Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Matrícula 2018 | Rede Municipal de Ensino


Datas importantes

13 a 30/11 - Renovação de matrículas
02/12 - Início das matrículas para novos estudantes

Procure a escola mais próxima!

Igualdade Racial e empoderamento são temas do IX Seminário Cultura e Consciência da cidade do Paulista


Com o tema “Jovens Negros na Sociedade: Vulnerabilidade e Perspectivas, o IX Seminário Cultura e Consciência da cidade do Paulista foi realizado com sucesso. O evento, que aconteceu nesta quinta-feira (23.11), no Senac, em Jardim Paulista Baixo, reuniu professores, gestores, supervisores e técnicos da rede municipal de ensino. A ação, coordenada pela Secretaria de Educação da cidade, é mais uma iniciativa do governo municipal, que reforça a luta da atual gestão, pela igualdade racial e o empoderamento da população negra.
Durante o evento, além de contação de histórias ritmizadas, foram realizadas apresentações de danças afro brasileiras, por estudantes da Escola Municipal Jaime Bold. A iniciativa também contou com palestras ministradas por Maria Elisabeth Santiago (Mãe Beth de Oxum) e pelo professor da UFRPE, Moises Santana. De acordo com o coordenador do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º, da Educação do Paulista, Inaldo Ferreira, o seminário é uma culminância das ações que são trabalhadas durante todo o ano na rede de ensino.
“Nosso trabalho com a questão étnico- racial, vai desde a educação infantil, até a educação dos jovens e adultos. Essas discussões sempre são ampliadas para todas as estâncias da rede. O objetivo é trazer tudo o que foi trabalhado durante o ano, mostrando as atividades que foram executadas sobre os temas da cultura afro- brasileira e étnico racial, tudo isso fazendo alusão ao mês da consciência negra”, explicou.     
O gerente de Igualdade Racial do Paulista, José Rufino, falou sobre a importância dessas ações no município, que ajudam a reforçar e ampliar a luta pela igualdade racial. “É necessário que nós tenhamos voz e que possamos chegar ao poder. Chegamos, fizemos, mas ainda não é o suficiente, pois os crimes contra a população jovem negra aumentam a cada dia no país. Além de tudo que já foi feito no município, Paulista segue firme na luta, através da construção dos fóruns temáticos para 2018 e a criação do observatório étnico-racial, que vão estar juntos com a sociedade civil, governo, ministério público, grêmio estudantil e as comunidades de base. Com isso, dentro desses organismos, vamos poder monitorar essas políticas públicas afirmativas, para que essa criminalidade contra os negros seja sanada”, ressaltou.
“A gestão do prefeito Junior Matuto sempre teve a preocupação de discutir o racismo nas escolas, assim também como a homofobia, entre outros temas, que precisam ser debatidos. Estamos nos esforçando e seguindo firme na luta, debatendo com a sociedade e trabalhando dentro das escolas toda essa temática da igualdade racial, para que todo esse preconceito seja combatido. Precisamos conviver um com o outro, com equidade e respeito. Iniciativas como essa são de grande importância para que esse segmento avance e a nossa luta continue cada vez mais forte”, finalizou o secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior.  

Novembro Azul é tema do Pedal CAAPE

Passeio ciclístico ocorre neste domingo (dia 26), com saída do Parque da Jaqueira

Dedicado a mostrar aos homens a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, a campanha Novembro Azul é tema do passeio ciclístico da CAAPE que ocorre neste domingo (dia 26), no Recife. A atividade tem concentração a partir das 7h30 e saída às 8h do Parque da Jaqueira, Zona Norte da cidade. O destino do passeio é o Recife Antigo, onde os ciclistas vão ser recebidos com água mineral, sanduíche natural e salada de frutas para repor as energias.

