Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Conheça os selecionados para Formação Musical do CEMO 2018.1



Os nomes selecionados para o curso de Formação Musical do Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO) foram definidos. As categorias são Infantil I (6 a 8 anos), II (9 a 12 anos), Adolescentes (13 a 17 anos) e Jovens Adultos (a partir de 18 anos), para o período de 2018.1. Estão sendo disponibilizadas 100 vagas.

As inscrições foram feitas de forma presencial, de 13 a 20 de dezembro,exclusivamente no CEMO, localizado na Avenida Pan Nordestina, s/n, Salgadinho. Durante o semestre, será cobrada a mesma taxa para os alunos matriculados. O início das aulas será 05.02.2018. Para outras informações o interessado deve ligar (81) 3241-5065, enviar e-mail para  cemolinda.cemo@gmail.com, ou se dirigir à secretaria do CEMO.

CONHEÇA OS ESTUDANTES SELECIONADOS: 

Prefeitura de Olinda assina contrato para recolhimento de animais soltos em vias públicas

Parceria foi concretizada nesta quarta-feira (27.12), em reunião no gabinete do prefeito

No primeiro dia útil de 2018 (2 de janeiro) Olinda terá um novo serviço: recolhimento de animais nas ruas da cidade. Nesta quarta-feira (27.12), a prefeitura e a GCinco Comércio e Serviços assinaram o contrato formalizando a parceria. A empresa será responsável pela retirada dos bichos, com coordenação da Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural do município.
Serão capturados animais de grande porte, como cavalos, bois, vacas, burros e mulas, que estejam abandonados. Dois telefones estarão à disposição, de segunda a sábado, no horário comercial, para receber denúncias da população: 3439.5535 e 9.7104-7051. É necessário que o denunciante avise qual é o animal e onde ele se encontra. Assim, um caminhão será deslocado, com dois laçadores, para efetuar o recolhimento e alojamento.
“Na realidade é um clamor de muitos anos. Evidentemente, gostaríamos de ter colocado isso em prática desde o início de nossa gestão. Porém, tem a questão da legalidade, tudo tem um trâmite. Mas hoje conseguimos resolver tudo junto à Procuradoria do município e a partir de agora vamos ter uma fiscalização. Junto com a população, vamos acompanhar e fazer um trabalho educativo, com carro de som, faixas, panfletos, para orientar os cidadãos. Eu como gestor e morador da cidade, me sentia incomodado com os animais se multiplicando nas ruas. Hoje, demos um grande passo”, destacou o prefeito Professor Lupércio.
O local onde os animais serão alojados fica no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, sede da GCinco. O espaço é adequado, com conforto, segurança, limpo e também será oferecida alimentação adequada, de acordo com o diretor da G5 Comércio e Serviços, Glebson Dutra. Já o proprietário do animal será notificado e terá até cinco dias para resgatá-lo.
“Vamos realizar o recolhimento, mas essa ação visa sensibilizar os próprios donos de animais a retirar seus bichos. O contrato tem duração de seis meses, porém, durante esse período, vamos seguir na licitação para que possamos fazê-la o mais rápido possível, para que tenhamos uma resposta definitiva à população. A contratação dessa empresa foi feita de forma legal, responsável, com trâmite passado pela Procuradoria. Temos o parecer jurídico de que pôde ser feita a contratação”, acrescentou o secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho.
Convidada para acompanhar a cerimônia de assinatura, a representante da Confederação Nacional de Defesa Animal (Confaos) e Federação das Associações e ONGs da Defesa Animal do Estado (Faos), Goretti Queiroz, mostrou-se satisfeita com as propostas apresentadas pela Prefeitura e GCinco.
“Essa é uma antiga reivindicação nossa. Brigamos ferrenhamente para que alguma coisa possa acontecer com os animais de grande porte. Finalmente vislumbramos um final feliz, depois de muitos anos na luta. A Secretaria de Meio Ambiente foi muito acessível às conversas conosco”, concluiu Queiroz.

