Curta o Paulista Atualizado no facebook e receba todas as nossas atualizações!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

Pernambuco registra 94,5% das granjas dentro das normas sanitárias

No último dia 03 de março terminou o prazo para registrar os estabelecimentos avícolas comerciais na Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado. A ação tem o objetivo de manter o controle sanitário das aves e prevenir a introdução e disseminação de doenças aviárias de controle oficial, como a influenza aviária. Das 1.100 granjas mais de 94% cumpriram o prazo estipulado.
A exigência do registro foi feita pelo Ministério da Agriculta, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que fixou novas regras para os órgãos de fiscalização monitorarem as granjas no Brasil. Para obter o registro, as granjas precisam comprovar o cumprimento das normas de biosseguridade, como a instalação de telas, a utilização de equipamentos para desinfecção de veículos, composteiras, controle de pragas e outras medidas contidas na Instrução Normativa do Mapa nº 56/2007.
Após a entrega da documentação, o segundo passo será as visitas técnicas realizadas pelos fiscais da Adagro, afim de confirmar se todas as exigências foram atendidas. Em seguida o estabelecimento receberá um selo de saúde para o plantel.
Para os que não seguiram o prazo estipulado, ainda é possível atualizar a documentação. “Os produtores que não deram entrada no período correto, ainda podem entregar sua documentação normalmente, no entanto eles ficarão impedidos de alojarem novas aves até a finalização do processo”, explicou o coordenador de sanidade avícola da Adagro, Francisco David Nascimento.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão publicados.