Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Programa Esporte Sem Assédio combate violência e assédio a atletas brasileiras

Foto: Gazeta  Esportiva

O Ministério do Esporte e a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SPM) lançaram, na manhã desta quinta-feira (29.03), o programa Esporte Sem Assédio, uma iniciativa conjunta que tem o objetivo de prevenir e combater a violência e o assédio às atletas brasileiras, sejam amadoras ou profissionais.
"O programa tem como finalidade chamar a atenção da sociedade para o assédio e a violência contra as mulheres. O Ministério do Esporte participa usando o esporte como um dos vetores dessa comunicação. Tivemos recentemente casos de assédio que se tornaram públicos e que chocaram o mundo", explicou o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, durante a cerimônia realizada no Velódromo do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. "Temos o canal de denúncia, o Ligue 180, para que as mulheres possam denunciar, se informar e se proteger. A campanha é um recado àqueles que pretendem transgredir que essa transgressão não ficará sem resposta do poder público e da sociedade. O esporte se soma a esse movimento", acrescentou o ministro.
O Ligue 180 é a Central de Atendimento à Mulher da SPM, adotada como canal de denúncia tanto no Brasil como no exterior. Com o Esporte Sem Assédio, estão sendo realizados a capacitação dos atendentes para receber as denúncias de atletas, a criação e implementação de fluxo de assistência psicossocial e jurídica, o tratamento das informações recebidas por meio de indicadores padronizados e o monitoramento. O programa prevê, também, a efetivação de protocolo único entre o Ministério do Esporte, a SPM, o Conselho Nacional de Justiça e a Rede Nacional de Enfrentamento à Violência.
"Essa parceria nasceu porque é preciso falar sobre assédio no esporte. É uma coisa muito séria. Precisamos falar sobre isso e fazer com que as mulheres possam se sentir seguras para denunciar e para que possamos prevenir o assédio. Não podemos aceitar que muitas meninas se sintam tolhidas de praticar o esporte porque sentem medo de serem assediadas", afirmou a secretária Nacional de Políticas para Mulheres, Fátima Pelaes. A iniciativa faz parte do Brasil Mulher, estratégia de mobilização em rede lançada pelo Governo Federal.
"Falar sobre o assédio é importantíssimo - e no esporte não poderia ser diferente. Um ambiente saudável no esporte é um ambiente com profissionais comprometidos com a ética e com seus valores. Os clubes precisam, também, demonstrar que têm uma política clara quanto ao assédio. Esse programa integra ações para unirmos mulheres, homens e toda a sociedade", disse a ex-ginasta Luísa Parente, que participou das Olimpíadas de Seul 1988 e Barcelona 1992. Luísa faz parte da 2a Câmara do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem, criado com o objetivo de julgar violações a regras internacionais antidopagem.
Presente à cerimônia, a nadadora Joanna Maranhão é ativa no combate a violências que crianças e jovens possam srofrer. "Fui vítima de abuso aos 9 anos pelo meu técnico da época e demorei muito para verbalizar. Estive em quatro Jogos Olímpicos, mas poderia não ter ido a nenhum se não tivesse o apoio psicológico e jurídico que tive. Muitas outras crianças não têm essa ajuda", contou a nadadora Joanna Maranhão, que esteve presente à cerimônia. "A iniciativa é super importante. Nos últimos anos, estamos abrindo portas para que as mulheres falem sobre o machismo e a violência que sofremos. Virão muitas histórias à tona. Ter coragem de verbalizar uma violência sofrida é viver ela de novo. Quando chegam pedindo provas e perguntando porque demorou tanto para falar, isso fere muito. É o momento de ter empatia pelas vítimas que têm coragem de contar suas histórias", acrescentou.
#EsporteSemAssédio
Sob a hashtag #EsporteSemAssédio, a campanha também está sendo veiculada em redes sociais, com engajamento de várias atletas, ex-atletas e personalidades do esporte. "Temos mobilização de várias das principais atletas do país. As mulheres - e também os homens - podem contribuir muito para que esse tema entre na ordem do dia da nossa sociedade para que possamos erradicar essa mazela", disse Picciani.
No próximo domingo (01.04), as federações de futebol do Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco e os times envolvidos nas finais dos campeonatos estaduais vão divulgar o programa, com atletas utilizando faixas e camisetas da campanha durante a entrada em campo.