Em Olinda, Av. Carlos de Lima Cavalcanti passa por serviço de recapeamento

O investimento nessa requalificação da Av. Carlos de Lima Cavalcanti está orçado em R$ 350 mil


Uma das mais importantes vias de Olinda, a Av. Carlos de Lima Cavalcanti, em Bairro Novo, está recebendo um serviço de recapeamento asfáltico. Através da Secretaria de Serviços Públicos do município, cerca de 20 homens estão requalificando um total de 8.400 m² da via. Os trabalhos estão sendo realizados no período da noite e madrugada para evitar transtornos no tráfego de veículos e evitar interdições.

Fernando garante 10 ambulâncias e 20 gabinetes odontológicos para Caruaru

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, ligou na manhã desta quinta-feira (28/12) para o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) e comunicou a aquisição de 10 ambulâncias e 20 gabinetes odontológicos que serão disponibilizados para o município de Caruaru. Fernando telefonou para a prefeita Raquel Lyra (PSDB) transmitindo a notícia. 

“Sabemos das dificuldades que todos as prefeituras enfrentam, especialmente no campo da saúde, que é uma prioridade. Caruaru é uma referência para todo o Agreste de Pernambuco e estes equipamentos ajudam na prestação de serviços melhores para a população da cidade e da região”, destacou. O investimento, que será feito pelo Governo Federal, está avaliado em torno de R$ 3 milhões.

Plano Local de Habitação de Interesse Social é aprovado em audiência pública no Paulista

Na manhã desta quinta-feira (28.12), o Plenário da Câmara dos Vereadores do Paulista, no Centro da cidade, sediou uma audiência pública. Na ocasião, o Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS) foi apresentado e aprovado pelos representantes dos diversos segmentos que participaram do evento. A iniciativa reúne uma série de ações que promovem o desenvolvimento urbano e habitacional no município.
Segundo a arquiteta e urbanista da prefeitura, Jaina Poesi, o plano tem duas vertentes e teve embasamento em dados oficiais. “Foi realizado um diagnostico do déficit habitacional em dois formatos: quantitativo é quem realmente tem ausência de habitação e qualitativo são aquelas pessoas que estão em habitação inadequada ou com falta infraestrutura. Tivemos como base os dados do IBGE de 2010, do CadÚnico municipal, com os números de agosto de 2017 e um levantamento de 2008 que fez um relatório de todos os assentamentos precários. Dessas informações tiramos um diagnóstico”, disse. Ela ainda deixa claro que é a partir dele que ações poderão ser realizadas. “Esse plano conta com propostas e direcionamentos, ele dá diretrizes”, pontuou.
O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Robertinho Couto, destaca a importância da implantação do plano na cidade. “O PLHIS vem com proposta através do Governo Federal, da Secretaria Nacional de Habitação, onde ela aborda que todas as políticas habitacionais precisam estar em um plano municipal. Isso se contingencia ainda no que se refere à recepção de recursos, liberação de verbas, algumas verbas extraordinárias para a área de habitação, só serão destinadas para municípios que tem o plano. Então, Paulista segue na frente com essa implementação, tendo em vista que não podemos ficar inadimplentes na obtenção de recursos”, argumentou.
Entre as metas do plano está a criação de novos habitacionais, regularização jurídico-fundiária das moradias, urbanização, obras de infraestrutura nos assentamentos precários, pesquisa sobre o estoque de imóveis vagos no munícipio e a modernização da administração pública para atender este setor.
Robertinho Couto ainda destaca a necessidade do envolvimento de diversos segmentos na construção do plano. “A gente tem como objetivo discutir isso com a sociedade, por isso que estamos fazendo uma audiência pública. Formalizamos o conselho municipal de habitação, afim de que a população também pudesse discutir da elaboração do plano. Nosso corpo técnico também ajuda na elaboração do plano e a sociedade civil através dos movimentos fez suas observações e continuará fazendo ao longo das reuniões do conselho municipal de habitação”, frisou.

