Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Vereador Edmilson do Pagode apresenta reivindicação ao secretário de Cidades

Nesta semana, estive com o amigo Francisco Papaléo, Secretário das Cidades de Pernambuco, levando pessoalmente, a nossa reivindicação pela instalação de um posto de atendimento do VEM em Paulista. Em breve, celebraremos mais essa conquista da nossa gente!

#EdmilsonDoPagode
#PaulistaCadaVezMelhor

Parabéns Amaral!!!

O Blog Paulista Atualizado vem por meio deste parabenizar o amigo Amaral, do Sindicato dos Vigilantes.

Parabéns!!!
São os nossos votos deste domingo.

Cinesytem Paulista apresenta CINESCOLA


Na sala de aula ou na sala de cinema para aprender todo lugar é ideal.

Enem: temas de atualidade são tão importantes quanto conteúdo aprendido em aula

Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil


A prova do Enem costuma abordar também assuntos do cotidiano, tanto em perguntas específicas como em textos que subsidiam as questõesImagem de Arquivo/Agência Brasil


Fórmulas, teorias e regras gramaticais não devem ser o único foco de quem está se preparando para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A prova costuma abordar também assuntos do cotidiano, tanto em perguntas específicas como em textos que subsidiam as questões. Por isso, a sugestão dos professores é que os alunos acompanhem de perto os principais acontecimentos no Brasil e no mundo.
“Para a prova do Enem, saber do mundo é tão importante quanto o que vemos em sala de aula. Os acontecimentos na nossa história atual tem a capacidade de nos questionar constantemente sobre o que significa ser humano e viver em sociedade”, diz a professora de história Alba Cristina, da plataforma de ensino Me Salva!
O coordenador de história do Grupo Etapa, Thomas Wisiak, lembra que em qualquer disciplina os assuntos de atualidades podem aparecer ou servir de motivos para algum exercício. “Os alunos devem estar a par dos grandes acontecimentos acompanhando um ou mais meios de comunicação confiáveis”, orienta o professor. Ele também recomenda que os alunos fiquem atentos aos grandes temas da atualidade no Brasil, que costumam ser mais abordados no Enem.
O professor de Geografia e Atualidades do curso Anglo, Axé Silva, aconselha os alunos a fazerem uma auto-avaliação crítica sobre seus conhecimentos em atualidades e aperfeiçoar o que não estiver com segurança. “Diante desses temas, eles devem pensar um pouco na essência de cada um deles, e se ele se sente seguro sobre cada assunto. O que atrapalha muito os candidatos é ele não confiar nele mesmo, é ter algumas inseguranças sobre alguns assuntos”. Ele também alerta para o cuidado com as notícias falsas e orienta os alunos a procurar sempre as fontes primárias de informações, como órgãos oficiais.
Apostas
Entre os temas que podem ser abordados no Enem deste ano, a professora Alba aposta nas relações étnico-raciais, nas migrações, nas questões de gênero e na tensão entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos. Ela também lembra que este ano se comemora o centenário da Revolução Russa e do início da Primeira Guerra Mundial. “Pode ser este o estímulo para que apareçam no Enem relacionados a geopolítica, a concepção de Estado e relações socioeconômicas”, diz.
A Revolução Russa também é uma das apostas do professor Axé Silva. No cenário internacional ele ainda cita a questão do multilateralismo e unilateralismo. “Por um lado, vemos a China formando um grande complexo socioeconômico, estratégico e logístico, que mostra esse multilateralismo, e por outro lado vemos ideias e ações de desintegração, como as ideias de Donald Trump e outros países que olham cada vez mais para si. Estamos vivendo essa nova ordem internacional”, explica.
No Brasil, questões ligadas à urbanização, saneamento básico, crise hídrica e violência urbana também podem ser abordadas. Axé lembra que os assuntos relacionados ao meio ambiente sempre têm destaque no Enem e podem ser abordados em várias disciplinas, como geografia, biologia e química. Um dos temas pode ser a busca de alternativas para a geração de energia limpa.
A discussão sobre a demarcação de terras indígenas e o acesso às terras de descendentes de quilombolas também pode ser abordada, segundo o professor Wiziak. “Isso gera muita discussão e também remete a um histórico de disputa no Brasil em torno da terra”, diz, lembrando que na prova do Enem existe a preocupação de verificar se o aluno conhece o processo de formação da identidade brasileira.
Outro tema que pode aparecer é a segurança pública, ou mais especificamente a crise no sistema carcerário brasileiro, assim como questões ligadas ao trabalho, que costumam aparecer bastante no Enem. “Isso pode remeter à discussão da reforma trabalhista ou a outros momentos da história em que houve mudanças na relação de trabalho, como a criação da CLT, no governo Getúlio Vargas, e mudanças na sociedade brasileira em função das questões de trabalho, como a escravidão”, diz Wisiak.
Segundo ele, questões de política da atualidade podem ser abordados como motivo para se referir a outros momentos da história. O impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff pode ser relacionado, por exemplo, ao impeachment de Fernando Collor, em 1992, ou à crise política em 1955, durante o governo de Juscelino Kubitschek.
Edição: Denise Griesinger