PREFEITURA DA ESCADA DISTRIBUI PEIXE PARA POPULAÇÃO NA SEMANA SANTA

Beneficiado foram principalmente famílias em condição de vulnerabilidade social.

A Prefeitura Municipal da Escada através da Secretaria do Desenvolvimento Social realizou na manhã desta quarta-feira (28/03) a distribuição de peixe do programa “PEIXADA NA MESA” para famílias em condição de vulnerabilidade social, beneficiárias do Programa CAD único e famílias atendidas pelos serviços socioassistenciais do município.
De acordo com a Secretaria, a ação beneficiou quase 17.000 mil famílias com a distribuição descentralizada em 14 pontos em toda zona urbana e também na zona rural, foram no total mais de 20 toneladas de peixe castanha para a população, “O governo municipal que propõe em suas ações atender a quem mais precisa.", falou a Secretária do Desenvolvimento Social Nilbe Moreira.
Segundo o Prefeito, mesmo com dificuldades, conseguimos cumprir com o programa “PEIXADA NA MESA” distribuindo peixe para as famílias escadenses, “Nosso foco principal foi atender as famílias em condição de vulnerabilidade social, para que eles possam passar a semana santa com peixe na mesa para celebrar esse momento com alegria e Deus no coração.” disse Lucrécio Gomes.
Além da distribuição em vários locais da cidade, também foram atendidas 1.300 famílias em suas residências nos bairros do Riacho do Navio, Jaguaribe e Nova Descoberta, como também distribuído em Abrigos, Hospital Regional e Cadeia Pública.

Com informações da Assessoria.

FOTOS: Alef Souza - ASCOM PME

Petrolina ganha centro pioneiro de energia solar

O prefeito Miguel Coelho e o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, inauguraram, nesta quinta (29), a primeira etapa do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp). A unidade é a primeira em funcionamento no Brasil com este formato e servirá para pesquisas e desenvolvimento de matrizes energéticas renováveis. A estrutura também será utilizada para geração de energia para abastecimento interno da Chesf, reduzindo os custos da companhia.

O Centro fica situado na região do Pontal, zona rural de Petrolina. A estrutura tem área total de 45 hectares. Nessa fase, o ministro e o prefeito entregaram uma planta fotovoltaica com 7600 módulos de geração de energia solar de 2,5 megawatts (volume suficiente, a grosso modo, para atender 60 mil famílias). Além da estrutura energética, foi inaugurado o prédio administrativo do Cresp, com ambientes para debates da evolução tecnológica, salas de monitoramento e laboratórios de pesquisa.




A primeira etapa do empreendimento já recebeu R$ 30 milhões em investimentos do Ministério de Minas e Energia e começa a produzir energia (em caráter de pesquisa) em abril. “No total, deixamos garantidos cerca de R$ 200 milhões para concluir esse Centro. Petrolina sai na frente dando um passo fundamental para o desenvolvimento da energia solar em nosso País”, disse o ministro Fernando Filho.

Segundo o prefeito, a unidade de pesquisa também vai ajudar a cidade sertaneja no processo de implantação de projetos pioneiros para energia renovável. Uma dessas ações é a criação de uma Parceria Público-Privada para produzir energia solar em todos prédios da Prefeitura de Petrolina. “Estamos escrevendo o nome na história da pesquisa e do desenvolvimento de energia sustentável do Brasil. Vamos ser, portanto, a primeira cidade do Brasil na geração de energia renovável na rede municipal”, adiantou Miguel.