Antes do passeio, ainda na concentração, os participantes vão receber orientação profissional dos instrutores da Eventua Produções Assessoria de Esportes no alongamento antes do passeio, bem como poder aferir a pressão arterial para saber se a saúde está em dia. Vão ainda receber informações sobre prevenção do câncer de próstata, segundo câncer mais comum entre os homens – atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Já durante o passeio, as advogadas, advogados e acompanhantes vão contar com suporte profissional, além de carro de apoio e reboque para as bicicletas.

Quem tiver interesse de participar do passeio ciclístico da CAAPE pode reservar bicicleta e capacete gratuitamente até amanhã (dia 24, sexta-feira), pelo e-mail eventos@caape.org.br Somente têm direito gratuito ao material os próprios advogados, desde que devidamente identificados pelo nome e número da OAB, e seus parentes consanguíneos (ascendente ou descendente), cônjuge ou companheiro. Demais acompanhantes pagam R$ 30 pelo aluguel da bicicleta e do capacete. O pagamento deve ser feito, pessoalmente, na sede da CAAPE, localizada na Rua Rui Calaça, n.º 54, no Espinheiro.


Tadeu: “Recursos para municípios não podem ser condicionados a apoiar Reforma da Previdência de Temer”

Brasília - O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) acompanhou durante todo o dia de ontem os prefeitos de Pernambuco na agenda em Brasília que resultou no anúncio por parte do Governo Federal da liberação de mais de R$ 2 bilhões aos municípios brasileiros. O Estado receberá R$ 98 milhões.


Para Tadeu, a medida traz um alento para a situação pré-falimentar em que se encontra grande parte das cidades brasileiras, mas é apenas um lenitivo, diante de um problema maior, que é o modelo federativo concentrador de recursos na União, ao mesmo tempo em que se ampliam as responsabilidades de Estados e Municípios.

“O anúncio veio em boa hora, mas não atende à verdadeira pauta municipalista, que é a de reformular o Pacto Federativo, de mais justiça na redistribuição de receitas, de se discutir uma reforma tributária que ataque mais de frente as distorções que têm colocado os municípios brasileiros de joelhos”, afirma Tadeu.

O parlamentar pernambucano lamenta ainda que circulem versões de que o anúncio do Governo Federal possa estar condicionado ao apoio à proposta da Reforma da Previdência. “Não é correto usar este tipo de iniciativa como moeda de troca para tentar conseguir o apoio dos prefeitos a uma reforma previdenciária que prejudica o trabalhador. Temer não tem o apoio da população e não terá o apoio dos prefeitos para aprovar este modelo de reforma”, afirma.

Tadeu Alencar conversou ao longo do dia com o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, e com gestores de várias regiões do Estado, a exemplo de Graça do Moinho (Lagoa de Itaenga), Antônio de Lula (Iati), Evandro Valadades (São José do Egito), Marcelo Neves (Palmeirina), Ricardo Ramos (Ouricuri), Raimundo Saraiva (Exu) e Tarcísio Massena (Chã de Alegria).

Ao lado dos prefeitos, ele também se reuniu com a direção geral do Banco do Brasil para discutir a reabertura de agências nos municípios.