Operação Réveillon garante mobilidade e segurança na festa da virada em Olinda

Esquema contará com pontos de bloqueio no tráfego, reforço no policiamento e a ampliação do trabalho de limpeza de ruas e avenidas da cidade
MAPA EM ANEXO

A Prefeitura de Olinda organizou um esquema de trânsito, segurança e mobilidade para a festa da chegada de 2018. A Operação Réveillon tem início a partir da manhã deste domingo (31), com reforço no policiamento, interdição das principais avenidas e, ainda, a ampliação do trabalho de limpeza, deixando a cidade nos trinques. Para quem vem participar da virada na orla, junto com amigos e familiares, é importante ficar atento aos pontos de embarque e desembarque, assim como as rotas alternativas, evitando perder qualquer detalhe da grandiosa queima de fogos e das apresentações musicais.

A partir das 8h, quatro pontos de bloqueios fixos e dois móveis começam a tomar conta das vias que dão acesso à orla de Olinda, sendo finalizados a partir das 5h do dia 1º de janeiro. O trecho vai da Rua Alcina Coelho de Carvalho até a Joana D’Arc, em Casa Caiada. O tráfego também ficará interrompido com manilhas de concreto em trechos da Avenida Ministro Marcos Freire, próximo ao colégio Dom, em frente às ruas Alcina Coelho de Carvalho, Caetano Ribeiro, Carlos Nigro e próximo ao Habib’s, em frente à Rua Joana D’arc. Já os bloqueios móveis poderão dar acesso temporário para orla, sendo marcados por cones de sinalização, nas ruas Carlos Moreira Leite e Thomaz Antônio Guimarães, próximo a Avenida José Augusto Moreira.

A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito reforça que apenas os veículos de moradores, portando comprovante de residência, poderão ter o acesso liberado. A regra vale também para quem se inscreveu para a instalação de toldos na praia. Quem desejar abastecer os toldos com alimentos e bebidas deverá fazer isto até 19h, com permanência de uma hora para descarregar os produtos e materiais. Em todo o circuito, um efetivo de 15 agentes de trânsito estará a postos, cobrindo os trajetos a pé e também motorizados. Os profissionais também vão orientar pedestres e motoristas quanto as melhores rotas. Vale lembrar que a queima de fogos vai acontecer, a partir da meia-noite, em três pontos: em frente à Igreja do Carmo, Praia do Quartel e Colégio Dom.

Segurança 
No quesito segurança, a Operação Réveillon em Olinda vai contar com o reforço de 45 policiais militares e 35 guardas municipais. Na Avenida Ministro Marcos Freire, será instalada uma Base Comunitária Móvel de Videomonitoramento, na altura do Colégio Dom. A BCMV possui três estações de acompanhamento e nove câmeras de alta tecnologia acopladas, trazendo mais tranquilidade para quem vem participar da festa. Além disso, duas Viaturas da Guarda Municipal e duas motocicletas estarão realizando patrulhamento preventivo e em contato com o efetivo da PM.

Limpeza
Para garantir que a cidade permaneça nos trinques, antes e depois da festa de Réveillon, a Secretaria de Serviços Públicos também reforçou o numero de equipes. Desde o início da semana, os profissionais atuam no recolhimento do lixo, varrição e lavagem das ruas e calçadas. Na orla, principal palco da festividade, o trabalho também vai se estender na faixa de areia, deixando o ambiente sempre convidativo para os moradores e visitantes. No pós-festa, a partir das 5h30 de 1º de janeiro, haverá um novo mutirão de limpeza. O apelo de conscientização permanece para que a população evite descartar no chão as garrafas, alimentos, sacos, latas e todo tipo de material. Quem puder trazer o seu próprio saquinho e ao final recolher o que for utilizado, estará contribuindo para o meio ambiente, construindo uma Olinda cada vez melhor.