A conclusão de todo o projeto do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp) está prevista para o próximo ano. A unidade de pesquisa e tecnologia será gerenciada pela Chesf e contará com parcerias de universidades, institutos de pesquisa e da Prefeitura para o desenvolvimento de matrizes energéticas no Sertão de Pernambuco.


​FOTOS: Jonas Santos

Implantação de novas viaturas da Patrulha Escolar no município do Paulista é tema de discussão na SDS


O secretário municipal de Segurança Cidadã e Defesa Civil, Manoel Alencar, participou de reunião na sede da Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado, no Recife, para tratar da implantação de novas viaturas da “Patrulha Escolar” na rede de ensino do Paulista.
O gestor, que estava acompanhado do secretário de Educação, Carlos Junior, teve como objetivo garantir o aumento da sensação de segurança nas unidades de ensino, aproximando a Policia Militar da comunidade escolar. “Não tenho dúvidas de que essa parceria entre as secretarias de Segurança e Educação com a PM será muito proveitosa para todos nós”, salientou Alencar.
Esse programa é uma união entre a polícia e as unidades de ensino, com a finalidade de reduzir a violência e a criminalidade no ambiente educacional. Seu foco está na prevenção, em segundo plano fica a repressão aos crimes e atos infracionais. “Estamos em busca de reforçar a paz e a harmonia nas escolas. Para isso, o município se comprometeu em custear duas viaturas da Patrulha Escolar, enquanto o Governo do Estado ficará encarregado de financiar outras duas”, afirmou o secretário municipal de Educação, Carlos Ribeiro Jr.
Tem sido uma grande preocupação da atual gestão, o investimento no trabalho preventivo nas unidades de ensino. Ainda no ano passado, o Programa Educacional de Resistência as Drogas atendeu um bom número de estudantes matriculados nas redes públicas do Paulista, e em 2018, o trabalho continua forte, com o atendimento a 16 escolas. Ao todo, 1600 alunos serão beneficiados com essa iniciativa.
O encontro ainda contou com a participação do Dr. Humberto Freire, secretário-executivo de Defesa Social e Segurança Pública de Pernambuco, e do Major Fábio.

Atuação integrada entre Prefeitura, Bombeiros e Policia Militar visa garantir mais segurança nos bares de Paulista

Em reunião com os Bombeiros Militares de Pernambuco e o 17º Batalhão da Policia Militar, secretários municipais acordaram atuar em conjunto dentro da Operação Bar Seguro, um programa do Governo do Estado, cuja missão é diminuir o índice de violência nas áreas de funcionamento de bares e eventos, combatendo o funcionamento irregular e evitar possíveis incêndios ou acidentes com multidões. A iniciativa também visa prevenir crimes no entorno destes espaços de comercio e uso de álcool e outras drogas.
Durante o encontro, os resultados da Operação Bar Seguro 2017/18 foram apresentados aos presentes. Em seguida a apresentação, vários encaminhamentos foram definidos para que aconteçam ações integradas entre a prefeitura e a Policia Militar e os Bombeiros, como informou o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Robertinho Couto.
“Estamos montando uma agenda em conjunto para intensificar as fiscalizações nas áreas de funcionamento de bares e eventos da cidade. Aqui no município já atuamos de forma integrada, no Programa Pente Fino, onde percorremos os bairros com diversas serviços, como remoção de entulhos, de carcaça de automóveis, podação, pintura do meio fio, iluminação, além de fiscalização de alvará de funcionamento e da vigilância sanitária. Com a Operação Bar Seguro, vamos dar um reforço importante para garantir mais segurança e organização para a população”, afirmou Robertinho.


