Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

LBV faz entrega de cestas de alimentos em Pernambuco pelo Natal Permanente

Oferecer um Natal mais feliz para milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social

 

 

Enfim, chegou dezembro — e, com ele, mais um Natal. Neste mês a Legião da Boa Vontade realiza, a entrega de cestas de alimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas por ela ao longo do ano e às amparadas por organizações parceiras. A campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, visa proporcionar a essas famílias um Natal sem fome, digno e feliz.

 

Em Pernambuco, a Caravana da Boa Vontade, iniciou as entregas na Zona Rural dos municípios de Arcoverde, Buíque, Pedra, Venturosa e Tupanatinga, em cada família assistida pela Instituição era percebido a alegria de retornar ao lar, com alimentos para oferecer aos seus filhos um Natal farto e digno.

 

A família da senhora Cilene Avelino é composta por 5 pessoas, ela resideno sítio Bica na cidade da Pedra, comentou que seu esposo está desempregado por causa da falta de chuva na região, eles sobrevivem de programas sociais e o recurso financeiro não cobre o sustento da família. “A cesta de alimentos da LBV chega em boa hora e temos a certeza de comida na nossa mesa neste Natal”, declarou. Em Buíque, a LBV esteve nos sítios Amaro, Xerém, Morro Vermelho, Barreiras, Ferreiros e Catonho. Para a senhora Elza da Silva, moradora no sítio Xerém, declara que a presença da Instituição na região tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida de cada família. “A LBV em nossas vidas é uma benção que Deus enviou. A cesta é um presentão para que o nosso Natal seja farto de comida na mesa, agradecemos a todos os colaboradores da LBV para que Ela chegue até nós”, agradeceu a senhora Elza da Silva.

 

Em Venturosa, na Comunidade Grotão, milhares de pessoas foram assistidas pela LBV, entre elas, a família de Aline dos Santos, relatou a equipe de comunicação da Instituição,  que trabalha na roça e um dia que trabalho, ela ganha 30 reais, com isso tem enfrentado muita dificuldade para colocar o alimento na mesa. “ Nossa vida é bastante precária, a LBV chega em um momento em que precisamos. E com esse presente da LBV, o Natal da minha família vai ser o melhor que já tivemos, por que está garantida a nossa alimentação”, faa emocionada a mãe Aline.

 

No município de Tupanatinga, a Instituição, assistiu centenas de famílias dos sítios Sanharó, Serra dos Dé, Serra das Onças, dos Macacos, Boqueirão, entre outros sítios. A senhora Crispiliana Eudócia Barbosa, do sítio Capoeiras, bastante feliz com o presente de Natal da LBV comentou: “Nós agradecemos o apoio da LBV, somos famílias que necessitamos muito, mais temos a certeza que esse ano o nosso Natal será muito mais feliz com esse presente (cesta de alimentos) que recebemos de vocês”, disse.

 

Na capital pernambucana, dia 21 de dezembro, quinta-feira, às 10h, encerra a mobilização solidária natalina, a LBV entregará para as famílias que ao longo do ano participam diariamente de seus programas socioeducativos. A solenidade de entrega das cestas acontecerá na Sede da LBV, localizada na Rua dos Coelhos, 219 – Coelhos, próximo ao Cais José Mariano. No Estado a Instituição assistiu  mais de 2.250 famílias neste Natal.

 

Para angariar um milhão de quilos de alimentos e distribuí-lo a mais de 50 mil famílias, nas cinco regiões brasileiras, a campanha contou com a adesão de dezenas de artistas, esportistas e personalidades da mídia. As ações e a repercussão dessa mobilização podem ser acompanhadas no sitewww.lbv.org/natal e nas páginas da Instituição no Facebook, noInstagram e no YouTube, digitando-se o endereço LBV/Brasil.

Boa notícia: 13º hoje na conta dos servidores de Igarassu



A Prefeitura municipal de Igarassu (PMI), na Região Metropolitana do Recife (RMR), antecipou o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores ativos e inativos, o pagamento será efetuado no dia de hoje (14). A segunda parcela antecipada deve aquecer as compras de fim de ano no comércio local. "A Prefeitura, através de uma força-tarefa da secretaria de Finanças mostra a organização de uma gestão equilibrada e que honra seus compromissos” ,  afirmou o prefeito Mário Ricardo (PTB).