Prefeitura de Petrolina recebe R$ 5,5 milhões para investir em quadras esportivas

Pelo menos 30 quadras públicas serão reformadas ou construídas, a partir do próximo ano, em Petrolina. As obras serão garantidas por meio de um investimento de R$ 5,5 milhões do Governo Federal. Os recursos foram empenhados, nesta quinta-feira (28), para a Prefeitura de Petrolina programar o calendário de reformas e construções.

As obras serão realizadas tanto na área urbana como nas regiões do interior (sequeira, ribeirinha e irrigada). A verba é resultado de emenda parlamentar do deputado licenciado e ministro Fernando Filho e vinha sendo cobrada pelo prefeito Miguel Coelho desde abril, quando o gestor reivindicou pessoalmente ao ministro dos Esportes, Leonardo Picciani.

A expectativa é de que as licitações para as primeiras quadras sejam iniciadas já no próximo mês. “Falei com o ministro Fernando Filho hoje e ele conseguiu junto ao Governo Federal a liberação desses recursos no finalzinho do ano. É uma grande notícia para a população de Petrolina. Agora vamos organizar todos os trâmites para contratar as empresas que irão realizar as obras em vários bairros da cidade e na zona rural”, comemora o prefeito Miguel Coelho.

Além da verba para as quadras, a Prefeitura receberá cerca de R$ 900 mil para reformar o Estádio Municipal Paulo Coelho. “Esses investimentos serão muito importantes para o incentivo ao esporte em Petrolina. Conseguimos interceder junto ao Ministério dos Esportes para liberar esses recursos ainda este final de exercício financeiro. E isso mostra a importância de termos alguém mais próximo em Brasília na luta para trazer recursos para nosso estado”, destaca o ministro e deputado licenciado Fernando Filho.

FOTOS: Jonas Santos

Olinda recebe R$ 50 milhões para obras de infraestrutura

Os recursos serão destinados a obras de contenção de encostas em 90 áreas de risco alto e muito alto


Fotos: Sandro Barros / Prefeitura de Olinda


A Prefeitura de Olinda através do deputado federal Augusto Coutinho destravou junto ao Ministério das Cidades, um convênio de 2012, no valor R$ 50 milhões. Os recursos serão destinados a obras de contenção de encostas em 90 áreas de risco alto e muito alto na periferia do município. A gestão atual já havia cumprido todos os estudos técnicos perante a Caixa Econômica Federal desde o primeiro semestre de 2017.
Na mesma reunião, realizada na tarde desta quinta-feira (28/12), a prefeitura também conseguiu por meio de emenda do parlamentar o montante de R$ 1.574,000 (um milhão quinhentos e setenta e quadro mil reais) para obras infraestrutura na cidade de Olinda. “Estamos contentes com a chegada destes recursos que irá contribuir bastante na melhoria da qualidade de vida da população olindense, principalmente para as pessoas que vivem nos altos”, afirmou o secretário de Serviços Públicos de Olinda, Evandro Avelar.
Deste total da emenda, R$ 307 mil já foram autorizados como pagamento da 1ª parcela para realização de obras, no bairro de Águas Compridas, Zona Oeste do município. A Secretaria informou que os serviços serão realizados no primeiro semestre de 2018.
“É um projeto grande para o município. Após bom diálogo com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, conseguimos trazer estes recursos que muito ajudará no desenvolvimento da cidade de Olinda”, ressaltou o deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE).

Praias de Igarassu estão próprias para banho neste verão


Quem quiser aproveitar bem o verão pode vir para Igarassu com tranquilidade porque as praias da cidade estão limpas e adequadas para banho de mar. De acordo com pesquisa realizada pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), várias praias de Região Metropolitana do Recife (RMR)  estão impróprias para banho, mas as de Igarassu estão fora da lista. A ilhota Coroa do Avião, uma das sete maravilhas de Pernambuco, a Praia dos Marcos, Praia do Capitão e Praia da Gávoa estão com o mar ideal para os banhistas. Agora, é só aproveitar as belezas naturais do Litoral Norte em Igarassu e curtir o verão com segurança que a  Prefeitura oferece.