Atuar de forma integrada, segundo o Secretário de Segurança Cidadã e Defesa Civil, já é uma determinação do prefeito Junior Matuto. “Já atuamos de forma integrada dentro do governo. Para que cada ação seja sentida pela população como uma politica de governo, e não ações isoladas. Este reforço que recebemos hoje do Operação Bar Seguro é muito importante para que possamos aumentar a sensação de segurança na população”, afirmou Alencar.
Para o Tenente Coronel Aprígio, do Corpo de Bombeiros, a intenção da operação não é interditar bares ou encerrar festas, mas principalmente o de evitar incêndios ou atos de violência, em especial contra a mulher. “Quando atuamos nesta operação procuramos diminuir todos os riscos possíveis de acidentes ou de violência, principalmente contra as mulheres, pois são nestes ambientes de euforia que elas estão mais expostas de serem agredidas. Por isso, procuramos cumprir nossa principal missão que é proteger vidas”, assegurou o tenente coronel.
O autor do requerimento que provocou a reunião, o vereador Antônio Filgueira, o Camelo do Seguro, adiantou que a população e os demais vereadores precisam tomar ciência da importância desta operação. “Nós vamos apresentar um requerimento, solicitando uma audiência pública, onde vamos levar para conhecimentos de todos a atuação e o resultado desta operação e mostrar como vai ser bom para o município que o Bar Seguro, em parceria com a gestão, atue aqui na nossa cidade”, adiantou Camelo, que vai propor que a audiência pública aconteça no mais tardar em maio.
Participaram também desta reunião que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 28.03, na Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa civil, o comandante do 17º BPM, Coronel Ramalho, o superintendente de Vigilância à Saúde, Fábio Diogo, o diretor de Planejemento de Trânsito, Renato Cândido e Carlos Novaes.  

Ramos confirma a Armando pré-candidatura à Assembleia Legislativa


O ex-deputado estadual Severino Ramos confirmou ao senador Armando Monteiro (PTB-PE) sua pré-candidatura à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) pelo PTB, partido ao qual está filiado. A confirmação foi expressada durante encontro no gabinete de Armando, no Recife.

Ramos, como é conhecido, foi candidato a prefeito de Paulista na última eleição e ficou na segunda colocação, conquistando quase 35 mil votos. O pré-candidato a deputado estadual reiterou sua disposição de colaborar com o desenvolvimento socioeconômico de Paulista e região através de um mandato no Legislativo estadual.

Armando destacou que a candidatura de Ramos é importante para o município e frisou a lealdade, seriedade e o compromisso do correligionário em trabalhar pelo crescimento de Paulista e do estado.

Foto: Leo Caldas/Divulgação

Agência do Trabalho do Paulista oferece vagas para operador de empilhadeira


Nesta segunda-feira (02.04), A agência do trabalho do Paulista oferece sete vagas para operador de empilhadeira, com médio completo, é necessário ter seis meses de experiência na carteira de trabalho. O salário não foi informado.

Os interessados podem se candidatar as oportunidades se dirigindo a sede do órgão, que fica na Praça Frederico Lundgren, s/n, centro do município. O atendimento ao público acontece de segunda à sexta, das 07h às 13h. Para mais informações ligar para central de vagas 3183-7201.

DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO SERÁ COMEMORADO NO ECOPARQUE DAS PAINEIRAS


Uma manhã diferente e divertida vai reunir crianças e jovens autistas para comemorar o dia Mundial de Conscientização do Autismo, na segunda-feira (02.04), a partir das 9h. O evento, que está sendo coordenado pela Secretaria Municipal de Educação, vai ser realizado no Ecoparque Paineiras, no Centro.
Atualmente, 156 alunos com autismo estão matriculados na rede municipal de ensino, desde a Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Todos os estudantes foram convidados a participar do encontro. A ideia é integrar os alunos, educadores e a família.
“Queremos proporcionar um dia diferente para eles. Autismo não é doença! Trabalhamos para quebrar a questão do isolamento, porque lugar de criança é na escola”, afirmou coordenadora de Educação Especial, Bernadete Brandão.

Confira a Nova Lei Complementar que institui Semana de Ciência e Tenologia


O texto foi aprovado pela Câmara Municipal no dia 05/10 e sancionado pelo chefe do Executivo Junior Matuto no dia 06/10.

