e a oscilação de temperatura, o indivíduo pode adquirir pneumonia, infecção aguda pulmonar causada por bactéria. Também é muito comum que a pneumonia apareça como a complicação de uma gripe. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a pneumonia é a maior responsável por mais de 1 milhão de mortes de crianças menores de 5 anos em todo o mundo. A EUROIMMUN disponibiliza os testes do Vírus da Influenza A, Vírus Sincicial Respiratório e Pneumonia. Para mais informações, acesse http://www.euroimmun.com.br.

Cisco anuncia intenção de doação de plataforma computacional ao Proderj para modernização do Sistema Educacional

A doação viabilizará a expansão do sistema de matrícula informatizada e do lançamento e acompanhamento de notas pelos professores, alunos e seus responsáveis

Rio de Janeiro, 03 de julho de 2017 - Reforçando sua estratégia e esforços contínuos de estímulo à inovação, transformação digital e apoio à educação no País, a Cisco, líder mundial em tecnologia, anuncia sua intenção de doação de parte dos equipamentos utilizados na realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, ao Governo do Estado do Rio de Janeiro. Os equipamentos serão empregados na melhoria da prestação de serviços à população do Estado, assim como no aumento da eficiência e eficácia dos serviços prestados à Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro.

“É importante que a educação seja repensada considerando o momento de rápida transformação na sociedade e empresas e, assim, possamos preparar da melhor forma possível os cidadãos e profissionais para a nova era digital. Isso é essencial a fim de favorecer um novo modelo de educação, mais colaborativo, ágil e global. É nosso papel ajudar os jovens neste processo, influenciando diretamente na empregabilidade em um mercado cada vez mais disputado. Essa iniciativa é ainda um importante passo na materialização desta visão para o Governo do Estado do Rio de Janeiro e para o Brasil”, explica Laercio Albuquerque, Presidente da Cisco Brasil.

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (PRODERJ) tem provido a infraestrutura de processamento e de armazenamento de toda a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, como parte do Projeto de Infraestrutura de Computação em Nuvem. A iniciativa tem como propósito suportar os principais sistemas de gestão e de ensino no estado como, por exemplo, a matrícula informatizada. Segundo o governo do Estado do Rio de Janeiro, a doação beneficiará mais de 600 mil alunos da rede estadual de ensino.

“Para continuarmos atendendo aos objetivos de melhorar a Educação no Estado e acompanhar a evolução tecnológica é necessário modernizar o nosso Datacenter, oferecendo a toda sociedade um ambiente capaz de suportar a crescente demanda de serviços para o cidadão. Dessa forma, é de suma importância o apoio de grandes empresas do setor de tecnologia, como a Cisco, para viabilizar este desafio”, aponta Antonio Bastos, presidente do PRODERJ.

Além da área de Educação, os equipamentos doados terão impacto direto nos serviços prestados para órgãos e secretarias estaduais como Segurança, Saúde, Fazenda e Planejamento e Procuradoria Geral do Estado. A modernização permitirá ainda a implantação de modernas ferramentas de Business Intelligence (BI), que possibilitará uma gestão mais eficiente e transparente das informações de governo.

“Na Cisco, estamos engajados em fazer a diferença na vida das pessoas e nas comunidades onde atuamos. Também estamos comprometidos em incentivar a inovação e deixar um legado duradouro após os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 por meio da transformação digital no país. Essa doação ajudará ainda mais o cidadão na sua inclusão no mundo digital. Eu não poderia estar mais orgulhoso do trabalho que tem sido desempenhado no Brasil, na América Latina e ao redor do mundo no sentido de mudar a vida das pessoas para melhor”, comenta Jordi Botifoll, Presidente Cisco América Latina e Vice Presidente Sênior para Américas.

Sobre a Cisco
A Cisco (NASDAQ: CSCO) é líder mundial em tecnologia, que tem feito a internet funcionar desde 1984. Seus colaboradores, produtos e parceiros ajudam a sociedade se conectar com segurança e a aproveitar hoje as oportunidades da transformação digital do futuro. Para mais informações, acesse thenetwork.cisco.com. Para notícias sobre o Brasil, acesse: http://americas.thecisconetwork.com/site/index/lang/pt/. Siga a Cisco no Twitter em @CiscoDoBrasil.
Cisco do Brasil:
Relações com Analistas, América Latina
Renata Barros - rebarros@cisco.com
(11) 5508 2437 / 9 9230-1463

Relações com a Imprensa
Janaina Finardi – jfinardi@cisco.com
(11) 3027-0200 r. 317 / (11) 9.9700-1476

Golin – Relações Públicas - imprensacisco@golin.com
Lucas Rodrigues: +55 11 3027-0200 R. 326
Mara Moraes: +55 11 3027-0200 R. 332
João Denófrio: +55 11 3027-0252