Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Gestor do Paulista apresenta aplicativo de segurança à Secretaria de Defesa Social



Na manhã desta segunda-feira (04), o secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil do Paulista, Manoel Alencar participou de uma reunião na sede da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, no Recife, para apresentar o aplicativo “Paulista Conectada”, ferramenta digital que encurta a relação entre a gestão e a população no intuito de reforçar ainda mais a segurança pública no município.

O encontrou durou aproximadamente duas horas, tempo aproveitado pelos gestores da entidade estadual para a realização de perguntas referentes ao sistema operacional e financeiro do aplicativo. Humberto Freire, secretário-executivo de Defesa Social e Segurança Pública de Pernambuco, elogiou a ferramenta e comentou a importância da participação popular no serviço segurança. “É um utensílio realmente interessante, a atuação popular fortalece o serviço de segurança pública, aumentando assim a sensação de bem estar”, frisou.

O secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil, Manoel Alencar, destacou a praticidade que o App oferece aos munícipes em casos de denúncias. “As pessoascostumam desistir de fazer denúncias devido à burocracia e falta de tempo, por conta disso, criamos o aplicativo para auxiliar a população a reportar casos de violência, falta de iluminação e atitudes suspeitas de maneira prática e simples”, concluiu.

O encontro contou com a participação de Antônio de Pádua Vieira Cavalvanti, sec. de Defesa Social e Segurança Pública do Governo do Estado; Major Jonas, gerente da GACE; Josias Silva, comandante da Guarda Municipal do Paulista; Inaldo Bezerra, analista de dados da Guarda Municipal do Paulista; e Roberto Wanderley, engenheiro da Defesa Civil do Paulista.


Foto produzida por Jorge Macrino / Prefeitura do Paulista


Caminhada do Terreiro de Pai Edu celebra Yemanjá



Concentração será no Alto da Sé, em Olinda

A orixá Yemanjá, considerada mãe do candomblé, rainha das águas e símbolo de maternidade fecunda e nutritiva, será celebrada na caminhada do Terreiro de Pai Edu, nesta quinta-feira (07.12), com concentração às 17h, no templo, no Alto da Sé. Após quase 20 anos sem a famosa Caminhada Azul de Yemanjá, em Olinda, por motivos de saúde do Babalorixá Pai Edu, este ano o evento será retomado. Com a morte de Pai Edu, considerado o rei do candomblé do Brasil, em maio do ano passado, a filha dele - a mãe pequena (YaKeke-rê), Juliana Barbosa, decidiu retomar a tradição em homenagem ao pai. A caminhada organizada pelo Terreiro do Pai Edu é promovida em parceria com o Coletivo dos Artistas da Praia e a Prefeitura de Olinda.

A programação começa, às 18h com ritual do toque, celebração para chamar os orixás, no Palácio do Pai Edu. Às 21h os fiéis sairão em caminhada com cânticos até a Praça do Carmo, de onde parte uma carreata até a imagem de Yemanjá, na ponte do Janga, no limite entre Olinda e Paulista. Na sequência, os adeptos da religião africana vão fazer suas oferendas de frutas, presentes, joias, flores, pedidos e agradecimentos ao mar.

“O objetivo da caminhada Azul de Yemanjá é retomar a tradição religiosa de matiz africana e manter viva essa festa”, ressaltou mãe pequena (YaKeke-rê), Juliana Barbosa.

Paulista realiza Conferência Municipal de Educação

De terça (05) até quinta-feira (07), o município do Paulista realiza a Conferência Municipal de Educação. A ação é proposta no contexto de mobilização e preparação para as conferências Estadual e Nacional de Educação. Podem participar deste evento representantes do Poder Executivo; segmentos educacionais; setores sociais e entidades que atuam na área de educação. 
As atividades ocorrem em datas e locais diferentes. Nos dias 05 e 06 serão realizados os grupos de trabalho e discussão, que acontece no Centro de Formação de Professores, localizado no bairro da Aurora, área central da cidade, pela manhã e tarde. No dia 07 haverá a plenária para avaliação da produção dos grupos, no auditório da Faculdade Joaquim Nabuco, Centro, a partir das 8h.
Os participantes deverão fazer as inscrições de acordo com os eixos temáticos estabelecidos no documento de referência. A Conferência Municipal de Educação do Paulista é realizada pelo Fórum Municipal de Educação, através da parceria entre o Conselho e a Secretaria Municipal de Educação da cidade.
Serviço:
O quê – Conferência Municipal de Educação
Quando – Terça (05) e quarta (06), pela manhã e tarde; quinta (07), às 8h.
Onde – Terça e quarta no Centro de Formação de Professores, bairro da Aurora, Rua Edson Borges, Centro; Quinta na Faculdade Joaquim Nabuco, Av. Mal. Floriano Peixoto, s/n, Centro.

Jornada Multicultural de Natal abre as comemorações de fim de ano em Paulista

Foto: Divulgação internet/ café com birosca
O Ecoparque das Paineiras, na Rodovia PE-15, em Paulista, será palco, nesta quarta-feira (06.12), da Jornada Multicultural de Natal. Durante o evento, o público vai poder conferir apresentações culturais com grupos de percussão, formados por 300 jovens assistidos por oito instituições sociais; cantata natalina; feira de artesanato e serviços gratuitos de beleza e de higiene pessoal. O ponto alto do evento será a inauguração da iluminação de Natal e a chegada do Papai Noel ao som dos blocos líricos da cidade e de outros municípios, a partir das 18h30.
A Jornada Multicultural de Natal tem início às 8h e segue até 18h30. A iniciativa é uma ação conjunta das secretarias de Políticas Sociais e Esportes; Educação; Infraestrutura, Serviços Públicos e Meio Ambiente; Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura; Executiva de Políticas para as Mulheres. O evento é aberto ao público.
Confira a programação:
Manhã: 8h – Feira de artesanato, serviços de beleza e higiene pessoal.
Tarde: 14h – Apresentações culturais com grupos de percussão com 300 jovens e cantata natalina.
Noite: 18h30 – Inauguração da iluminação de Natal e chegada de Papai Noel e blocos líricos.
Serviço:
O quê: Jornada Multicultural de Natal.
Quando: Quarta-feira (06.12), das 8h às 18h30.
Onde:  Ecoparque das Paineiras, Rodovia PE-15, em frente ao Terminal Integrado Pelópidas Silveira.