Paulista terá Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação


Já está em vigor a Lei Complementar 4.740/2017, originária do Projeto de Lei Complementar n° 100/2017, de autoria do vereador Fabiano Paz (PSB), que institui a “Semana municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação no município de Paulista”.

O texto foi aprovado pela Câmara Municipal no dia 05/10 e sancionado pelo chefe do Executivo Junior Matuto no dia 06/10.

Nesta terça-feira (27.03), o vereador Fabiano Paz, juntamente com um grupo de secretários municipais, recebeu o diretor do Espaço Ciência, Antônio Carlos Pavão, no Ecoparque, na área central da cidade. Durante o encontro, o gestor do órgão estadual teve a oportunidade de conhecer a área de lazer e convivência do município para planejar um cronograma de ações. A ideia é que a parceria resulte na implantação de muitos experimentos para estudantes e a população.

"O objetivo da iniciativa é realizar um intercâmbio com várias ações ciências, tecnologias, inovação, sociais e ambientais. Essas medidas seriam desenvolvidas pelas organizações governamentais e não governamentais da Cidade e Estado", destacou Fabiano Paz.

A lei também prevê que, durante a “Semana municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação no município de Paulista”, será realizada a

Paixão de Cristo em Igarassu completa 33 anos

Prefeitura de Igarassu e Igreja Católica juntamente com o grupo Azerutan promovem a Paixão, que irá acontecer nos dias 31 de março e 01 de abril sempre a partir das 19h, no belo Sítio Histórico da cidade .
Tudo começou com o  Grupo Teatral Azerutan, um grupo artístico de Igarassu, que iniciou com Narciso Felix, mas conhecido como “Chefe Narciso”, em 1985, o qual promovia O Homem daquela sexta-feira que depois foi alterada para Paixão de Cristo de Igarass (ele também montou várias peças teatrais de sua autoria no Centro de Artes do município). O Homem daquela sexta-feira - Paixão de Cristo de Igarassu- inicialmente, foi encenado no Centro de Artes, nas igrejas e em algumas outras localidades do município como no histórico Engenho Manjope.
O Chefe Narciso levou para o povo de Igarassu um espetáculo com uma linguagem acessível, com cenários e figurinos elaborados pelo próprio grupo. Em 1997 o Grupo Teatral Azerutan recebe seu novo Diretor, Manoel Santos, apoiado pelo fundador Chefe Narciso, mantendo o nome o grupo e a tradição de encenar. O Grupo Teatral Azerutan com a direção, traz para Igarassu uma nova versão da Paixão de Cristo, que tomou as ruas do município, onde os casarios históricos serviam de cenários para o espetáculo, como: o convento de Santo Antônio (Santa Ceia), A Matriz dos Santos Cosme e Damião (Templo), o Museu Histórico (Palácio de Pilatos)e  Câmara dos Vereadores (Palácio de Herodes).
Em 2006, o Grupo passou a encenar o espetáculo na Avenida Marechal Hermes, no Sitio histórico tendo agora o gramado como arquibancada natural para o público que aumentava a cada ano. Para isso,  necessário o grupo elaborar um cenário próprio para se adaptar ao novo local de encenação.
A cada ano o grupo Teatral Azerutan vem se renovando para atender as expectativas do público. No ano de 2017 a Direção foi ampliada passando a ter outros membros, como: Manoel Santos (Diretor Geral), Francisco Fabiano (Vice-Diretor), Tiago Antônio (1º Secretário), Eraldo Luciano de Melo (2º Secretário) Suerick Bezerra de Andrade (Tesoureiro) e Diogo Antônio (Vice-Tesoureiro). Contamos também para o espetáculo de uma organizada equipe de produção geral que executam todas as cenas juntos com os 120 atores e figurantes, assim firmando uma tradição na Semana Santa do Município de Igarassu. Contamos com o apoio da Prefeitura Municipal,  através da Secretaria de Turismo e Cultura, URBI,  Comunicação, Secretaria Executiva de Eventos, Lazer e Juventude, Secretaria de Saúde e da Igreja Católica Apostólica Romana.
Hoje, o espetáculo Paixão de Cristo de Igarassu é o maior do litoral norte de Pernambuco com mais de 20 mil espectadores nos dois dias de eventos.