A classificação das praias e rios está baseada nas normas estabelecidas pela Resolução CONAMA nº 274, de 29 de novembro de 2000, que revoga os artigos de nº 26 ao 34 da Resolução CONAMA nº 20 (18/06/86) e define os padrões de qualidade da água destinada à balneabilidade. Segundo a Resolução, as águas doces, salobras e salinas, destinadas à recreação de contato primário, podem ser classificadas como impróprias devido a concentrações de coliformes fecais ou totais, em um conjunto de amostras de cinco semanas consecutivas. 

Você é nosso convidado!

Convidamos você a participar da inauguração do escritório da Tagwoods. Será hoje, às 18h, na rua Surubim, nº 100, Arthur Lundgren II, Paulista - PE. 





Projeto concede pensão vitalícia a vítimas de microcefalia causada pelo vírus zika

RafaelNedermeyer/FotosPúblicas


O Projeto de Lei do Senado (PLS) 452/2017 concede uma pensão mensal para pessoas diagnosticadas com microcefalia causada pelo vírus zika. O benefício, vitalício e intransferível, será concedido para pessoas de famílias com renda inferior a quatro salários-mínimos. A proposta, de autoria do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), está em análise na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) é a relatora do projeto na comissão.
Na justificativa do projeto, o autor lembra que a microcefalia ocorre em função de mais de uma causa, sendo uma delas a infecção da gestante pelo vírus zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. O senador argumenta que a erradicação do mosquito era um dever do Estado por conta das “consequências danosas à saúde pública, principalmente em razão da dengue”.
“O que esta proposição sugere como valor indenizatório, para a faixa de renda que julga necessitada da mesma, não configura senão a assunção de parte da responsabilidade pelas consequências da negligência do Estado”, afirma Lindbergh.
O senador classificou a proposta como uma “indenização parcial”, pois afirma que “é evidente que o ônus material e espiritual que recai sobre as pessoas e as famílias não é passível de ser devidamente indenizado por qualquer dinheiro no mundo”.
Em maio deste ano, o Ministério da Saúde declarou o fim da Emergência Nacional em Saúde Pública por conta do zika vírus e sua associação com a microcefalia e outras alterações neurológicas. O número de registros da infecção caiu cerca de 95% nos primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2016.
De fevereiro até abril do ano passado, segundo dados do Ministério, foram registrados 2.844 casos confirmados de gestantes com a doença. Já nos quatro primeiros meses de 2017, foram registradas apenas 293 gestantes confirmadas com o vírus.

Pensão

O valor da pensão será estipulado de acordo com pontos-indicadores da natureza e do grau da dependência resultante da doença microcefálica e não será inferior a um salário mínimo. Os critérios para classificação dos níveis da enfermidade serão baseados em avaliações de “incapacidade para o trabalho, para a deambulação, para a higiene pessoal e para a própria alimentação”.
Pelo projeto, para ter acesso ao benefício a pessoa diagnosticada com microcefalia deverá apresentar um requerimento da pensão ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) acompanhado de um atestado médico comprobatório das condições do paciente, emitido pelo próprio INSS. O Instituto se responsabilizará pelo processamento, a manutenção e o pagamento da pensão.
O recebimento da indenização, segundo a proposta, não prejudicará outros benefícios de natureza previdenciária ou assistencial. Além disso, é vedada qualquer redução por conta de acúmulos de outros benefícios.
Após ser avaliada pela CAE, a matéria também será analisada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), em decisão terminativa.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Paulo Câmara concretiza regulação fundiária em duas comunidades da Ponte do Maduro, no Recife

Importante instrumento para a promoção da cidadania, a regularização fundiária oportunizará, a partir de agora, acesso a políticas públicas, segurança jurídica e benefícios sociais para cerca de 2,7 mil pessoas que vivem nas localidades da Ilha do Chié e Ilha do Joaneiro, no Recife. Isso porque o governador Paulo Câmara entregou, nesta quarta-feira (27.12), ao lado do prefeito Geraldo Julio, 450 títulos de posse aos moradores das duas comunidades ribeirinhas que integram a tradicional ocupação da Ponte do Maduro, localizada na área central da capital pernambucana. A solenidade de entrega das escrituras foi realizada na sede da Secretaria Estadual de Habitação, no bairro de Campo Grande.