No dia 30 de novembro a PMI pagou R$ 6,3 milhões correspondente aos salários  e nesta quinta-feira (14), R$3,5 milhões do 13º e no final deste mês, com o pagamento de dezembro, mais R$6,3 milhões serão depositados nas contas dos servidores, totalizando assim, R$16,1 milhões injetados na economia da região local no final do ano de 2017.

Cantata leva clima natalino ao bairro de Jardim Paulista Baixo

Ao som de canções que representam a época estudantes da rede municipal do Paulista encantaram o púbico na V Cantata Natalina, que aconteceu nesta quarta-feira (13.12), na Praça Aníbal Fernandes, em Jardim Paulista Baixo. O evento contou com a participação da banda marcial da Escola Municipal Firmino da Veiga, que abrilhantou ainda mais a noite com um show repleto de emoção. A iniciativa foi coordenada pela Secretaria de Educação do Paulista.

Segundo o maestro Josias Vasconcelos, que trabalha como professor de música da banda marcial, há mais de 32 anos, o momento é mais que especial para todos eles. “É muito gratificante trabalhar com essa juventude. Eu vejo nos olhos de cada o desejo de aprender e se aperfeiçoar cada vez mais e isso é muito satisfatório”, disse.

“A festa tá muito linda. É importante que a gente mantenha viva e passe para nossos filhos essa chama e alegria que o natal nos traz. Minha filha tá amando assistir tudo isso”, ressaltou a dona de casa Daniele Cavalcanti de Lima, 33 anos. 

A primeira dama do município, Andréa Pereira, também compareceu a festa e deixou uma mensagem especial para os paulistenses. “Tem coisas na vida que não têm preço. Estar aqui hoje, vendo essas crianças felizes, é uma delas. É emocionante participar desse momento e eu só tenho a desejar um feliz natal a todos e que a fraternidade entre na casa e no coração de cada um”, completou.    

“Esse ano nós descentralizamos a cantata e criamos três pólos. Já aconteceu no Ecoparque das Paineiras, hoje está sendo aqui, e dia 20 a festa será no bairro de Maranguape. É o governo do prefeito Junior Matuto, através da Secretaria de Educação, presente nos quatro cantos da cidade levando cultura e tradição para o povo”, explicou o secretário de Educação do Paulista, Carlos Junior.

MUTIRÃO DE SERVIÇOS BENEFICIA MORADORES DE SALGADINHO

Nesta quinta-feira (07.12), acontece a Operação Arrumando a Casa. O bairro beneficiado esta semana é Salgadinho.  É a quarta edição desta iniciativa da Secretaria de Serviços Públicos de Olinda, que ocorre uma vez por semana, sempre nas quintas-feiras, com uma série de atividades. Serão mais de 100 funcionários envolvidos, das 9h às 16h, com o suporte de 12 caminhões e três máquinas, realizando melhorias como troca de lâmpadas, limpeza de canaletas, varrição, tapa buracos. 

Compesa

A Compesa realiza uma coletiva, nesta quinta-feira  (14), às 9h, na  nova sede da empresa, no bairro de  Santo Amaro, para informar o andamento das obras do Projeto Olinda+Água e esclarecer a falta de água em alguns bairros da cidade provocada pelas ações do projeto. O Olinda+Água está em fase de testes, período em que podem haver intercorrências nos ciclos de  abastecimento de água. A missão do projeto é  distribuir água todos os dias em 15 bairros de Olinda, até a conclusão do projeto.
Data: 14 de dezembro, às 9 horas
Local: Centro Administrativo Governador Eduardo Campos (Avenida Doutor Jayme da Fonte, S/N, Santo Amaro)

Professor Lupércio embarca nos ônibus para identificar sentimento dos olindenses sobre transporte e serviços públicos