Secretário Wellington Batista participa de evento da Semana Santa com a associação dos servidores da agricultura



O secretário de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), Wellington Batista, participou nesta terça-feira (27/03) de evento da Semana Santa promovido pela Associação de Servidores da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (Assepra), que distribuiu peixes e vinhos aos associados. A entrega dos produtos acontece há cerca de vinte anos, marcando a celebração mais importante do calendário cristão. 

No total, foram entregues um 1 kg de peixe, além de uma garrafa de vinho, a cada um dos 300 associados. “A Páscoa é uma festa tradicional que tem grande simbolismo para nós, cristãos. É uma semana de reflexão, onde recordamos o momento da ressurreição de Jesus, a vitória da vida sobre a morte”, afirmou o secretário Wellington Batista. 

“Nosso objetivo é melhorar cada vez mais a vida das pessoas, por isso promovemos as datas comemorativas e entregamos “mimos” aos nossos associados”, comentou a presidente da Assepra, Teresa Veloso. Acompanham o titular da pasta da agricultura no evento o secretário executivo da Agricultura Familiar, José Cláudio; e a gerente de Recursos Humanos da SARA, Mary Anne Menezes Amando.


Crédito das fotos - Edilson Júnior/ Sara

Diálogo entre médico e paciente pode prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida


Atualmente, com a facilidade de acesso a informações na internet, é comum as pessoas chegarem ao consultório com muitas perguntas sobre o câncer e suas consequências. Entretanto, não é raro os dados atrapalharem por não se aplicarem exatamente àquele paciente. Diante disso, é importante que o médico assuma, também, o papel de ouvinte, colocando-se aberto ao diálogo e ao esclarecimento de dúvidas. Quanto mais informação o paciente possuir, maior será sua capacidade de decisão sobre o futuro, diante de um desfecho desfavorável, quando se tratar de doença incurável. Quanto mais ampla for a troca de informações (diálogo), mais fortalecida se tornará a relação médico-paciente.

Esse viés de comunicação é facilitado através de protocolos de abordagem chamados em inglês PalliativeCare (Cuidado Paliativo), que pode trazer uma ideia de “limitação de cuidado”, em que não se pode fazer muita coisa. Entretanto, essa ideia é bastante distante do que, de fato, o cuidado paliativo precoce pode oferecer. Dentre outras medidas previstas no cuidado paliativo precoce está a discussão sobre objetivos e metas de tratamento. Informações como prognóstico e desfecho devem ser bem discutidas, permitindo ao paciente participar da decisão sobre os passos a serem seguidos no seu tratamento, pesando prolongamento de sobrevida e qualidade de vida. A abordagem de cuidado paliativo precoce se demonstrou capaz de prolongar a sobrevida dos pacientes portadores de câncer de pulmão metastático, apesar de, surpreendentemente, receberem menos quimioterapia nas últimas semanas de vida.

O oncologista Gustavo Godoy, da Oncoclínica Recife, lançou recentemente o livro “Relação Médico Paciente: diálogo como ferramenta”, no qual explica os benefícios desse relacionamento interpessoal e dessa troca entre os profissionais e seus pacientes. “O cuidado paliativo precoce se tornou uma preocupação mundial, dados os seus benefícios. Sempre tive a preocupação com a relação médico-paciente e percebi que os pacientes demonstravam sincero agradecimento e cumplicidade no compartilhamento das decisões.”

O oncologista destaca que o cuidado paliativo precoce é promovido por uma equipe multidisciplinar, identificando as necessidades específicas tanto do paciente quanto de seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida. “O cuidado paliativo precoce busca aliviar a dor entre outros sintomas. Além disso, são utilizadas abordagens para permitir a autonomia e a dignidade do paciente”, explica Gustavo.

