Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Paulista disponibiliza telefone exclusivo para relatos de acidentes de trânsito


Os motoristas que trafegam pelas vias da cidade do Paulista possuem um canal de comunicação exclusivo para relatar ocorrências de acidentes de trânsito. O serviço funciona todos os dias da semana com plantão de 24h. Quem precisar pode entrar em contato com o telefone (81) 9.9942.1363 (Tim).

Através do número do Plantão de Acidentes de Trânsito, a Secretaria de Mobilidade e Administração das Regionais pretende agilizar a chegada das equipes para o registro do Boletim de Ocorrência do acidente, documento imprescindível na solicitação do DPVAT.

Vale ressaltar que o telefone do Plantão de Acidentes de Trânsito está disponível apenas para as ocorrências nas vias urbanas do município. No caso das rodovias estaduais e federais, os motoristas devem acionar as equipes da BPRv  e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Polícia Rodoviária Federal, respectivamente.

Usinas devem pagar mais pela cana do agricultor nesta safra em PE

Uma mudança na composição do preço da cana de açúcar fornecida pelos agricultores às usinas pernambucanas, elevando o valor final pago pela matéria prima, foi aprovada pelos canavieiros em assembleia nesta segunda-feira (3), na Associação dos Fornecedores de Cana do Estado (AFCP). O segmento aprovou, por unanimidade, a proposta apresentada pelo Sindicato da Indústria do Açúcar e Álcool de PE (Sindaçúcar). Nas próximas semanas, a decisão deverá ser chancelada pelo Conselho de Produtores de Cana, Açúcar e Etanol do Estado (Consecana), órgão conjunto que reúne as entidades dos produtores de cana e das unidades industriais.

O acréscimo na composição do preço da cana do agricultor deve ser de 2,95% em comparação à Taxa de Açúcar Recuperável (ATR) mensal. "O incremento está relacionado à inclusão do crédito presumido sobre o etanol hidratado que é concedido pelo governo estadual às usinas, mas as unidades não repassavam aos canavieiros", fala Alexandre Andrade Lima, atual presidente do Consecana e também da AFCP. A reunião do Consecana ocorrerá no início do próximo mês para finalizar o assunto.

Pela decisão na assembleia, com participação dos associados da AFCP e do Sindicato dos Cultivadores de Cana de Pernambuco, o novo valor da cana passará a vigorar com base no último mês de maio. Assim, com referência do ATR deste período e mais a inclusão do referido crédito presumido, a tonelada da cana padrão sobe de R$ 88,88 para R$ 91,50.

Para Andrade Lima, haverá agora um preço mais justo. Ele explica que quando o governo concedeu aos industriais o crédito presumido do etanol hidratado, há bastante tempo, o gestor imaginava que tal benefício seria estendido também aos mais de 10 mil produtores de cana. Ademais, o presidente do Consecana lembra aos agricultores que todos continuam livres para negociar bonificação extra com as usinas onde fornecem. "Na última safra na usina Coaf/Cruangi, em Timbaúba, o bônus mínimo por tonelada fornecida foi de R$ 9", realça Lima, que também preside a respectiva cooperativa da usina.

Atos continua jornada em direção à sustentabilidade

Grupo apresenta estratégia integrada para entrar no próximo capítulo do crescimento sustentável em seu plano Ambition 2019
São Paulo, 04 de julho de 2017
A Atos, líder global em transformação digital, acaba de publicar, pelo terceiro ano consecutivo, seu Relatório Integrado de Responsabilidade Corporativa, em conformidade com as recomendações da Global Reporting Initiative (GRI) e da International Integrated Reporting Framework (IR), entidades de referência para relatórios de sustentabilidade de empresas em todo o mundo.
Desde 2014, a Atos vem cumprindo com sucesso o Serviço de Indexação de Conteúdo da GRI, na abrangente categoria G4. Esse compromisso contínuo demonstra o desempenho de nível internacional da Atos em responsabilidade corporativa e confirma a Atos como uma parceira de negócios confiável e um empregador responsável.
Nesse relatório integrado, a Atos descreve como sua Fábrica de Transformação Digital impulsiona a digitalização de seus clientes e é um modelo de criação de valor para todas as partes envolvidas.
Esta é a essência do novo plano estratégico da Atos, o Ambition 2019: ajudar todos os clientes a se orientarem em direção à transformação digital, proporcionando, ao mesmo tempo, segurança aprimorada, maior poder computacional, transformação das aplicações e colaboração mais eficaz, mantendo, ainda, a disciplina financeira e o desempenho sustentável.
"A sustentabilidade é parte integrante de uma jornada de transformação digital bem-sucedida que crie valor constante para nossos clientes e partes envolvidas e garanta um crescimento sustentável. Tenho orgulho do grande progresso que fizemos na Responsabilidade Corporativa", comentou Thierry Breton, presidente e CEO da Atos.
"Em 2016, o Índice Dow Jones de Sustentabilidade colocou a Atos no nível Ouro, como empresa mais sustentável do segmento de serviços de TI, tanto no Índice Mundial quanto no Europeu. Nós reduzimos em 50% nossa intensidade de carbono desde 2012, o que levou o CDP a nos classificar como os melhores da categoria em redução de emissões de carbono. Todos esses resultados foram apresentados em nosso Relatório Integrado de Responsabilidade Corporativa 2016, que foi mais uma vez classificado no nível mais alto da opção abrangente G4 pela GRI", acrescentou Breton.
Compromissos
O Relatório de Responsabilidade Corporativa 2016 e o Documento de Registro estão disponíveis para download em um microssite especial.
A Atos aborda quatro desafios como prioridade:
  1. Pessoas: Ser um empregador responsável;
  2. Negócios e Inovação: Gerar valor para os clientes por meio de soluções sustentáveis e inovadoras;