“Era um compromisso e sonho antigos que o Estado tinha com essas pessoas e que nós estamos tendo a oportunidade de realizar, regularizando essas moradias. A partir de agora, essas pessoas vão ter a certeza da posse do terreno em que vivem há anos e poderão passar para os seus herdeiros. Além disso, contarão com todos os instrumentos legais e necessários para garantir os seus direitos e aproveitar as oportunidades”, destacou o governador, registrando sua satisfação em poder concretizar e avançar em mais uma etapa do Plano de Regularização Fundiária de Pernambuco, que teve como tema “Sua casa agora tem dono: você”.
Do total de títulos entregues, 190 foram para habitantes da Ilha do Chié e 260 para a Ilha de Joaneiro. Além dessas, serão beneficiadas outras duas comunidades que deram origem à ocupação da Ponte do Maduro: Santa Terezinha e Santo Amaro. Para estas últimas, serão concedidos pelo Governo de Pernambuco 1.625 títulos de posse ainda no primeiro semestre de 2018. Além das entregas desta quarta, outros 284 títulos já foram entregues para moradores da área.

PE no Campus já começa a ofertar bolsas no início de 2018

Governador Paulo Câmara sancionou, nesta sexta-feira, a Lei que formaliza o início do programa, beneficiando mil estudantes da rede pública.
Concretizando o compromisso assumido com o fortalecimento da educação pública estadual, o governador Paulo Câmara sancionou, nesta sexta-feira (22.12), no Palácio do Campo das Princesas, a Lei nº 16.272/2017 que oficializa a criação do Programa de Acesso ao Ensino Superior – PE no Campus. A iniciativa irá garantir mil bolsas aos estudantes da rede pública que obtiverem as maiores notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no exame do Sistema Seriado de Avaliação (SSA), para o ingresso nas universidades públicas. A primeira edição do programa já começa a valer no primeiro semestre letivo de 2018, contemplando os participantes do Enem 2017 que preenchem os pré-requisitos para as vagas. O edital do processo seletivo será divulgado pela Secretaria Estadual de Educação no mês de janeiro.