RME foca em diversidade e protagonismo feminino em evento


A edição especial do Café com Empreendedoras conta com programação diferenciada, mentorias, conhecimento e inspiração

No próximo dia 29 de março, a Rede Mulher Empreendedora realizará a 64ª edição do seu tradicional Café com Empreendedoras, trazendo uma programação especial em homenagem ao mês das mulheres. O evento acontecerá no Teatro FECAP, das 9h às 13h e contará com palestras de nomes como Priscilla de Sá, jornalista e palestrante sobre Liderança Feminina; e Fernanda de Lima, única mulher a liderar uma corretora de investimentos no Brasil.
Uma das atrações será um painel sobre diversidade no empreendedorismo, com a presença de Maite Schneider, fundadora da Transempregos; Mirela Goi, fundadora da Ma Sweet Cases Forminhas; e Patrícia Santos, fundadora da Empregueafro. Esta edição contará também com mentoras, que estarão disponíveis para atender as participantes, atividade que acontecerá simultaneamente com as palestras e o painel.
Outro ponto alto do evento será o anúncio da abertura do primeiro edital de aceleração da W55, primeira aceleradora focada em auxiliar negócios liderados por mulheres. A instituição, fundada por Ana Fontes, fundadora também da RME e Fernanda de Lima, CEO da Gradual Investimentos, também disponibilizará, em breve, aulas online para capacitação e um fundo de investimentos focado em negócios pertencentes a mulheres.
Haverá também espaço de expositores, com venda de comidas tradicionais Sírias da refugiada Muna Darweesh; e ações de marca com empresas como a Mastertech e Life Mix. São esperadas 400 pessoas presentes.

Sobre o evento
O Café com Empreendedoras é um evento que acontece em todo o Brasil, por meio do programa de Embaixadoras da Rede Mulher Empreendedora, visando levar inspiração, conteúdo e networking para empreendedoras em todas as etapas de negócio, desde as que estão pensando em abrir o próprio empreendimento, até aquelas mais experientes. Em São Paulo, o evento acontece uma vez por mês e alcança em média 200 mulheres a cada edição.

Serviço
64º Café com Empreendedoras de São Paulo
Data: 29/03/2018
Local: Teatro FECAP – Avenida Liberdade, 532
Horário: das 9h às 13h

Vem Pra Rua convoca atos em todo o Brasil para o dia 3 de abril


Vem Pra Rua convoca atos em todo o Brasil para o dia 3 de abril

Protestos são agendados para um dia antes do STF decidir sobre o HC do ex-presidente Lula; em São Paulo protesto acontece na esquina da Avenida Paulista com a Rua Pamplona, palco de manifestações pelo impeachment

O Vem Pra Rua convocou atos pacíficos em todo Brasil para o próximo dia 3 de abril, um dia antes do STF (Supremo Tribunal Federal) decidir o futuro do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, já condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federa da 4ª Região). Até a manhã desta terça-feira (27/03), pelo menos 48 cidades de 14 estados da federação já tinham confirmado adesão aos protestos.

O povo brasileiro quer o fim da impunidade e a manutenção das prisões após condenação em segunda instância, uma das ferramentas encontradas pela Operação Lava Jato para combater a impunidade dos saques de R$ 6 bilhões feitos por corruptos nos caixas da Petrobrás, uma empresa que pertence ao Brasil.

Com o slogan “Ou você vai, ou ele volta!”, o Vem Pra Rua vai mobilizar o restante dos estados brasileiros e a população que defende a democracia, o combate à corrupção e uma justiça que seja imparcial e igual para todos. Outros grupos defensores da democracia já aderiram aos atos do dia 3.

Em São Paulo, cidade que reuniu milhões de pessoas em defesa do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o ato acontece a partir das 18h, na esquina da Avenida Paulista com a Rua Pamplona.