Trajeto percorreu diversos bairros e os principais corredores da cidade

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, deslocou-se de ônibus, na manhã dessa quarta-feira (13.12), para conferir, ainda mais de perto, as demandas diárias da população. A proposta também foi de sentir na pele as necessidades de melhoria no transporte público municipal. O trajeto teve início na parada da Avenida Tiradentes, em Rio Doce, embarcando em um coletivo da linha 881 TI Xambá (Getúlio Vargas), passando por diversos bairros e os principais corredores da cidade. 
Acompanhado da engenheira do Grande Recife Consórcio de Transporte, Simone Araújo e do secretário-executivo de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, o gestor seguiu até o Terminal Integrado do Xambá, no bairro de São Benedito. No local, conversou com usuários, enquanto aguardava no ponto de embarque da linha 842 Águas Compridas, em direção ao bairro de mesmo nome. O caminho de volta, também foi feito de ônibus. No trajeto, trabalhadores, estudantes e moradores tiveram a oportunidade de uma conversa aberta com o gestor, expondo elogios ou apresentando demandas, e tendo a chance de apontar a realidade da sua rua ou dos serviços públicos que utiliza.
Os cidadãos ressaltaram o trabalho já realizado, além da confiança nas obras em andamento. Para além da mobilidade, com a implantação de mais linhas, ajustes nos itinerários e a redução no tempo de espera dos coletivos, os usuários expuseram pedidos de diversas áreas, como educação, saúde, limpeza e infraestrutura. “Essa foi mais uma forma de estar próximo da população, olhando nos olhos, passando pela mesma rotina que o cidadão passa todos os dias. Podemos elencar o que pode ser melhorado e agir mais rapidamente”, justificou o Professor Lupércio. 
Para quem embarcava nos coletivos, a reação era de surpresa ao se deparar com o chefe do Executivo sentado nas cadeiras ou de pé nos corredores. Todos tinham seus pleitos devidamente anotados, incluindo nome, endereço e telefone para um retorno. A dona de casa Lúcia Santana, 47 anos, que seguia para levar o filho na escola, não dispensou o bate papo direto com o prefeito. “Eu reconheço que a cidade tem melhorado muito, mas quis dizer a ele algumas coisas que precisam de atenção”, revelou. O vendedor Sebastião Freitas, 36, também aproveitou o canal aberto. “Falei com ele sobre a falta d’água e alguns problemas da minha comunidade”, disse. 
O trajeto de ônibus realizado pelo prefeito deve se repetir nos próximos meses, sempre com o objetivo de ouvir a voz das ruas. De acordo com a analista do Grande Recife Consórcio, Simone Araújo, a iniciativa é vista como bastante positiva. “Podemos assim ampliar o diálogo com a prefeitura e conhecer o que os usuários mais precisam, definindo mudanças que possam atende-los”, explicou. 

A insegurança no amor


Flavio Melo Ribeiro (Foto: Arquivo Viver – Atividades em Psicologia) 
Psicólogo Flávio Melo Ribeiro CRP12/00449  

Hoje em dia muitos homens e mulheres têm optado por não viverem uma relação amorosa estável, preferindo ficar sozinhos, mas não solitários. Uns evitam qualquer relacionamento, mas a maioria sai a caça nas festas e baladas ou mesmo montam uma rede de parceiros para encontros e sexo casuais. Isto reflete duas posições opostas, por um lado pessoas seguras que optaram por determinado período da vida em função de outros projetos não investirem tempo e energia num relacionamento duradouro que implica viver os bônus e administrar os ônus desse empreendimento. E por outro, pessoas inseguras que tem medo de se perderem numa relação amorosa que implica compromisso.  

Dentre essas pessoas inseguras estão as que apresentam contradição segurança/insegurança, por fora se mostram seguras, firmes nos seus posicionamentos, por vezes até grosseiras no trato com as pessoas. Falam como são e o quanto não vão mudar deixando a escolha para o outro a aceitar dessa forma ou não. Agem assim por já terem sofrido em relacionamentos anteriores e o quanto percebem que mudaram quando ficaram sozinhas. Construíram um modo de vida que possibilitou viver sua liberdade. Mas por dentro são inseguras e tem medo de se envolverem emocionalmente por achar que amando podem voltar a agir como nos relacionamentos anteriores e voltarem a ser o que não querem mais. Nessa luta de força a insegurança ganha e para garantir que não vão voltar a sofrer preferem ficar sozinhas. Esse luta aparece no início de qualquer relacionamento já decretando o fim antes mesmo de começar ou deixam-se levar pelo relacionamento e ao se pegar amando ficam felizes, mas quando a convivência fica frequente se assustam e querem fugir. A duração dessa relação vai depender do quanto ela vai ser radical para romper ou do envolvimento do outro para entender essa carência.