“Agora é uma política de Estado, não mais de governo. Essa é uma conquista importante porque nós acreditamos que é um incentivo necessário, principalmente nos dois primeiros anos de curso, onde a manutenção é sempre mais difícil. A gente quer garantir a presença do aluno da rede pública nas universidades. Eu acho que é um passo importante, a educação está melhorando e o Ensino Superior pode ser uma ferramenta para a formação de muitos jovens pernambucanos”, destacou o governador, completando: “A partir de agora, eles sabem que, se passarem, vão ter condições de se manterem na universidade, e vão nos ajudar a formar uma geração de pernambucanos cada vez mais preparados”.
O chefe do Executivo estadual lembrou, ainda, que a ação integra todo um planejamento bem elaborado e pensado para o desenvolvimento do setor. “O PE no Campus é fruto de um bom planejamento. Todos nós sabemos que há um limite constitucional de aplicação de 25% das receitas estaduais para a área da educação, e Pernambuco já aplica quase 27% ano a ano. Então, a gente tem a certeza de que estamos contribuindo realmente para o futuro pessoal e profissional dos nossos jovens”, cravou.
Lançada no último mês de outubro, em solenidade na Escola de Referência em Ensino Médio Ginásio Pernambucano (unidade Cruz Cabugá), a iniciativa tem como objetivo mobilizar e estimular os estudantes a participarem cada vez mais do Enem e do SSA, além de oferecer apoio financeiro aos jovens de baixa renda da Rede Estadual de Ensino, que forem aprovados em instituições públicas de ensino superior. Os selecionados desta primeira edição já começam a receber a bolsa no mês seguinte à data da matrícula. Todo o passo a passo do processo seletivo constará no edital, que será lançado no próximo mês de janeiro.
As bolsas serão ofertadas no valor de R$ 950, para o primeiro ano do curso, e de R$ 400 para o segundo ano. Essa quantia ajudará em despesas como: moradia, alimentação e transporte, entre outras. Para concorrer a uma vaga do PE no Campus, o candidato terá que ter estudado todo o Ensino Médio na Rede Pública Estadual, tendo concluído, no máximo, há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a dois salários mínimos; e ter residência fixa com distância igual ou superior a 50 quilômetros da universidade. A ação também fortalece o programa Bolsa de Incentivo Acadêmico (BIA), com a oferta de 200 bolsas de iniciação científica, no valor de R$ 400, que são oferecidas pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) para os alunos que ingressaram em universidades públicas.
“Para muitos, pode ser só um programa de bolsas. Mas o PE no Campus é muito mais do que isso. Ele é incentivo. Ele garante que aquele jovem que estudou muito para passar no vestibular tenha condições de se manter durante os primeiros anos do curso, que são os mais difíceis. Então, a gente fica muito feliz em finalizar o ano de 2017 com essa sanção, porque o grande objetivo do programa é, realmente, estimular ainda mais os estudantes e ampliar o interesse deles em relação ao estudo”, registrou o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio.
Para a aluna Pâmela Kayla, de 18 anos, que conta com a possibilidade de concorrer a uma vaga fora do Estado, a oportunidade vai garantir sua permanência fora de casa e ajudá-la a manter o foco nos estudos. “Ciências Biológicas é um curso integral. Então, para manter um estágio é difícil, e depender dos pais depois dos 18 anos é um pouco complicado. E o PE no Campus pode me ajudar a manter o curso sem que eu precise tirar o foco dele, tendo que trabalhar em outra área que não iria contribuir para o meu crescimento profissional, só para conseguir me manter”, declarou. Pâmela concluiu o Ensino Médio este ano, na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Sizenando Silveira, localizada no bairro de Santo Amaro, no Recife.
Participaram do ato também o chefe de Gabinete do governador, João Campos; e os secretários executivos de Educação, João Charamba (Gestão de Rede), Ana Selva (Desenvolvimento da Educação), Severino Andrade (Coordenação) e Ednaldo Alves (Gestão).

Prefeitura do Recife anuncia programação cultural do Réveillon

Festas serão embaladas exclusivamente por artistas e autênticas tradições do Nordeste. Entre os nomes confirmados para celebrar a virada com os recifenses, estão Nena Queiroga e Jota Michiles, Genival Lacerda, Romero Ferro, Nando Cordel e Maestro Forró, D’Breck, Geraldinho Lins e Almir Rouche. No Cais da Alfândega, Natal será festejados por pastoris e reisados, de amanhã (15) até domingo (17), a partir das 18h. (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR)


Réveillon – No próximo dia 31, a festa vai ser ainda mais animada. Para entrar em 2018 com os olhos brilhando, os recifenses contarão com a já tradicional queima de fogos na orla de Boa Viagem e com muita música pernambucana para embalar a virada.
Realizada pela Prefeitura do Recife, a festa com vista para o mar será dividida em dois palcos, montados nas areias das praias do Pina e de Boa Viagem, na altura do edifício Acaiaca. Entre os nomes já confirmados para o Réveillon recifense, estão a cantora Nena Queiroga e o compositor Jota Michiles, homenageados do Carnaval 2018.
No polo Acaica, é Nena quem faz a contagem regressiva para a chegada de 2018. Antes dela, a partir das 19h, apresentam-se Genival Lacerda, com participação do filho, João Lacerda, e Romero Ferro, com Ayrton Montarroyos. Quando 2018 chegar, quem sobe ao palco é Nando Cordel para celebrar o ano novo com seu repertório de tantos hits. A noite no palco do Acaiaca termina sob a batuta do Maestro Forró, só depois das 3h da manhã.
No Pina, 2018 será recebido com toda a energia de Jota Michiles. Mas quem chegar cedo na praia poderá conferir ainda o samba do D’Breck e um repertório especial, dedicado ao frevo, preparado por Geraldinho Lins. Depois da virada, quem conduz a festa é Almir Rouche, que vai convidar Josildo Sá para uma participação especial. Depois dele, os Amigos Sertanejos encerram a programação, com seu repertório diversificado.
Gratuita, descontraída e com vista para o Atlântico, a virada recifense já virou cartão-postal da cidade e entrou definitivamente no mapa das festas mais animadas do país.

