Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Força Sindical de Pernambuco vai às ruas do Recife nesta segunda (19)

Centrais sindicais e movimentos sociais se reuniram contra a votação da Reforma da Previdência


A Força Sindical de Pernambuco junto com as centrais sindicais e movimentos sociais do Estado participaram do ato político nesta segunda (19) no centro da capital pernambucana. A concentração aconteceu no Parque Treze de Maio às 15h, seguindo para a Avenida Conde da Boa Vista. Manifestações como esta aconteceram em várias outras capitais do País por conta da votação da Reforma da Previdência, prevista no plenário da Câmara para acontecer até 28 de fevereiro.
Não há indicativo de que o governo Michel Temer (PMDB) irá recuar da proposta que significa o fim da aposentadoria de milhões de brasileiros. Arthur Maia (PPS-BA), relator da proposta de reforma da Previdência que tramita na Câmara, apresentou no dia 7 de fevereiro a versão que irá a voto no plenário da Casa. Na quinta-feira (15), o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que a discussão da proposta de reforma da Previdência será iniciada nesta terça (20), mesmo se o governo não tiver votos suficientes para a aprovação.
“O movimento de hoje acontece por causa de uma unidade das centrais sindicais. Defendemos uma única bandeira, que é a defesa da manutenção dos direitos adquiridos dos trabalhadores. O ponto de resistência contra a retirada dos direitos dos trabalhadores e do pacote de maldades contra os trabalhadores brasileiros é sem duvida o movimento sindical. A reforma da Previdência vai acabar não só com o passado do trabalhador, mas também com seu futuro. Fico feliz em estar participando de mais um ato como este, a favor do trabalhador junto com as lideranças sindicais representativas do Estado de Pernambuco”, defendeu Rinaldo Júnior, presidente da Força Sindical de PE.

Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.