Bairro da Conceição recebe mutirão de ações no CRAS V

Foto: Jorge Macrino


No bairro de Nossa Senhora da Conceição, em Paulista, moradores foram beneficiados com uma ação de cidadania, na manhã deste sábado (21.10), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS V). Ao todo, cerca de 600 pessoas passaram pelo local, para receber serviços gratuitos nas áreas de Saúde e de Assistência Social. A iniciativa foi organizada pela Secretaria de Políticas Sociais e Esportes do Paulista.

Quem compareceu ao local, também contou com uma palestra sobre DST/Aids, testes de glicose, emissão de cartão de acesso a vagas de e idoso e de pessoas com deficiência, encaminhamentos para segunda via de Registro Civil, carteira de livre acesso, recadastramento no CadÚnico, corte de cabelo, dentre outras.

Além disso, a criançada que foi acompanhada pelos pais ou responsáveis não ficou de fora, e aproveitou o dia com muita animação, brincando e ganhando pipoca, algodão doce, além de brindes.

De acordo com o secretário de Políticas Sociais e Esportes, Augusto Costa, a ação exitosa deverá acontecer em outros bairros, a cada dois meses. “Estamos muito satisfeitos pelo sucesso que foi esse evento, pois são comunidades carentes e a gente leva o serviço até o cidadão para evitar que ele se desloque de suas comunidades até a Secretaria, sem contar que é uma ação que integra diversos serviços em um só lugar”, ressaltou Augusto Costa.

Saúde do Paulista realiza ação no Dia Mundial Para o Futuro Livre de Cárie


Foto: Jorge Macrino

Em comemoração ao Dia Para o Futuro Livre de Cárie, o bairro de Pau Amarelo contou com uma ação, neste sábado (21.10), com diversos serviços de odontologia. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Prefeitura do Paulista, Governo de Pernambuco, Faculdade Maurício de Nassau e Faculdade Joaquim Nabuco, além de moradores do Conjunto Nossa Senhora da Conceição. O evento foi realizado na Praça Sebastião Gomes de Melo, próximo ao terminal de ônibus da linha Pau Amarelo.

Na ocasião, foram realizadas palestras informativas sobre a importância da escovação, visando combater a cárie, que é uma doença bastante persistente na população, de acordo com a coordenação do evento.

“Fizemos uma avaliação bucal com os exames e foi visto que a população de Pau Amarelo precisa de atendimento odontológico. E por conta disso, fizemos encaminhamentos para as unidades de saúde, prescrevemos medicamentos também para essa comunidade, e entregamos kits de higiene bucal, como escovas de dente, sabonete, e aplicação de flúor”, explicou Manuela Barata, coordenadora de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde do Paulista.

Além do bairro de Pau Amarelo, outras localidades estão sendo atendidas pelo serviço, como também foi realizado anteriormente no bairro de Maranguape II. A próxima ação deverá acontecer na semana que vem, na quarta-feira, dia 25 de outubro, que é o Dia do Dentista, nos bairros de Jardim Paulista, no Forte de Pau Amarelo, e no Centro de Paulista.

Conferência Municipal de Saúde termina com cerca de 600 participantes



Com o tema: “SUS: fortalecer sempre, retroceder jamais”, a Secretaria de Saúde do Paulista encerrou, neste sábado (21.10), a VIII Conferência Municipal de Saúde. Durante três dias, o evento reuniu cerca de 600 pessoas, entre usuários e funcionários da Rede de saúde do município.

A ação, que também foi coordenada pelo Conselho Municipal de Saúde, teve o objetivo de discutir as propostas elaboradas durante as Pré-Conferências municipais e que vão compor o novo plano de saúde nos quatro anos.

O balanço foi bastante positivo, segundo a secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart. De acordo com ela, o evento é de grande importância, pois, dentre os motivos, está o modelo de co-gestão trazido pela conferência, no qual o usuário e o trabalhador podem influenciar nas ações que a prefeitura deve realizar em sua gestão, a temas como o do financiamento do Sistema Único de Saúde, uma das pautas das discussões abordadas no evento.

Segundo Bernart, a participação do usuário é um desses fatores positivos, já que se trata de um emponderamento desse usuário, e ainda que esse encontro teve a capacidade de fazer estes entenderem que eles podem se colocar dentro do processo.

“A gente entende que os usuários presentes na conferência sabem do momento político e financeiro que a gente tem hoje, e de alguma forma, eu acredito que o movimento e a participação popular são fundamentais em qualquer processo. Então, o balanço da conferência foi muito positivo, pois tiveram ricas discussões dentro dos espaços e também uma aproximação entre a gestão e os usuários do sistema”, concluiu Fabiana.