Confira a programação:


DIA 6 DE JANEIRO
Queima da Lapinha – A partir das 17h, no Pátio de São Pedro

- Pastoril Estrela do Mar
- Pastoril Tia Nininha 3º idade
- Pastoril Giselly Andrade
- Pastoril Estrela Brilhante
- Pastoril Luz do Amanhecer
- Pastoril Estrela Guia do Recife
- Pastoril de Idosos Estrela Dalva
- Pastoril Sonho de Um Adolescente
- Pastoril Infanto Juvenil UR-3 Ibura
- Pastoril Vovó Bibia
- Mendes e sua orquestra


RÉVEILLON

ACAIACA
19h às 20h20 - Genival Lacerda, com participação de João Lacerda
20h40 às 22h - Romero Ferro, com participação de Ayrton Montarroyos
22h20 à meia noite - Nena Queiroga
0h20 à 1h40 - Nando Cordel
2h às 3h20 - Maestro Forró

PINA
19h às 20h20 - D' Breck
20h40 às 22h - Geraldinho Lins
22h20 à meia noite - Jota Michiles
0h20 à 1h40 - Almir Rouche, com participação de Josildo Sá
2h às 3h20 - Amigos Sertanejos

Aproveite o Réveillon com consciência e prudência no trânsito


O ano de 2017 está nos deixando, mas não sem antes nos oferecer a tradicional festa de encerramento que acontece no fim do mês de dezembro. Famílias reunidas comemorando o fechamento de um ciclo e dando boas-vindas a outro, a chegada do Réveillon aumenta a procura pelas viagens, o que pode ser um perigo caso o condutor seja negligente. Pensando em conscientizar essa parcela que optará pelas estradas no feriado, a Prefeitura do Paulista resolveu passar algumas dicas que ajudam a evitar acidentes.

No último mês do ano é comum visitar os parentes que passam o resto do ano distantes, a folga nas ocupações tanto das crianças como dos adultos contribui consideravelmente para isso. As pessoas em sua maioria utilizam os automóveis como carros e motos para auxiliar no deslocamento pelos lugares, por isso que o cuidado e a atenção devem ser redobrados nas vias do País.

Foi constatado que esse aumento na procura pelas estradas eleva o número de acidentes. Para se ter uma ideia, no Brasil, mais de 3,3 mil pessoas morrem por mês no trânsito, já em dezembro esse número sobe para quase 3,9 mil, crescimento em torno de 10% nos casos de tragédias fatais.

O presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho, afirmou que a imprudência dos condutores é o principal fator a causar mortes nas estradas. “Ainda que o número de óbitos por acidentes de trânsito registrados venha caindo ao longo dos últimos cinco anos, os dados assustam, comovem e merecem atenção e reflexão. Acidentes não acontecem, são causados pelo fator humano, que opta pela imprudência ao invés de seguir de forma segura e consciente a seu destino. Fica aqui nosso alerta: pessoas estão morrendo em todo nosso país e só a mudança de atitude no trânsito pode reverter esses números.”, declarou.

Se você faz parte do grupo que não vai ficar em casa, preste atenção nas dicas a seguir.

 - Antes de pegar a estrada revise seu veículo

- Nunca esqueça de utilizar os equipamentos de segurança

- Não misture álcool e direção

- Tome muito cuidado com as ultrapassagens

- Em caso de sono ou cansaço evite o volante

- Mantenha uma boa distância do carro à frente

- Não exceda o limite total de passageiros permitido por veículo