Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Sala do Empreendedor de Olinda desperta atenção do Governo Federal

Dirigentes da União estiveram na cidade para conhecer o serviço



Em atividade há apenas quatro meses funcionando, a Sala do Empreendedor de Olinda, espaço destinado para desburocratizar a documentação para microempreendedor, já é vista como referência no Norte e Nordeste. Prova disso foi a visita nesta sexta-feira (12.01) do secretário especial de Micro e Pequena Empresa do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, José Ricardo de Freitas Martins da Veiga, da secretária Executiva do Programa Bem Mais Simples da Secretaria do Governo Federal, Izabel Cristina de Oliveira Santos, e de representantes do Governo do Estado à Marim dos Caetés. O prefeito Professor Lupércio recebeu os secretários federais e o superintendente da Caixa Econômica Federal, Laércio Lemos, na sala que fica localizada na Câmara de Dirigentes Lojistas de Olinda, na Praça 12 de Março, no Bairro Novo.

O presidente da CDL, Breno Aguiar, tomou as honras da casa e iniciou apresentação agradecendo a colaboração do prefeito Lupércio e do vice Márcio Botelho. Em seguida foi a vez do gestor municipal dizer que estava satisfeito com a visibilidade e proporção da sala do empreendedor para facilitar a regularização do micro e pequeno empresário e consequentemente a economia do município, Estado e do País.

“Eu queria parabenizar o secretário José Ricardo que fez palestra rica em que pude absorver ainda mais informações sobre a importância de facilitar a vida dos micro e pequenos empresarias. Olinda sai ganhando, pois a soma de experiências e parcerias da CDL, Sebrae, faz aumentar a economia da cidade. Estou bastante otimista”, frisou Lupércio.

A secretária Izabel Cristina de Oliveira Santos afirmou que o interesse do Governo Federal em comparecer ao município surgiu porque são poucas áreas do Brasil que oferecem um espaço para o cidadão nessa linha do empreendedorismo no Brasil.