Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Anuário Estatístico 2016 mostra dados através de mapas dinâmicos

O Anuário Estatístico de Pernambuco inova em sua versão 2016 e disponibiliza uma nova forma de apresentar os dados estatísticos (como os números populacionais e o Produto Interno Bruto - PIB do Estado), a partir de mapas dinâmicos, apresentados por um Sistema de Informações Geográficas (SIG) publicado na web.

Os dados estatísticos/geográficos estão organizados em sete secções que abordam os aspectos socioeconômicos, demográficos e territoriais de Pernambuco. Os usuários podem acessar rapidamente as informações no endereço eletrônico: http://www.anuario.pe.gov.br/.

A novidade, que pode ser acessada pela sessão Mapas, se soma a estrutura mais estática do site, composta por uma série de informações disponibilizadas por mais 440 tabelas, além de gráficos e mapas em formado PDF para impressão.

A ferramenta foi desenvolvida pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, no intuito de proporcionar a ampliação e a produção do conhecimento no Estado. Ela compila informações atualizadas sobre os 184 municípios e mais o distrito de Fernando de Noronha. A ferramenta vem ampliar e fortalecer a participação da sociedade no exercício da cidadania e conhecimento de seu território.

Esta ação vem a reforçar o caminho iniciado pela Agência Condepe/Fidem na direção de novas tecnologias que facilitem a execução de processos e a disponibilização de conteúdos estatísticos e cartográficos produzidos pela casa, a exemplo, o SigTES.

Essas tecnologias baseiam-se em Geo-B.I(Business Intelligence), que incorpora a geografia como mais uma dimensão na sistematização e exibição de dados, tudo, por meio de uma interface mais intuitiva, baseada um uma linguagem visual contemporânea, que permite uma interação mais pessoal entre o usuário e a base da dados. Desta forma, possibilita que o mesmo construa suas próprias análises.


0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.