Recife sedia seminário nacional sobre responsabilidade socioambiental do setor de saneamento

As metodologias de trabalhos socioambientais aplicadas nos serviços, investimentos e obras de saneamento no Brasil, na perspectiva de promover diferentes práticas de responsabilidade social, serão apresentadas e discutidas por profissionais da área de responsabilidade socioambiental de companhias de todo o Brasil durante o I Seminário de Educação e Responsabilidade Socioambiental das Empresas de Saneamento. O evento será realizado no Recife, na sede da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), no bairro de Santo Amaro, de amanhã (5) até quinta-feira (7). A proposta é provocar uma reflexão acerca dos desafios regionais e nacionais e elaborar um documento de referência sobre a responsabilidade socioambiental no contexto da política de saneamento.
No seminário, haverá uma exposição sobre as ações, projetos e programas de responsabilidade socioambiental desenvolvidos pelas empresas de saneamento, buscando integrar os profissionais da área e compartilhar as boas práticas e experiências. A programação prevê palestras com a socióloga Andréa Santini Henriques, pesquisadora da Diretoria de Avaliação da Conformidade do Inmetro - e gestora do Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social – e com o presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes), o engenheiro Roberval Tavares, atual Superintendente da Sabesp. Outros palestrantes são o jornalista Ricardo Voltolini, diretor-presidente da consultoria Ideia Sustentável e criador da Plataforma Liderança Sustentável, e o ambientalista, educador popular, dramaturgo, cordelista e engenheiro Rodolfo Cascão, que coordena o Grupo Parangolé Arte Mobilização e é consultor em mobilização social e arte educação. A abertura acontece amanhã, a partir das 18h.
SERVIÇO:
I Seminário de Educação e Responsabilidade Socioambiental das empresas de Saneamento
Quando: de 5 a 7 de dezembro de 2017
Onde: Centro Administrativo Governador Eduardo Campos (Avenida Doutor Jayme da Fonte, S/N, Santo Amaro – Recife/PE)

Carla Rio e Xande de Pilares no Rio de Janeiro

No último domingo (3), a cantora Carla Rio celebrou o Dia Nacional do Samba em Cabo Frio - RJ. A sambista encontrou com Xande de Pilares nos bastidores da Festa de São Pedro.  

Filha do compositor Alírio Moraes, Carla Rio nasceu em uma família musical. A avó tocava cinco instrumentos o que fez com que a casa sempre fosse um ponto de encontro para muitos artistas. Advogada, a sambista resolveu se dedicar ao ritmo por influência do pai, compositor de samba dos Donzelos de São José, Traquinas de São José, Donzelas, Estudantes de São José. 

Em 2017, Carla Rio lançou seu primeiro álbum, intitulado “De Olho no Samba”, com direção musical do ex-exaltassamba Chrigor.

Lança comunicação

OAB-PE promove discussão sobre direito de dispor do próprio corpo, uso de drogas e distorções trazidas pela política proibicionista no Brasil

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) da OAB Pernambuco promoverá, nessa quarta-feira (06), a partir das 18h, o seminário O direito de dispor do próprio corpo e o desafio da política sobre drogas. Para falar sobre a questão, foram convidados nomes de reconhecimento nacional no assunto, como o doutor em Ciência Política, professor acadêmico, escritor e delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro Orlando Zaccone. O debate ocorrerá no auditório da Faculdade de Direito do Recife, na área central da capital. O acesso é gratuito e não exige inscrição.
“A principal abordagem do seminário envolverá os desafios trazidos pela legislação em vigor no país. Ele também enfocará a liberdade de debater e enfrentar tabus que foram massificados como verdades absolutas retirando dos indivíduos a possibilidade de compreender a totalidade da sociedade e suas reais contradições e conflitos, os quais foram substituídos por falsas verdades”, disse o membro da CDH Marcelo Gadelha.
De acordo com o advogado, o encontro quer debater o tema com especialistas no campo da ciência no sentido de utilizar o conhecimento e o diálogo como a melhor arma de combate frente às mazelas sociais causadas pela política proibicionista de drogas no Brasil. “Ao longo dos anos, essa política provocou algumas distorções sociais como criminalização dos usuários e dependentes químicos; crise do sistema penitenciário devido ao aumento do encarceramento de pessoas com envolvimento com o uso de drogas; utilização do direito penal para solucionar questões de saúde pública e aumento de números de homicídios, principalmente entre jovens negros e pobres”, acrescentou.
Segundo Marcelo Gadelha, o direito ao próprio corpo ainda é algo inatingível como um direito fundamental da pessoa humana. “As normas reguladoras e limitadoras da autonomia dos corpos estão por todas as searas: limitações ao uso de drogas, à sexualidade, à liberdade de expressão e até mesmo à vida e à morte. O limite ao livre viver e pensar tem sua restrição imposta pelo bem maior que é a coletividade. Portanto, a maioria das normas de regulação do ser livre não evita que haja lesão ao direito alheio, mas tão somente impõem um modelo de conduta que a maioria julga o mais adequado.