Nas últimas semanas o Vem Pra Rua se mobilizou de várias formas: encaminhou uma carta aberta ao Supremo, se reuniu com a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, a quem relatou a indignação dos brasileiros ao ver um réu condenado andar livremente pelo país.

O Vem Pra Rua entende que rediscutir as prisões após condenação em segunda instância pode não só beneficiar o ex-presidente Lula como também todos os outros investigados e condenados por crimes de corrupção que travam o desenvolvimento do Brasil, além de criminosos de outras naturezas, sendo algo oportunista e inadequado – em especial neste momento em que o país busca renovação.

ECONOMIA – Senador Fernando Bezerra pede que governo reduza juros de cartão de crédito e cheque especial



Brasília, 27/03/18 – Vice-líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) defendeu hoje (27) que a Casa Civil e o Banco Central trabalhem para a redução dos juros do cartão do crédito e do cheque especial de forma nivelada a taxas praticadas por outros países. Ao lembrar que desde o início do governo Temer (maio de 2016) tais juros caíram de mais de 400% para próximo de 300% ao ano, o senador classificou como “ainda absurdos” os juros cobrados no Brasil. “Apesar do esforço do governo para reduzir este custo, as taxas continuam muito altas, não há justificativas para serem maiores que 100% ano, atingem a classe média e os trabalhadores e afetam diretamente a produtividade e a economia”, afirmou o vice-líder, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Nesta terça-feira, o colegiado recebeu o chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha. Durante audiência pública, o ministro prestou contas do andamento das ações coordenadas pelo governo federal que afetam a agenda da produtividade e da melhoria de negócios no país. Ao definir a política econômica como “vitoriosa” e observar que o governo conseguiu reduzir tanto a inflação (de mais de 10% para menos 3%) como também a Selic (taxa básico de juros, que baixou de 14% para 6,5%), Fernando Bezerra ainda sugeriu a Eliseu Padilha que o Executivo implemente políticas públicas voltadas à desconcentração bancária.

“O Brasil, do tamanho que é e sendo a nona economia do mundo, tem mais de 90% dos depósitos bancários concentrados em cinco instituições financeiras”, observou o senador. Conforme explicou Bezerra Coelho, o aumento da competividade entre os bancos resultará na redução das taxas de juros. “Em benefício do cidadão e do consumidor brasileiro”, ressaltou.

Segundo informou Eliseu Padilha, o Banco Central “está atento” e tem adotado uma série de medidas para diminuir o custo do crédito no país. De acordo com o ministro, incentivos e novidades para o cheque especial como também mudanças relacionadas a cartão de crédito – especialmente, para o crédito rotativo – serão anunciados no próximo mês de abril. 

GASTOS PÚBLICOS – Durante a audiência pública na CAE – da qual também participou o secretário-executivo da Casa Civil, Daniel Sigelmann – o senador Fernando Bezerra Coelho também elogiou as medidas adotadas pelo governo para a simplificação tributária e a limitação dos gastos públicos; principalmente, por meio do Teto dos Gastos, aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro de 2016. “A constatação é simples: os governos gastam mal e a população, além de saber disso, não aceita mais pagar tantos impostos”, destacou o vice-líder. “É preciso que se tenha qualidade dos gastos para que a conta dos maus gastos não seja, indefinidamente, transferida para o cidadão, seja por meio do aumento de impostos ou da dívida pública do país ou, ainda, com a volta da inflação, que tanto penaliza os mais pobres”, pontuou.

Ao analisar as ações de desburocratização apresentadas pelo ministro Eliseu Padilha, o senador elogiou o DigiSUS – ferramenta de simplificação, digitalização e informatização do Sistema Único de Saúde. “O orçamento da Saúde é de R$ 100 bilhões por ano e só com uma medida como esta será possível reduzir a despesa pública em R$ 20 bilhões e sem cortar as despesas com hospitais, medicamentos e de lugar nenhum”, observou Fernando Bezerra.