Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Palhaço Chocolate anima o Dia das Crianças no Paulista


O Palhaço Chocolate é a grande atração da festa em comemoração ao Dia das Crianças no Paulista. O artista vai animar a garotada, neste domingo (15.10), às 15h, no Ecoparque das Paineiras, no Centro do município. A meninada que comparecer ao local poderá brincar de pula-pula, provar guloseimas como algodão doce e pipoca. A festa deve atrair milhares de famílias de toda cidade. O Ecoparque fica localizado ao lado do Terminal Integrado Pelópidas Silveira. A programação é coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura.




Serviço:

O que - Dia das Crianças com o Palhaço Chocolate em Paulista;
Quando - dia 15 de outubro, às 15h;
Onde – Ecoparque das Paineiras, na Rodovia PE-15, ao lado do T.I Pelópidas Silveira.

SEGURANÇA PÚBLICA – Fernando Bezerra diz que políticas sociais são mais efetivas que ações exageradas de Garantia da Lei e da Ordem



Brasília, 10/10/17 – Ao defender a aprovação do Projeto de Lei (PLC) 44/2016 pelo Senado e analisar a situação econômica e de segurança pública do estado do Rio de Janeiro, Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE) afirmou que ações de inteligência e políticas sociais são mais efetivas que o uso “repetitivo e exagerado” de medidas de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). “Melhor investirmos em inteligência, em educação e em recuperação do jovem, de forma a se evitar que ele seja presa fácil para aqueles que traficam a droga e que formam o crime organizado no Rio de Janeiro e nas principais cidades brasileiras”, destacou o vice-líder do governo no Senado.
Aprovado pelo Plenário da Casa por 39 votos favoráveis e oito contrários, o PLC 44/2016 seguiu à sanção presidencial. A matéria transfere à Justiça Militar o julgamento de crimes dolosos (intencionais) contra civis, cometidos por militares, em missões de GLO. Ou seja, em situações como cumprimento de atribuições estabelecidas pelo presidente da República ou pelo ministro da Defesa; ação que envolva a segurança de instituição militar ou de missão militar, mesmo que não beligerante (em guerra ou luta); e atividade de natureza militar, de operação de paz, de Garantia da Lei e da Ordem ou de atribuição subsidiária.
Na avaliação de Fernando Bezerra, não são as operações de GLO que solucionarão os problemas de segurança pública do Rio de Janeiro (RJ) ou de qualquer estado. Contudo, o senador ponderou que há casos excepcionais em que a presença das Forças Armadas torna-se indispensável.
RIO DE JANEIRO – No caso específico do RJ, o vice-líder observou que o estado vivencia tal excepcionalidade, com a consequente necessidade de utilização de ações de Garantia da Lei e da Ordem, em função do que Fernando Bezerra classificou como “situação falimentar” (de falência) do estado. “Mas, não se pode espetar na conta de todos os brasileiros a farra com o dinheiro público que se verificou no Rio de Janeiro. Nós não podemos pagar essa conta”, afirmou o senador, ao lembrar que o Congresso Nacional, “sensível à situação do estado”, aprovou lei de recuperação fiscal para ajudar unidades da federação como RJ, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
Confira, abaixo, a íntegra do pronunciamento feito, esta noite, pelo senador Fernando Bezerra Coelho:
Sr. presidente, srªs e srs. senadores,
O PLC 44, de 2016, devolve à Justiça Militar da União a competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida de civil cometidos por militares, nas situações por ele especificadas, quando em missão estritamente oficial.
Que