Crédito da foto: Chico Ferreira/Divulgação

Litigância no Sistema Interamericano de Direitos Humanos será debatida em PE

Recife – A Defensoria Pública da União (DPU) no Recife e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) vão promover o seminário Litigância estratégica perante o Sistema Interamericano de Direitos Humanos - Aspectos relativos à Região Nordeste do Brasil, nas próximas quinta (23) e sexta-feira (24), das 9 às 17 horas, no auditório da DPU no Recife, no bairro da Boa Vista, centro da capital pernambucana.
De acordo com o defensor público federal Pedro de Paula Lopes Almeida, chefe da DPU no Recife, o evento surge como tentativa de promover a interação entre a comunidade acadêmica, populações potencialmente utilizadoras dos sistemas de proteção dos direitos humanos e os atores do sistema de justiça. “No Brasil, as discussões relativas à proteção internacional dos direitos humanos se realizam habitualmente no eixo Rio-São Paulo-Brasília. No seminário que se aproxima, tentaremos dirigir o olhar aos aspectos presentes na região Nordeste do país, com o estímulo à interação entre palestrantes e público”, explica o defensor.
No dia 23 de novembro pela manhã o tema será a análise histórica dos povos indígenas no Nordeste do Brasil, com três painéis: "Povos indígenas do Nordeste no Período Colonial", com o professor Ricardo Pinto de Medeiros; "Povo Xukuru: Memórias e História para reflexões sobre os índios no Nordeste", com o professor Edson Silva e cacique Marcos, representante do Povo Xukuru Ororubá; e "O povo indígena Xukuru Ororubá", com o cacique Marcos.
À tarde, será discutida a litigância estratégica no âmbito do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, com os painéis: “A contribuição da comunidade acadêmica à proteção dos Direitos Humanos no Continente Interamericano”, com a professora Flavianne Fernanda Bitencourt Nóbrega e “Litígio estratégico e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, com a professora Evorah Lusci Costa Cardoso.
No dia 24 de novembro, pela manhã, a atuação da Defensoria Pública perante o Sistema Interamericano de Direitos Humanos será o tema do painel “A atuação do defensor público interamericano: perspectivas e desafios à luz das demandas oriundas da Região Nordeste do Brasil”, que contará com a defensora pública federal Isabel Penido de Campos Machado, ocupante do cargo de defensora interamericana de Direitos Humanos da Associação Interamericana de Defensorias Públicas (Aidef). Ocorrerá também o painel “A atuação da DPU e o exercício do controle de convencionalidade”, com o defensor público federal Pedro de Paula Lopes Almeida. À tarde, o tema será “Memória e Verdade. As violações de Direitos Humanos praticadas durante o regime militar (1964) no Estado de Pernambuco”, com a participação de membros da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara.
O seminário é uma iniciativa conjunta da DPU e do Grupo de Estudos relativo ao Acesso ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos (aSDIH), da Faculdade de Direito do Recife (FDR/UFPE). O público interessado deverá realizar a inscrição pelo emaildpu.adm.pe@dpu.def.br. Alunos da FDR/UFPE deverão se inscrever pelo emaileventodosidh@mail.com. Será emitido certificado de 12 horas de atividades complementares aos estudantes que cumprirem 75% da carga horária.
Serviço
Seminário Litigância estratégica perante o Sistema Interamericano de Direitos Humanos - Aspectos relativos à Região Nordeste do Brasil.
Local: Auditório da DPU/Recife, 9º andar, na Avenida Manoel Borba, 640, Boa Vista, Recife/PE
Data e horário: 23 e 24 de novembro, das 9h às 17h.

Clube das Pás promove “Baile dos anos 60” com grande show de Adilson Ramos

Festa acontece neste sábado (25), a partir das 21h, com abertura da Orquestra das Pás

O Clube das Pás promove o “Baile dos anos 60”, com grande show do cantor e compositor Adilson Ramos, neste sábado (25), a partir das 21h. A Orquestra das Pás será responsável pela abertura da casa.


No repertório, Adilson entoa os seus grandes sucessos, como “Duas flores”, “Olga ”, “O relógio”, “Só liguei porque te amo”, “Não chores, benzinho” e “Sonhar contigo”, esta última grande hino da trajetória musical do cantor, que já foi regravada por nomes como Elymar Santos, Agnaldo Timóteo, Orlando Dias e Tânia Alves.

A primeira composição de Adilson Ramos veio aos 11 anos de idade. O cantor ganhou prestígio antes do movimento da “Jovem Guarda”, tendo começado a sua carreira aos 15 anos, quando gravou o primeiro disco, intitulado “Olga”, lançado em abril de 1960.

Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada), disponíveis na bilheteria da sede da entidade. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelo telefone (81) 3242-7522.

Serviço: